logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! MatériaBGS 2016

Brasil Game Show 2016: Aquela da Anitta

Com uma ótima estrutura, mas com pouco conteúdo para mostrar, o primeiro dia de BGS ficou marcado pela falta de novidades relevantes.

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 02/09/2016 às 15:14:48   tagarelices 11

Com uma ótima estrutura, mas com pouco conteúdo para mostrar, o primeiro dia de BGS ficou marcado pela falta de novidades relevantes.


A Brasil Game Show, ou BGS, se esforçou bastante esse ano para ser um evento digno do seu tão citado subtítulo, de maior feira de jogos da América Latina. De casa nova, o recém construído São Paulo Expo, a melhoria na organização do espaço foi notável, com os estandes melhores distribuídos, ainda que o espaço físico não tenha me parecido tão maior. Por outro lado, os espaços indiretos melhoraram significativamente, como o estacionamento coberto e as salas para organização e imprensa, que estão bem maiores. Embora os próximos dias, com o público máximo no fim de semana, é que vai dizer realmente o quanto o novo espaço melhorou o evento, definitivamente o São Paulo Expo se mostrou um lugar melhor do que o antigo Expo Center Norte.

São Paulo Expo

Por outro lado, a feira esse ano se apresentou muito fraca em termos de conteúdo. Embora a mudança de outubro para setembro tenha colocado o evento em uma janela de eventos um pouco mais favorável, todas as grandes novidades recentes se deram na E3, sendo que os jogos ainda não lançados disponíveis estão em sua maioria próximos de serem lançados, ao ponto do interesse não ser muito alto. Isso quando não é o caso de outros como Resident Evil VII, que embora estivesse em um estande bacana, montado como se fosse uma casa abandonada, estava sendo apresentado com a mesma demo que foi liberada após o seu anúncio na E3. Pior se deu com outros, como The Last Guardian, que apareceu como jogo presente no site da feira, mas só deu as caras em apresentações em vídeo.

Leia mais sobre Resident Evil 7 em:
Vídeo Degustação: Resident Evil 7 - Beginning Hour

Porta do estande de Resident Evil VII
Porta do estande de Resident Evil VII. A demo disponível é a mesma que foi liberada após a E3 esse ano

Isso nos leva também a situações meio constrangedoras, como na coletiva da Ubisoft, que basicamente deu as datas de lançamentos dos seus próximos jogos e filme, ainda que todo mundo já soubesse, e teve como grande anúncio a inclusão da música Bang, da cantora Anitta, em Just Dance 2017. E quando eu falo tudo isso, eu não estou criticando necessariamente as desenvolvedoras ou a organização do evento, eles fizeram a parte deles, mas é fato que o evento acabou sofrendo com isso, o que explica também o motivo de terem liberado maiores informações sobre as atrações do evento tão próximo a data de início.

Coletiva da Ubisoft
Com uma apresentação engraçaralha e com alguns problemas técnicos, a coletiva da Ubisoft teve como maior novidade a inclusão da música Bang, da cantora Anitta, em Just Dance 2017.

Mas apesar de tudo, eu procurei jogar algumas coisas também, afinal, é uma feira de jogos. Algumas eu vi bem superficialmente, como o jogo de esportes radicais na neve da Ubisoft, Steep, que é... um jogo de esportes radicais na neve, nada demais. Brinquei um pouquinho com Gwent também, que parece ser realmente um jogo de cartas interessante, em que eu consegui jogar uma partida totalmente sem saber o que fazer de forma até razoável. Também joguei a demo de Resident Evil VII, que é a mesma que a Angela já mostrou por aqui antes.

Marvox, Tchulanguero e Cyber Woo
Marvox (Marvox Brasil), Tchulanguero (Vão Jogar!) e Cyber Woo (Arquivos do Woo) jogando Gwent no estande da CD Projekt Red.

Agora, o que eu mais gostei de ter jogado foi a demo de Horizon Zero Dawn. O RPG de mundo aberto da Guerrilla Games, nos coloca no controle de Aloy, uma humana que vive em um futuro pós-apocalíptico, onde a natureza se rebelou contra a humanidade utilizando máquinas em formas de animais. A demo durava aproximadamente dez minutos, e por ser um jogo de mundo aberto não pude testar muita coisa, mas deu para experimentar bem o sistema de batalha, que embora tenha um foco menor em ação do que eu esperava, está muito gostoso de se jogar. A gama de movimentos e tipos de armas é grande e levará tempo para ser dominada pelos jogadores, mas eu aprendi da pior forma que esse não é um jogo de se atirar sobre os inimigos de maneira descoordenada, é necessário cautela, se aproximar sorrateiramente, evitar grupos muito grandes e fugir desesperadamente quando necessário. Meu único porém foi com relação a câmera, que nos momentos mais intensos acabava me deixando um pouco perdido, mas aí eu dou o benefício da dúvida por ter jogado tão rapidamente.

Horizon Zero Dawn no estande da Sony
Horizon Zero Dawn no estande da Sony.

E apesar das grandes desenvolvedoras não terem trazido nenhuma novidade, um anúncio curioso foi feito durante essa BGS. A organização de e-sports, paiN Gaming, que mantém equipes de League of Legends, DotA 2, Smite, Rainbox Six: Siege e HearthStone, anunciou o seu programa de sócio torcedor, chamado de "Melhor Torcida do Mundo", que da mesma forma com que fazem os times de futebol brasileiros, busca muito mais fidelizar os seus fãs do que necessariamente lucrar com isso. Dessa forma, a organização dá um passo interessante em fazer dos e-sports algo muito mais próximo dos esportes tradicionais junto aos seus seguidores, onde é normal torcer pela equipe com a qual se tem mais afinidade. E dado que boa parte do público dela é composta por crianças e adolescentes, que tem sempre a questão financeira como algo complicado por diversos motivos, o cadastro no programa pode ser feito de forma gratuita, dando vantagens bem básicas, como descontos nos produtos vendidos no site da organização. Obviamente os planos pagos darão mais benefícios, sendo que um já está disponível no site deles sob o valor de R$ 9,99 ao mês. Ainda que eu não acompanhe esse cenário, não deixa de ser bem interessante ver jogos eletrônicos sendo encarados desta forma.

Nos próximos dias estarei acompanhando mais coisas na feira, testando novos jogos, dando atenção aos indies e trarei mais conteúdo a respeito para vocês, como sempre. Embora minha impressão possa melhorar um pouco, fica cada vez mais claro que a BGS funciona muito melhor como um evento difusor da cultura do videogame frente ao grande público, do que necessariamente um local de anúncios e novidades a quem acompanha a indústria mais tradicional. Não é por menos que Youtubers acabam sendo uma peça destacada no evento, uma vez que existe uma grande parcela do público focada neles e comparecendo em peso, em especial crianças e adolescentes.

* Agradecimentos a Liliane Santana, a Lica, do Portal A Rede Educa, que gentilmente nos cedeu as informações a respeito do programa de sócio-torcedor da paiN Gaming.

* Revisado em 14/07/2017 às 01:46:38

Compartilhe

Pin it


Leia também...



11 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont odst) the devil summoner
    leandro (leon belmont odst) the devil summoner
    03/09/2016 às 09:13:22   localizacao Recife-PE
    que inveja, espero os proximos posts da feira. e de jogos, por enquanto, não espero nada mesmo

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      03/09/2016 às 13:11:05   localizacao Vespasiano - MG
      Hoje estarei mais pela área dos indies, é provavelmente onde conseguirei testar mais coisas.

    Responda!
  • avatar de sucodelarAngela
    sucodelarAngela
    03/09/2016 às 12:54:34   localizacao São Luís - MA
    Cara, preciso muito desse HZD, pretendo pega-lo em pré venda!

    Agora, se o grande diferencial da Ubisoft era Anitta no JD17, eles andam muito mal das pernas, viu...

    Já teve algo da EA (leia-se Mass Effect)?

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      03/09/2016 às 13:13:20   localizacao Vespasiano - MG
      Inveja de você viu, rzs.

      Não é nem questão de estar mal, mas é como eu disse, o que eles tinham de novidade saiu tudo na E3.

      EA veio só com FIFA esse ano, mais nada!

    Responda!
  • avatar de Ulisses 8Bits
    Ulisses 8Bits
    03/09/2016 às 16:05:44   localizacao Curitiba
    A BGS é sempre um evento incrível. Principalmente para jogar coisas novas e encontrar amigos!

    Quem diria que teríamos algo assim na Brasil, muito legal mesmo. As vezes algumas pessoas cobram demais da feira algo que ela não pode entregar. Sobre essa coisa de grandes anúncios Rafael, isso é secundário, se alguma empresa "soltar" algo inédito é sensacional, mas a gente deve entender que eventos de grandes anúncios só existem dois. A E3 e a TGS (Tokyo Game Show). A coisa é bem simples na verdade.
    A indústria sempre focou em EUA Europa Japão. Esse é o seu público número 1. Sempre foi assim. Devemos encarar a BGS pelo que ela é:
    Um grande evento comercial e de lazer.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      04/09/2016 às 23:27:32   localizacao Vespasiano - MG
      Aí é que está, a BGS tem se mostrado um evento não muito bom para testar coisas novas, pelo menos no que tange os AAA. No geral, é uma feira direcionada muito mais a crianças e adolescentes, com YouTubers e estandes de lojas. Isso não é necessariamente errado ou ruim, mas com certeza não é a imagem que ela tenta passar.

      Sobre os anúncios, mesmo no ano passado nós tivemos coisas interessantes, como a visita de Ono para o anúncio de Laura em Street Fighter V e a presença de Phill Spencer. Como eu disse, isso não é culpa da organização do evento em si, mas são coisas que acabam afetando, pois isso não é secundário para um evento que carrega o título de "maior da América Latina".

      Essa coisa também de E3 e TGS já está ficando para trás a algum tempo. Cada vez mais as empresas tem investido em eventos próprios, como a Sony com a sua Sony Experience e a Nintendo com os seus Directs. A verdade é que eventos em geral tem sofrido bastante com essa mudança das empresas, e eventos menores como a BGS acabam sofrendo o impacto também.
    • avatar de Ulisses 8Bits
      Ulisses 8Bits
      05/09/2016 às 16:55:45   localizacao Curitiba
      Isso é verdade. A E3 por exemplo não possui o mesmo brilho de antes. Por outro lado, os eventos próprios não possuem a mesma abrangência que uma TGS possui. Na TGS é possível abraçar uma grande quantidade de publicadoras pequenas, médias e grandes, além de reunir executivos de diversas empresas, ao vivo, fisicamente para fazer negócios. Além de ser uma confraternização do público que prestigia o videogame como um todo, e não de forma segmentada por uma empresa. Um evento isolado como a Playstation Experience ou a Nintendo Direct são irrelevantes neste sentido e por isso mesmo feira de games, negócios, supermercados ou qualquer outra grande feira oferece anúncios e oportunidades que são essenciais e únicos.

      Sobre a "Maior Feira de Games da América Latina", eu vejo mais como um slogan do que um título. Afinal, ser o maior onde quase não existe nada não é tão difícil assim. A USP é a "melhor" universidade da América latina... mas no mundial fica em 138º. Não estou criticando a BGS, eu acho um evento maravilhoso, mas entendo suas limitações.
    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      13/09/2016 às 00:57:27   localizacao Vespasiano - MG
      Esse modelo que você exemplificou já está em declínio a muito tempo, em tempos onde a tecnologia alavanca a globalização, pensar em uma data única no ano para fazer anúncios e fechar negócios é não querer sair da caverna, daí o impacto sobre os eventos menores.

      Não se esqueça que na América Latina nós temos o México, que é um mercado bem tradicional na área de jogos. Já o Brasil é um dos grandes mercados do mundo, não é porque existem outros maiores que nos tornamos irrelevantes.

    Responda!
  • avatar de Cyber Woo
    Cyber Woo
    08/09/2016 às 07:58:57   localizacao Itu
    Realmente a estrutura desse ano foi bem melhor, mas no que de refere a jogos, realmente não tinha muitas novidades - e eu queria tanto jogar o novo South Park.

    Mas de resto foi bem divertido. E essa bomba sobre Just Dance, hahahaha!

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    13/09/2016 às 20:29:15   localizacao SP
    Que? Tiveram apresentações em vídeo do Último Cachorrão? Eu nem vi isso! O que me faz perceber uma certa desorganização no evento...
    Que? Vai ter Bang! da Anitta no Just Dance 2017? Grande bost... digo... que coisa interessante, não?
    Que? Tem mais posts da BGS? Vão Ler Até Cair Os Olhos!

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      15/09/2016 às 15:14:25   localizacao Vespasiano - MG
      Na real não foram vídeos, foram demonstrações jogadas por um produtor, estava no estande da Sony, era só marcar hora.

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé