logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Papo LivreNintendo

A Nintendo Está Recuperando Sua Relevância?

Shooter do ano da Nintendo, NX com suporte das third parties, Microsoft falando bem da empresa... O futuro reserva coisas boas para a Big N.

autor Hugo "Somari" Couto   datahora 11/12/2015 às 13:40:45   tagarelices 3

Shooter do ano da Nintendo, NX com suporte das third parties, Microsoft falando bem da empresa... O futuro reserva coisas boas para a Big N.


Primeiramente, não levem o título ao pé da letra. A Nintendo nunca perdeu sua relevância no mercado de games. Mas apesar de eu ser fã assumido da empresa, é inegável que nos últimos anos ela vem tentando se reerguer de tropeços constantes, principalmente quando bate de frente com a soberania (de vendas) da Sony ou à popularidade da Steam. É fato também, porém, que a Nintendo é a empresa que mais arrisca no mercado e que sempre tenta trazer algo diferente para nós. O Wii U em si é um exemplo disso.

Wii U

Em 2015, porém, parece que as coisas mudaram de rumo. Com os novatos Splatoon e Super Mario Maker, além dos veteranos (e ainda importantes) Mario Kart 8 e Super Smash Bros, o console de mesa da Big N conseguiu se manter acima nas sale charts muito mais do que normalmente ocorre, passando o PS4 por várias vezes.
 
Os jogadores estão cansados da mesmice

Em 2014 tivemos algo surpreendente: Mario Kart 8 levando o prêmio em cima de nomes consagrados como FIFA e NBA, jogos de esportes e muito populares nos últimos anos; Super Smash Bros vencendo nos melhores jogos de luta (o que não foi muita novidade, na verdade) e a Nintendo ganhando como a produtora do ano além de ter tido Bayonetta 2 como um dos concorrentes do Game of the Year, que apesar de não ser necessariamente um jogo “da Nintendo”, era um exclusivo do Wii U, então vale pra contar como parte do console.

Smash Bros. Wii U
Melhor jogo de luta de 2014

Mas o grande choque veio esse ano. Na categoria Best Shooter, dentre os FPS tradicionais do mercado, como os sempre bem-vendidos Call of Duty, Halo e a febre do final do ano passado, Destiny, surgiu um novato, tanto de nome quanto de formato. Seu nome era Splatoon, seus gráficos cartunizados, sua produtora Nintendo e seu título campeão. Splatoon bateu de frente com essas superproduções caríssimas e “hardcore”, que sempre são julgados como a preferência do mercado, e não só levou pra casa o prêmio de melhor shooter como também melhor multiplayer, concorrendo com os mesmos CoD e Halo.

Splatoon
O colorido do shooter do ano não vem do sangue

Será que aquela parcela dos jogadores que antes torciam o nariz para a Big N resolveu reconsiderar as coisas?

Splatoon, por exemplo, só não faturou o prêmio de Family Game, que ficou nas mãos do Mario com seu Mario Maker. Isso mostra que o mercado é mutável e tudo o que precisamos é algo para dar a partida nisso, um catalizador que possa gerar essa transformação que sempre ocorre a cada ciclo de anos. Ora, basta ver os jogos que eram populares em 1995 e 2005 para tirarmos essa conclusão. Os JRPGs de turno já não são mais tão bem vistos assim e, de uns tempos pra cá, finalmente parte da mídia que antes gostava de jogos de tiro, hoje já diz que há FPS demais nas lojas. A moda hoje é jogo que conta história, tipo aqueles da Telltale Games.

Já os jogos da Nintendo, apesar de ser, na maioria, quase sempre o mesmo do mesmo (vide os New Mario), são lançamentos com espaços de tempo maiores, o que dá aos jogadores tempo de “descansar da ressaca” da última leva desses jogos. É só ver com que frequência as pessoas clamam por um novo Metroid e comparar com a mesma frequência de pedidos de um novo Assassin’s Creed, por exemplo.

Super Metroid no Virtual Console

 
Carta na manga

A Nintendo tem algo importante que outras empresas não tem, ou tem e não usam: nomes.

Diferente da Naughty Dog, que já disse que não quer mais saber do Crash, ou da SEGA, que tem mais personagens esquecidos do que a população da China, a dona do Wii U frequentemente dá uma visitada em suas franquias, mesmo que em forma de relançamento. Star Fox, por exemplo, não teve um lançamento inédito desde 2006 com o Command, para DS. Mother (EarthBound), de Famicom, foi lançado oficialmente na América esse ano pelo Virtual Console de Wii U. E Mother 3 estará vindo num futuro não muito distante. Aliás, a série Mother, mesmo sendo antiga ainda é uma das mais aclamadas da empresa. E agora entram para o clube Splatoon e Codename STEAM, duas franquias novas.

A Big N tenta fazer algo que poucas empresas também fazem, que é tentar levar suas franquias consagradas durante sua história a jogadores novos e por conta disso sempre tenta reinventar seus sucessos. Claro, nem sempre conseguem. Mario Tennis, por exemplo, é um jogo que é, até certo ponto, dispensável para muita gente, incluindo os fãs da empresa. Outras vezes acertam em cheio. Mario Kart é um jogo que vem e vai e nunca perde a graça. Isso é ótimo para todas as faixas de jogadores.
 
O Futuro da Nintendo

Depois de levar chinelada praticamente durante toda a vida do Wii U até aqui, parece que os planos da empresa estão focados num futuro melhor. E já tem dado resultado no presente.

DeNA

A Nintendo já anunciou que investirá no mercado mobile e apresentou planos mais sólidos para o seu ecossistema online. Isso já causou um UAU no pessoal. E com planos para o próximo console da empresa vindo aí como sendo algo que “não será outra extensão do Wii” (segundo Tatsumi Kishima, atual CEO), a empresa já vem apresentando e buscando a galera pra fazer jogos pro NX. Algumas dicas de que isso tem dado resultado talvez pode ser a aparição de personagens como Ryu e Cloud Strife no Smash Bros. Ou seja, é bem, beeeeem provável que teremos SFV e Final Fantasy VII no novo next gen. Kishima também prometeu uma maior abrangência de seu ecossistema, querendo atingir a “maior quantidade de jogadores possível” e lançar os novos planos online da empresa o mais rápido possível.

Cloud Strife no Smash Bros.
Final Fantasy VII, que estava previsto para o Nintendo 64,
teve um leve atraso e chegará em breve ao NX.

E se o futuro da empresa realmente for mais mente aberta, então uma parceria bem-vinda poderá mesmo acontecer. Phill Spencer, chefão da divisão Xbox na Microsoft, já declarou amores à Nintendo e disse que eles adorariam receber jogos da casa do Mario em seu console, além de afirmar que a parceria da Mojang com a Big N tem tido resultados bem interessantes na produção do Minecraft Wii U Edition (pra quem não sabe/não lembra, a Mojang e, consequentemente Minecraft, foi comprada pela Microsoft). Vale lembrar também que a Rare lançou mais dois jogos para a Nintendo após ter sido levada pela empresa do Bill Gates. Será que o grande anúncio de Smash Bros que está vindo aí é uma participação especial de um certo urso e uma passarinha?
 
Banjo & Kazooie
Alô, Nintendo! Tô com saudades.

Enfim, a Nintendo está tentando botar as coisas nos trilhos de novo. O Wii U é considerado por muitos uma das grandes falhas da empresa, sendo comparado como o que o Dreamcast foi para a SEGA em sua época, mas de uns tempos pra cá vem recuperando sua dignidade e, mesmo com seu sucessor já começando a mostrar sua silhueta, tem cavado espaço no mercado pra mostrar que é relevante sim, e mostrar que as pessoas estavam erradas ao seu respeito. 2016 será um grande ano para o Wii U.

Faça como o Tchula nesse fim de ano: mate sua vida social, pegue um jogo para Wii U (ou qualquer outro console) e Vão Jogar!

outras tags: Bayonetta 2, Splatoon, Super Smash Bros. (Série) e Wii U

Compartilhe

Pin it


Leia também...



3 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    11/12/2015 às 15:58:21   localizacao Recife-Pe
    Ah... Bacana o texto. E bom que Splatoon e Smash Bros (eu acho esse crossover maçante desde o N64) terem ganhado seus prêmios, mas é aquela coisa da oportunidade, algo que a Nintendo sempre almeja. Meio mundo ja se cansou de CóD e BF e não conseguem largar, assim como o "credo dos assassinos " todo ano. Os jogos da Nintendo vieram como uma lufada de ar fresco ao mercado saturado.

    Embora eu ame banjo e kazooie, tenho poucas esperanças que voltem. É tipo filme dos anos 80. Fazia sucesso na época, põem para os tempos atuais... num da certo. A não ser quem voltem a Big N, É ainda sim estaria com dúvidas.

    É Mário Maker... foi uma boa novidade se a pessoa é criativa.

    Sobre o futuro da empresa, É esperar.

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    11/12/2015 às 16:15:12   localizacao SP
    Suma, parabéns pelo texto! Fez a lição de casa e ao meu ver mandou muito bem na percepção do mercado e onde estão os pontos que a Big N está acertando e onde ela ainda precisa dar uma melhorada.
    O Wii U não deve se recuperar, infelizmente, mas o o 3DS está imprimindo dinheiro e ainda não dá pra saber se NX é um console complementar ou a nova geração. Mas pelo visto, qualquer que seja o caso, está animando third parties. E isso é interessante!
    Única coisa que eu não vejo acontecendo de tudo que vc escreveu é o lançamento de Street Fighter V pra plataforma Nintendo, considerando que a Sony está meio qeue bancando o projeto junto à Capcom e já barrou o lançamento no XOne. Mas não duvido que apareça alguma surpresa referente à série, nem que seja algo no estilão "versus Capcom" exclusivo. Imagina um Nintendo X Capcom que louco? Estranho e legal ao mesmo tempo! uhahuahuahua
    Agora a cereja do bolo aqui é o Splatoon desbancando os "hardcore". Não joguei Splatoon e não posso opinar sobre, mas isso é importante pra ver se o bando de jogador desinformado para de forçar o estigma idiota que precisa ter gráficos realistas e/ou menos cores fortes pro título não ser considerado desprezível por ser infantil ou qualquer imbecilidade similar.
    Enquanto muita gente se preocupa com "pseudo-realismo" de imagens, outras estão se divertindo a beça com um jogo que parece ser extremamente competitivo. Da mesma forma que Mario Kart, que dispensa apresentações, né?
    Eu curti o resultado da premiação, acho que pelo menos a parte de jornalistas e produtores amadureceu um bocado nos últimos anos. Espero que isso passe para a comunidade no geral.
    Excelente post!

    Responda!
  • avatar de sergio trajano
    sergio trajano
    11/12/2015 às 20:50:40   localizacao Recife-PE
    Ótimo post, Somari!
    Cara, estou querendo comprar um Wii U agora no final do ano, mas estou com receio daqueles controles malucos, tanto os do wii quanto o controle tablet do wii u. Sempre joguei com o controle classicão do playstation.

    Esse nintendo NX é uma grande incógnita. Será que vai ser baseado em PC ou em Android? Ou será plataforma própria? Se for Windows ou Android acho que geral vai querer criar jogo para a nintendo, então teremos um console de excelente qualidade, e com muitos jogos first party e third party de excelente qualidade também. Seria um mundo maravilhoso, rodando emuladores para ficar compatível com Game Cube, Wii e Wii U, Virtual Console, indies da steam, do android, etc. E tudo isso sobre um excelente hardware da própria geração.
    Quem viver verá! Eu confio na Nintendo. Espero que ela facilite a vida das third parties ao máximo na nova geração.

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé