logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Butecada da Vez

Butecada Da Vez - Nº 13: Problemas Técnicos Que Nos Irritam

Porque de bugado já basta o estagiário...

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 28/11/2014 às 08:26:23   tagarelices 16

Porque de bugado já basta o estagiário...


Nunca antes na história dos videojogos tanto se falou sobre a parte técnica dos mesmos. Discussões e reclamações sobre resolução, taxa de quadros, shaders, texturas e processamento, parecem ter assumido um papel tão ou mais importante do que o próprio ato de jogar em si. Mas algumas vezes as reclamações são legítimas, porque do outro lado, as empresas também andam meio relaxadas com o seu controle de qualidade, sempre apostando nos infames patches para resolver os mais variados problemas em seus jogos de orçamento astronômico. Mas nem nesse ponto os jogadores chegam a um consenso: enquanto alguns acham natural jogos tão grandes sofrerem com os mais variados problemas, conseguindo suportar isso de boa, outros tem ataques de ódio e xingam muito no Twitter. Então que tal saberem o que nós, grandes alco... apaixonados por jogos pensamos a respeito. Afinal, quais os problemas técnicos em um jogo, seja ele novo ou velho, mais irritam (ou não) essa galerinha do barulho que apronta altas confusões? Com a palavra, os irritados...

Somari
Somari

Nova filosofia de algumas empresas hoje em dia: "Ficou ruim? Foda-se. Vamos lançar um patch e tá tranquilo". Eu não sei se o problema é o prazo, se a plataforma não comporta o que foi programado ou se simplesmente fazem à moda cacete pra ganhar dinheiro rápido em cima da galera que tá hypada.

AC Unity, por exemplo. Por que esse jogo não foi lançado pelo menos dois meses mais tarde, tendo passado por um período de testes durante esse tempo? Sei lá, talvez uma equipe de umas 20 pessoas com uma cópia "final" do jogo, caçando bugs e tudo mais antes de o jogo ser lançado e evitar que coisas assim aconteçam, ou no máximo já lançarem um patch no dia do lançamento pra corrigir isso.

Assassins Creed Unity

"Mas ah Somari... é complicado fazer um jogo desse porte sem ter erros e blablabla". Sim, concordo. Mas a partir do momento em que você se propõe a colocar um produto no mercado, divulgando uma imagem tal e entregando algo abaixo disso, e pior, cobrando caro (caríssimo, no Brasil), você tem a obrigação de entregar aquilo que você mostrou. Ou você pagaria 150, 170 reais num jogo que não tá completo?

AC Unity nem é tão problemático perto de outro caso que, ao meu ver, foi o pior até agora. Drive Club foi lançado, mas praticamente ninguém consegui jogar. E mesmo após vários ajustes nos servidores, o jogo continuou instável. É foda você comprar algo para jogar online e não poder fazer isso, né não?

Essa filosofia de "Tá ruim? Logo a gente lança patch" já deu no saco. A maioria das empresas que fazem isso não ligam para o consumidor, apenas para o dinheiro. Eles botam pré-venda, fazem cutcene em CG, tudo para poder chupar a grana da galera antes da hora. É triste essas coisas :l

Sem falar das empresas que mostram um jogo maravilhosamente lindo e funcional em coisas como E3 e, na hora que você vai jogar é algo totalmente diferente daquilo. Conhecem Sonic the Hedgehog para PS3 e Xbox 360?

"É por isso que elas estão nos considerando testers, e não clientes". E sabe o que é pior? Nossos nomes não aparecem nos créditos (e nem recebemos um tostão por esse trabalho).

(PS.: eu meti o dedo em todos esses projetos :P )

sucodelarAngela
SucodelarAngela

Primeiro, a culpa de tudo isso é do Somari...

Depois, a gente tem que culpar, em boa parte, nós mesmos - os jogadores. É por nosso hype desgraçado por algum jogo que as desenvolvedoras correm pra entregar algo, sem se preocupar se já está nos conformes ou não. E é por nos conformarmos com tanta facilidade que elas fazem isso, porque sabem que depois podem lançar um patch de correção e, então, vamos vangloriá-las com isso, como se estivessem nos fazendo um favor, quando na verdade, não é mais que a obrigação delas.

Quantas pessoas não continuam comprando seus Assassin’s Creed Unity da vida, mesmo depois de todos os problemas apresentados? Quantas pessoas continuaram comprando Destiny, mesmo vendo que o jogo não funciona se não estiver online, além de termos conexões de internet fracas e/ou instáveis ou que os servidores do jogo eram extremamente lotados no começo de tudo? Conheço gente que perdeu mais de duas horas de campanha e teve que refazer tudo porque o servidor caiu no meio da parada... Mas mesmo assim, os caras estão colocando esses jogos num pedestal. É por isso que as devs estão pouco se lixando em fazer, de verdade, algo que já venha bom de fábrica, sem precisar de patches. É por isso que elas estão nos considerando testers, e não clientes.

Claro, existem bugs que não irritam, mas nos divertem. Vou continuar com Assassin’s Creed, mas dessa vez com o Black Flag, com seu famoso bug do navio. Gente, que bug magnífico e poético!


Bugs como esse não me incomodam. O que me incomoda é ser impedida de jogar por causa de algo desse tipo, como quando estava jogando Assassin’s Creed Liberation e minha Aveline ficou nadando no seco... infelizmente, ela não parou de nadar no seco até ficar presa em um pedaço do cenário e eu não conseguir fazer mais nada. Tive que reiniciar o jogo. Isso, sim, me incomoda.

E eu vou colocar essa Lara Croft aqui só pra disputar com o Arno Dorian do Somari :P

Tomb Raider

Tchulanguero
Tchulanguero

Sim, existe algo que atualmente anda muito em evidência e que normalmente me irrita profundamente: a taxa de quadros. Mas calma, não é que eu crucifique um jogo que sai a 30 qps e fale que ele seja ruim por isso, muito longe. Tudo bem, eu consigo perceber nitidamente quando está tudo lindo rodando a 60 qps, porém ser for a 30, de boa, mas por favor, que seja constante! Detesto quando estou lá jogando, aquela pancadaria brava rolando e do nada tudo fica lento, quadros de animação são perdidos e... ah, como isso me irrita! Quando é em uma situação de "estresse de hardware" eu até levo na boa, mas detesto quando é algo recorrente, como acontece em muitos jogos do Wii. Sério, acho um desperdício quando fazem aquele gráfico fodão, mas cagam na taxa de quadros, isso rolou muito em The Last Story, por exemplo. Por outro lado, em Xenoblade você até tem os personagens meio feiinhos, mas com aqueles cenários gigantes lindos e sem quedas. Coloquem a resolução em 640x480 mas deixem a porcaria do jogo fluído!

Outra coisa que embora muita gente ache graça (tipo a larAngela), mas eu não curto, são esses bugs que quebram demais a imersão. Tudo bem um objeto ou outro atravessando a parede de leve, mas rosto faltando, inimigo tendo ataque epilético, armas voando com o vento... sério gente, não rola. Pior que isso, só aqueles bugs bizarros, tipo os que rolam em Skyward Sword e ZombiU, que ferram com o seu save e não te deixam continuar a história. :S

Professor João
Professor João Roberto

Sabe quando você está jogando aquele game de corrida e de repente a pista some deixando seu bólido flutuando em uma confluência de cores que mais parecem ter saído de um sonho psicodélico? Eu já vivenciei isso várias vezes, sempre creditando o erro às mídias piratas por alguma falha gritante, mas depois de jogar o game original (Need for Speed Underground, só pra constar), vi que o erro está lá. Por que acontece? Ha! Preciso dizer?

Já se tornaram comuns essas desculpas de "depois a gente conserta". Alguém acompanhou a novela que foi a produção dos games FIFA 15 e PES 2015? Tanto EA quanto Konami não conseguiram chegar a um acordo para ter os jogadores do Campeonato Brasileiro de maneira oficial, o que fez a EA desistir de ter os clubes tupiniquins no disco, enquanto a Konami foi em frente e colocou os times lá, mesmo que com nomes fictícios, como "Kadá" no lugar de "Kaká". E antes mesmo de o jogo ir para as prateleiras já anunciaram que, quando tiverem o direito sobre a Liga Brasileira, lançarão um patch para resolver o problema. Ok, nenhum jogador vai sair voando ou ser enterrado na grama como os bugs dos FIFAs anteriores, mas se você não pode lançar um game completo, por que lança? E por que o povo compra?


Lembro da época em que games como The Legend of Zelda: Ocarine of Time eram adiados e adiados e depois adiados mais um pouco, e depois que o jogador (que reclamava muito) pensava que finalmente colocaria as mãos no cartucho, o joga era adiado de novo, mas quando o game era lançado, tudo estava "redondinho", funcionando nos conformes. Era a qualidade acima de tudo. E hoje? Bem, se anunciam um jogo para dia "tal", ele tem que sair, mesmo capado. Se ele não funciona direito, bem, daqui a pouco consertam, mas isso acontece por nossa causa, afinal, compramos jogos por preços estupradoramente caros e ainda baixamos "a preços módicos" novos mapas, novas skins ou mesmo personagens novos que, antigamente estariam lá, escondidinhos em algum canto do disco apenas esperando que a gente terminasse a campanha principal ou descobrisse algum código. E se nós aceitamos jogos com conteúdos "de menos", nós podemos aceitar um defeito aqui ou acolá, ou mesmo um remendo...

...

E quais os bugs e problemas que mais te irritam nos jogos? Acham que está tudo tranquilo e nada que um patch não resolva? Ou acham uma afronta, que jogo bom tem que vir redondinho desde a fábrica? Não deixem de tagarelar a sua opinião! E claro, sugiram novos temas para as butecadas, mandem um e-mail para butecada@vaojogar.com.br com as suas ideias. Até mais e abraço para todos! ;)

Compartilhe

Pin it


Leia também...



16 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    28/11/2014 às 09:09:25   localizacao Recife-Pe
    a foto da Lara bugada, digamos...estragou o meu café aqui, digo passou a minha fome digamos.

    sobre Bugs, o mais recente seria aquele BF4, onde a Origin tinha dado o game de graça para testar. como sou um bucha no multiplayer, eu fui no modo história ou campanha, whataever. o jogo possui tantos bugs que foi praticamente impossível zerar o game. e dizem que no multiplayer possui, mas menos que no modo "enredo"

    e concordo com o final do texto. nos anos 90, as empresas não tinham pressa em lançar jogo. e a demora nos deixava mais ansioso a jogar tal game. e as DLCs para mim desanimam a continuar a jogar tal jogo depois de termina-lo, pois tem baixar algo que já deveria estar lá desde o começo. e eu não vou para essas frescuras desnecessárias de "Trófeu e Conquista". se não tem mais nada no game que não esteja lá, sem baixar. para mim, aquele jogo acabou.

    Responda!
  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    28/11/2014 às 09:11:45   localizacao Recife-Pe
    e sobre os Bugs, tem jogo original que é lotado desses e quando o jogador baixa pirata, com os crakers e outros programas e tals, os bugs desaparecem ou diminuem bastante. o que acho irônico.

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    28/11/2014 às 09:13:48   localizacao São Luís - MA
    Cara, eu tive que vir correndo aqui pra dizer:
    A IMAGEM DE DESTAQUE DO ESCRITO ME MATOU DE RIR AQUI, AHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHAUHAUHA!!!!
    Poxa, Somari... ganhou a fama mesmo, hein?

    Responda!
  • avatar de Reginaldo
    Reginaldo
    28/11/2014 às 09:49:51   localizacao Minas Gerais
    Eu não posso reclamar,pois baixo pirata,e não vejo tantos bugs assim.Eu gostaria e comprar jogos originais para prestigiar a empresa,mas no Brasil pagar 200 pilas em um jogo é de doer,ainda mais cheio de bugs!

    Responda!
  • avatar de Marvox
    Marvox
    28/11/2014 às 12:22:57   localizacao São Paulo/SP
    Esse é o tipo do assunto que deve ser levado adiante mais vezes, quem sabe até num podcast porque realmente o hype ele polui a visão além do alcance do consumidor. Eu olho hoje para a maioria dos jogos que estão saindo e dependendo da empresa fico intrigado com certos erros na hora de jogar, antigamente bug ou tilt era algo que acontecia quando você dava um peteleco no cartucho do NES - até aí beleza era só desligar - tirar/recolocar o cartucho e tudo voltava ao normal mas hoje a coisa é, compre um jogo e leve bugs no pacote. Tem empresas que podem pagar uma equipe de beta testers e não fazem isso, mas é aquela coisa, se não reclamamos, ficando naquele "beleza mês que vem tem patch pra resolver" as empresas não vão se importar mesmo. Tem é que falar um monte, você pagou por isso e quer o jogo intacto.
    O que o Somari disse é pura verdade você entra na onda do "Closed Beta" e não pagam você muito menos colocam seu nome nos créditos, dá até para falar que já está acontecendo um novo Crash:
    - Os jogos estão vindo quebrados,
    - pessoas compram consoles caros, pagam preços altos pelos jogos no console e não conseguem jogar,
    - empresas enfeitam demais seus vídeos na E3 e no fim fazem "downgrade" do próprio jogo.
    - jogos que nos trailers é apresentado uma coisa, e no fim quando vai jogar, não encontra nada do que foi visto - vide o filme Made in China.

    E é aquela coisa, tem que tomar cuidado com o que compra, independente se é no console ou pc, no pc por mais que haja muita facilidade de comprar jogos a preços mais baratos que console, dá no mesmo, o jogo dependendo da empresa vem bugado. Então, tem que falar e reclamar muito, ainda mais com softhouses vindo ou montando escritórios no Brasil e dependendo da empresa, sempre tem alguém que dá um jeito de ler o seu e-mail independente do idioma, mandem e-mails, reclamem no Twitter mesmo, rede social é pra isso mesmo, é a diversão que no final está em risco.

    Parabéns para a equipe do Vão Jogar pelo assunto, é isso aí!

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    28/11/2014 às 18:19:39   localizacao Fortaleza - CE
    Vou falar aqui como um desenvolvedor de software que trabalha numa fábrica de software. Quanto maior o software (em nível de complexidade e quantidade de funcionalidades) maiores são as chances de problemas aparecerem. Uma prática que várias fábricas de software utilizam para lidar com softwares de grande porte é dividir o trabalho de desenvolvimento entre múltiplos desenvolvedores (especialistas). Quanto mais pessoas trabalhando em um mesmo produto mais produtivo será o processo de desenvolvimento, pelo menos teoricamente falando. Porém na prática é um pouco diferente sob alguns aspectos. Mesmo seguindo inúmeros padrões de desenvolvimento que são estabelecidos em um projeto a possibilidade de problemas surgirem aumenta ainda mais. Tais padrões servem para guiar e ajudar no processo e garantir um resultado homogêneo e com qualidade, mas os desenvolvedores (pessoas) são diferentes uns dos outros e pra isso não existe "solução".

    A incidência de bugs é sempre maior em jogos "grandes", aqueles que como foram ditos com orçamentos astronômicos. Imaginem a quantidade de pessoas que trabalham nesses jogos. Se não me engano alguns deles até envolvem vários estúdios de desenvolvimento, ou seja, dividem o trabalho.

    Eu tenho certeza que as políticas e metodologias de uma desenvolvedora de jogos podem ser ( e são) diferentes das de uma fábrica de software, até porque estas mesmas se diferem entre si, mas o que eu quero dizer é que existem inúmeros fatores que contribuem para o resultado final de um produto que não depende apenas dos desenvolvedores em si. Um exemplo que eu posso citar é o ritmo de uma fábrica de software. Ele pode ser determinado pela decisão do planejamento estratégico que foi definido por uma equipe de executivos, com prazos já estabelecidos, fazendo com que toda a equipe de desenvolvimento trabalhe em cima de uma corda bamba. Não que isso se aplique à uma desenvolvedora de jogos, mas foi apenas um exemplo.

    O que foi dito em relação ao Hype dos jogadores tem uma grande similaridade com o que ocorre em algumas fábricas de software. Uma vez que o prazo pra entrega de um produto foi estabelecido em uma fábrica de software, esta poderá fazer de tudo (até mesmo coisas “erradas” como fugir de certos padrões ou processos) para entregar o produto ao cliente no prazo combinado. A fábrica quer fazer isso não só pra deixar o cliente satisfeito, que muitas vezes é o último dos motivos. O que ela quer mesmo é entregar para poder receber pelo produto que vendeu, ou seja, faturar. Afinal ela investiu dinheiro durante o processo de desenvolvimento do software e deseja receber sua recompensa por isso.

    Percebem as características em comum? E afinal o que um jogo de videogame senão um software?

    Me lembro de um jogo que foi lançado não faz muito tempo: Watch Dogs. O que eu soube sobre o “atraso” desse jogo é que a desenvolvedora havia anunciado que iria demorar pra lançar (além da data de lançamento prevista) a fim de dar uma “polida” no jogo (que mesmo após o lançamento oficial trouxe bugs). Ué, isso não deveria ser um procedimento padrão no desenvolvimento do jogo?! Fico imaginando o que deve ter ocorrido que fez com que essa “polida” não tenha sido possível durante todo o tempo de desenvolvimento. Faltou dinheiro? Faltou mão de obra? Faltou boa vontade? Algum executivo fez alguma m*rda e planejou algo errado? A falha foi publicitária? Algum parente ou animal de estimação do líder do projeto (ou o próprio) morreu? Alguma catástrofe natural ocorreu? São várias questões.

    Mas o que parece mesmo é que essa “polida” necessária e obrigatória hoje em dia não ocorre como deveria e saber o porquê disso é difícil.

    Por fim eu só me incomodo mesmo é com os bugs que realmente impedem o gameplay. Muitos bugs são apenas engraçados, bizarros e nem sempre atrapalham a minha experiência, mas quando chegam a congelar o jogo, por exemplo, aí não dá mesmo.

    Responda!
  • avatar de Somari
    Somari
    02/12/2014 às 10:17:44
    Primeiramente: amei esse bug da imagem de destaque! Faz o Arno parecer uma Walita (ba dum tss)

    Sobre os bugs: não muito mais pra dizer além do que já disse lá em cima. As empresas fazem você hypar, gastar rios de dinheiro antes da hora e quando você vai finalmente jogar, ainda tem que esperar alguns dias ou até semanas pra poder desfrutar daquilo que você achou que comprou.

    Como eu disse: eu sei que é complicado fazer jogos, ainda mais nessa proporção. Mas se uma empresa se propõe a fazer e apresenta algo ao público, ele tem de entregar aquilo, independente de qualquer coisa, afinal você está pagando. Ou você compraria um Gol completo que viu em um anúncio e na hora de ir buscar o carro, você leva primeiro o chassis pra casa e depois as rodas, volante e afins?

    E concordo com o que o João disse: a frustração é muito menor quando um jogo é adiado do que você pegar e ver que não é nada daquilo que você quer.

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    02/12/2014 às 18:25:25   localizacao Vespasiano - MG
    @Professor João Roberto

    Mais ou menos né. Quem não lembra do lago congelado em Ocarina Of Time? Não saiu tão perfeito assim, rzs.

    @leandro (leon belmont) the devil summoner

    Nem sempre, as vezes rola justamente o contrário. Aliás, existem bugs propositais em alguns jogos justamente para sacanear quem pirateia. Mas no geral, pirata ou não pouco tem influência.

    @sucodelarangela :D

    @Reginaldo

    Isso é uma meia verdade. Pagar 200 pila em um jogo só se for edição especial ou se você quiser. Lançamentos realmente são caros, mas se você for paciente, tem muito jogo bom a menos de 100 reais. Se você partir para o digital então, no geral acaba sendo mais em conta ainda :D

    @Marvox

    Antigamente também existiam muitos bugs em jogos menores, o foda é que hoje parece que inverteu, os grandes são bugados e os menores mais bem acabados.

    @Rafael Alencar

    Xará, eu entendo o que você disse, mas convenhamos: tem erros tão grotescos e evidentes, que fica difícil acreditar que ninguém viu. E justamente por também trabalhar com desenvolvimento, é que eu posso dizer que o mais provável é que deixem passar certas coisas propositalmente para corrigir depois.

    @Somari

    O lance de atrasar ou não tem mais relação com os investidores das empresas, normalmente eles que forçam a barra, pode ter certeza. Aê lançam na pressa e de qualquer maneira, e dá no que dá.

    ---

    Abraço!

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    02/12/2014 às 18:37:30   localizacao Fortaleza - CE
    Sem dúvidas @Tchula. Eu não nego assim como também confesso que no meu dia dia isso acontece. ^^

    Uma coisa que eu esqueci de mencionar nessa minha "visão" da desenvolvedora e que vc citou agora (e outro amigo meu também): os investidores. Esses também têm grande influência no resultado final do produto, como vc mesmo disse.

    Responda!
  • avatar de helisonbsb
    helisonbsb
    04/12/2014 às 21:34:14
    as empresas visam apenas o lucro,,, por isso muitos jogos e sistemas acabam mesmo sendo lançados como versões betas e afins.... problemas vão aparecendo e as vezes nem percebemos determinados detalhes ou sprites defeituosos na tela,,, valeu galera!!!!!

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    10/12/2014 às 23:53:01   localizacao Vespasiano - MG
    @Rafael Alencar

    Pois é, nós temos que lembrar que empresas não são compostas apenas pelo setor criativo, tem toda a parte administrativa burocrática que tem muita influência.

    @helisonbsb

    Eu não acho errado as empresas visarem lucro, afinal elas existem para isso mesmo. Mas eu estou comprando um produto e mereço que seja entregue completo e inteiro, isso é que é foda.

    ---

    Abraço!

    Responda!
  • avatar de Rafael Barbosa
    Rafael Barbosa
    17/12/2014 às 02:07:31   localizacao Campinas
    Eu, nesse aspecto, já sou pessimista. Tem jogo novo com a turma babando, eu já desconfio e nem corro atrás de vídeos pra comprar. Acabei me iludindo com Driveclub, e estou até agora sem meu troféu de platina. Enquanto isso, obras primas, como Binary Domain, passam despercebidos, e não terá sequer uma continuação.

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    17/12/2014 às 12:32:40   localizacao SP
    Putz, minha opinião antes de ler a de vcs...
    Eu entendo que é complicado o ciclo de desenvolvimento de um jogo, tão xarope quanto outros tipos de software e olha que trabalho com isso. Mas o que mata mesmo são os prazos. Muito provavelmente as alta cúpulas das empresas ficam forçando a galera a se matar pra entregar na data X, ao invés de fazer tudo direito e lançar na melhor época. Resultados são esses aí... tudo que é lançado as pressas tende a ser problemático. Mas tudo bem, né? Com tudo online hj em dia é só lançar um patchzinho... pelo menos é assim que pensam as empresas. Pra mim, cagada...
    Curioso que nem toda empresa faz isso e os jogos saem muito melhores em questão de estabilidade. Nintendo (que além de tudo tem a vantagem do hardware próprio) e Blizzard são bons exemplos. As outras deveriam aprender com elas. Enfim... bugs normalmente são engraçados, mas tem uns que estragam muito. E quando um jogo é um bug? Sonic Bug... digo... Boom é um bug... xabu... tilt... tá, só queria um motivo pra zoar essa tosqueira da Sammy, foi mal.
    Agora "ouvindo" vcs...

    @Somari: "... você pagaria 150, 170 reais num jogo que não tá completo?"
    @Caduco: "Tem gente que paga isso em jogos da Capcom com final vendido por DLC, pq não jogos mal acabados? kkkkkkkkkkkkkk"

    @Somari: "Conhecem Sonic the Hedgehog para PS3 e Xbox 360?"
    @Caduco: "Felizmente, AINDA não. Mas devo conhecer em 2015... deseje-me sorte, por favor!"

    @Çaçina: "Primeiro, a culpa de tudo isso é do Somari..."
    @Caduco: "Concordo!"

    @Çaçina: "É por nosso hype desgraçado por algum jogo que as desenvolvedoras correm pra entregar algo"
    @Caduco: "Não tinha pensado nisso, bem verdade! As empresas deviam fazer mais do ’estará pronto quando ficar pronto’ e ignorar as reclamações quando o lançamento de um jogo é adiado. Claro, só não podem fazer igual Duke Nukem Forévis! huahua"

    @Çaçina: "O que me incomoda é ser impedida de jogar por causa de algo desse tipo" [e mais o resto do escrito]
    @Caduco: "Sim! É justamente isso que falei sobre bugs serem engraçados mas uns que estragam muito!"

    @Tchula: "[mimimi]... mas por favor, que seja constante"
    @Caduco: "Slowdowns e quedas de QPS enchem o saco mesmo. A maioria das vezes estraga muito a experiência. Eu não me conformo que deixam passar esse tipo de coisa no produto final em dias atuais com tanta coisa facilitando a parte de testes. Mas enfim..."

    @Tchula: "bugs que quebram demais a imersão"
    @Caduco: "Deixa de ser sem graça, maior legal ver o inimigo morto se estribuchando no chão, gente atravessando a tela, andando de lado, etc! kkkkkkkkkkkkkk"

    @João: "a pista some deixando seu bólido flutuando em uma confluência de cores que mais parecem ter saído de um sonho psicodélico"
    @Caduco: "Putz, isso é muito doidera... pior que vira e mexe vc bate em algo DO ALÉM, chega a assustar. Este tipo de bug só é legal quando vc está alcoolizado! kkkkkkkkkk"

    Olha só, comentário a lá eu mesmo! GIGANTE! huahuahuahuauha
    Foi mal, galera!

    E sei lá qual o bug que mais me irrita. Acho que o personagem ficar preso no cenário e vc ter que recomeçar alguma parte/fase!

    Bom, fui!

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    17/12/2014 às 19:16:54   localizacao Vespasiano - MG
    @Rafael Barbosa

    O remédio é não arriscar fazer pré-compra, ou então só fazer quando for muita certeza que o jogo será bom.

    @Gamer Caduco

    Pois é, quando é pontual passa, mas o tempo todo não dá. E sim, nesse ponto eu sou chato mesmo, hwa hwa hwa.

    ---

    Abraço!

    Responda!
  • avatar de Rafael Barbosa
    Rafael Barbosa
    18/12/2014 às 00:58:08   localizacao Campinas
    Pior que eu não fiz pré-compra, fui de idiota, mesmo, motivado por um troféu de platina de Gran Turismo 6, e DLCs do Ayrton Senna, meu ídolo-mor dessa vida. Vivendo e aprendendo...

    Responda!
  • avatar de Paulo Aquino
    Paulo Aquino
    23/12/2014 às 05:37:12   localizacao São Paulo - SP
    Do jeito que tá, eu só comprava jogo da década de 2010 se fosse versão completa, e mesmo assim depois que barateasse.
    Tipo, quando o respectivo console já estivesse fora de linha.

    Que acham da minha idéia?

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé