logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Butecada da VezIndústria

Butecada Da Vez - Nº 23: Console Master Race

Requisitos mínimos para esta butecada: Mega Drive, Sega Meganet, linha telefônica.

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 05/04/2016 às 17:39:05   tagarelices 14

Requisitos mínimos para esta butecada: Mega Drive, Sega Meganet, linha telefônica.


Muito se tem discutido nas últimas semanas a respeito das declarações e rumores envolvendo Microsoft e Sony, em que podemos ter a médio prazo consoles intermediários e/ou até mesmo upgrades para os atuais. Durante as discussões internas no Trello do Vão Jogar! sobre o assunto, achamos que o bate-papo ficou tão legal e natural, que resolvemos trazê-lo aqui para o buteco, devidamente editado, sob a forma de... claro, uma butecada! Então acompanhem a conversa, que como qualquer conversa de bar, vai ser sobre um monte de coisa que não chega a conclusão nenhuma. Divirtam-se. ;-)

---

Tchulanguero
Tchulanguero: pessoal, sobre esses anúncios, boatos e burburinhos sobre uma possível atualização de hardware dos consoles atuais, o quanto estão por dentro? Acham que dá tema, tipo a respeito do futuro dos consoles, de como eles podem se tornar algo diferente a longo prazo? Discorram...

Somari
Somari: Eu li isso por alto. Parece que a Sony está fazendo um PS4 com hardware pra rodar jogos em 4K e a Microsoft vai transformar o XOne em um quase PC, certo?

SucodelarAngela
sucodelarAngela: @somari O da Sony eu não estou por dentro. A Microsoft parece ter a intenção de transformar o Windows 10 em um sistema universal pros seus gadgets (PC, XOne e mobile), de forma que qualquer aplicativo/jogo dela rode em qualquer uma dessas plataformas (claro que com algumas limitações para os mobiles). Dessa forma, se tem um jogo que é pra PC, alguém poderia rodar num Xbox One apenas fazendo um upgrade de hardware, caso necessário.

E tem caixista que já está chorando, pois isso possibilita que os jogos "exclusivos" de XOne rodem também no PC. #mimimi

Somari
Somari: @sucodelarAngela Essa do Windows 10 no XOne é um pouco antiga, mas parece que agora que anunciaram que vão transformar o console em praticamente um PC, com direito a apps do Windows 10 no videogame e tal.

SucodelarAngela
sucodelarAngela: @somari Exatamente por isso, moço. Colocando Windows 10 como sistema universal nas plataformas dele, o XOne acaba virando um PC. Por isso que pra alguns jogos, bastaria fazer um upgrade de hardware, mudar o processador ou algo assim, visto que XOne e PC seriam basicamente "a mesma coisa".

Somari
Somari: @sucodelarAngela Eu achava que o Windows 10 no XOne iria servir mais para portar os jogos de um jeito mais fácil e pra multiplayer cross-platform.

Aliás, um outro assunto legal é esse rolo todo do cross-platform entre Sony e Microsoft, vocês estão sabendo?

Kratos Vudu
Vudu: Eu sou super a favor da ideia de que jogos deveriam ser "universais", digamos assim. É claro que isso não é nem um pouco interessante para as empresas que fabricam consoles, pois é com as exclusividades que elas fazem seus nomes serem o que são. É que pra mim, quanto mais fácil for conseguir jogar alguma coisa, melhor.

Na minha visão, uma pessoa (jogador) que defende que um jogo deve ser exclusivo de uma determinada plataforma, qualquer que seja, é o mesmo tipo de pessoa que defende cegamente partido político, time de futebol, religião e todas essas outras coisas envolvendo fanatismo.

Consoles há muito tempo já deixaram de ser o que eram em sua origem: apenas uma máquina pra jogos. O mais confuso disso é que eles em quase toda sua existência estiveram tecnologicamente atrasados em relação aos PCs e só agora nessa geração atual é que parece que há uma certa igualdade. E eu honestamente não consigo ver nada de negativo nisso.

Mas a sociedade é capitalista e eu entendo. Eu discordo, porém respeito.

SucodelarAngela
sucodelarAngela: @somari Estou sabendo sim, até já comentei sobre isso. Assim, para o lado dos jogadores é excelente, poder jogar os multiplataformas com seus amigos independente da plataforma que tenham. Já para os desenvolvedores não é do maior interesse a priori, mas acho que seria um empurrão pra se desenvolver mais exclusivos "de verdade" com qualidade. Todo mundo ganha no fim.

Tchulanguero
Tchulanguero: Ok, mas ainda ninguém chegou no ponto de... se os consoles irem para esse lado, o que os irá diferenciar de um PC? Porque a questão de exclusividade hoje já praticamente não existe, salvo uma meia dúzia de títulos da Sony e os da Nintendo.

Kratos Vudu
Kratos Vudu: @tchulanguero Bom, uma das coisas que poderia acontecer é que essa flexibilidade de hardware não seria algo tão flexível assim. Por exemplo: no Xbox 360 é possível fazer um upgrade de HD, mas parece que apenas para um fabricante específico, não tenho certeza. Mas entende o que eu quero dizer? Poderíamos fazer upgrades de hardware sim, mas com certas restrições. É algo a se considerar...

Diferenças sempre vão existir, como sendo uma das principais a questão física, ao meu ver. As funcionalidades das plataformas estão semelhantes e o hardware também, mas o console é só uma "caixinha" que você conecta à sua TV. O PC já tem mais periféricos "obrigatórios" e não prioriza jogos. Muita gente prefere simplesmente ligar a TV e o console, sentar no sofá e começar a jogar. Outros já se sentem mais confortáveis diante do monitor, mouse e teclado. Acho que assim, além da questão física de fato, mantém-se sempre a diferença de cultura, não acha?

Não entendo como funciona o esquema para a publicação de jogos, mas percebe-se que os PCs possuem muito mais jogos independentes, o que pressupõe-se ser o caminho mais fácil pra publicá-los. Mesmo que exista a flexibilidade de hardware para consoles, talvez outras questões ainda permaneçam, o que garante a principal linha divisória das plataformas: biblioteca de jogos.

SucodelarAngela
sucodelarAngela: @tchulanguero Concordo com o @kratosvudu, acho que esse upgrade que os consoles podem vir a ter vai ser algo bem mais restrito do que aconteceria com um PC. No fim das contas, até pela própria limitação física de um Xbox One, por exemplo, não seria possível colocar uma placa de vídeo ou HD mais genérico, como seria com um gabinete de PC. Logo, restrição de compatibilidade em peças e em fornecedores, pouca concorrência no mercado e preços mais elevados. Levaria um tempo até termos uma grande quantidade de marcas se preocupando em fazer produtos específicos para um upgrade de console e, no fim das contas, acho que isso ia acabar levando a grande maioria a comprar logo um PC mesmo, já que iria ser mais barato e teria muito mais funcionalidades do que um console. Ponto para a "Master Race".

Kratos Vudu
Vudu: Eu acabei de ler um artigo aqui na Gamespot com uma declaração do Phill Spencer, da Microsoft. O que eu entendi sobre o que ele disse é que a ideia seria que eles mesmos disponibilizariam recursos de hardware para efetuar o upgrade, sem a necessidade de esperar toda uma nova geração para que a evolução do console seja possível e ainda mesmo não precisar trocar por um novo aparelho.

É como no desenvolvimento de software: quando um software é desenvolvido, ele passa por várias melhorias progressivas (não somente correções de bugs). Quando o software recebe muitas melhorias significativas, uma nova versão é lançada.

Levando esse raciocínio para o que o Phill Spencer falou, faz sentido. Imagine poder aumentar a memória RAM do console sem precisar esperar uma "new gen"... Algo que já é possível com os HDs, como já sabemos. Talvez haja só mais um pouco de flexibilidade nesse sentido e não realmente deixando o console como PC, assim penso eu.

Tchulanguero
Tchulanguero: Limitado ou não, ainda estaríamos fazendo alterações de hardware. Está indo próximo do conceito das Steam Machines, PCs com sistema operacional dedicado. Por mais que eu não goste de computadores para jogar e saiba que não é essa praticidade que muitos pregam, o ato de ligá-los a TV e jogá-los com um controle realmente já é realidade a muito tempo, então também não há muita diferença na questão de periféricos.

Mas o ponto que eu queria chegar não era nem essa questão física. Uma das vantagens dos consoles, é que você compra ele e sabe que são os desenvolvedores que vão ter que se virar para fazer o jogo rodar nele, sabe que todos os jogos lançados ao longo de seu ciclo rodarão de forma satisfatória, ao contrário do PC, onde são dadas as especificações mínimas e você que tem que ser preocupar com o hardware. Agora imagine esse mesmo cenário aplicado aos consoles: sai um jogo novo, mas você é obrigado a comprar mais memória para rodar ele no seu console. Não é muito prático né? Aliás, isso já rolou antes, era exatamente a função do Expansion Pak do Nintendo 64, que dobrava a RAM do console e era obrigatório para rodar certos jogos.

Nesse cenário, eu vejo muito mais PCs rodando plataformas proprietárias do que consoles.

Somari
Somari: @tchulanguero Como diz por aí: "se quer um console com exclusivos, compre algo da Nintendo" :P

A única coisa que passa na minha cabeça quando falam "upgrade de hardware no console" é Sega CD + 32X ou aqueles cartuchos de 4Mb de RAM do Saturn para rodar os jogos portados do Neo Geo. Console fazer isso é meio que admitir que precisa comer muito arroz com feijão pra peitar com os PCs. Já lançar uma versão do mesmo console com hardware com mudanças significativas, acaba gerando um efeito parecido como o New 3DS e... não sou capaz de opinar.

Kratos Vudu
Kratos Vudu: @somari @tchulanguero Eu entendo bem o ponto que vocês citaram e talvez seja "mais ou menos" essa ideia, não sabemos. Mas acho que levando em consideração o avanço físico da tecnologia, talvez esses upgrades sejam menos "trambolhos", mas sim dispositivos menores que fazem mais, entendem? Também não sabemos.

SucodelarAngela
sucodelarAngela: @somari Pelo que eu entendi, a ideia não é lançar novas versões do mesmo console com mudanças de hardware. Seria tipo você já ter o console e, caso precise dar um up em processador, por exemplo, você ter a capacidade de efetuar a troca da peça no seu próprio console. O que nos leva a pensar exatamente o que você disse sobre "ter que comer muito arroz e feijão pra peitar os PCs" e, também, no que o @tchulanguero falou sobre o desenvolvimento de jogos: as empresas vão passar a fazer jogos "só para PC" e o usuário que se f*da procurando fazer os upgrades necessários para conseguir jogar. E depois de ver esses pontos de vista, eu já até questiono minha opinião anterior de que "todos ganham".

Tchulanguero
Tchulanguero: @kratosvudu essa parte eu também acho que vai ser de boa, vai ser tipo um plugue externo ou no máximo uma compartimento de fácil acesso. Digo mais por esse lance de especificações mínimas mesmo.

Somari
Somari: Mas é aí que tá. Pra introduzir isso nessa geração já vai ser preciso um novo aparelho. Os consoles atuais não tem essa capacidade de upgrade e não creio que um aparelho que se conecte via USB ou outra porta serial que o console tenha, possa fazer esse upgrade dar certo. Eu sei lá, to meio cético com isso.

Kratos Vudu
Kratos Vudu: @somari Mas segundo o que o Phill Spencer falou, isso nem é pra agora mesmo não. É só uma visão que ele tem para o futuro. Mas isso, claro, é só considerando o ponto de vista dele, não sei o que pensam as outras empresas.

Somari
Somari: Ah, sim. Então, basicamente ele quer peitar as Steam Machines, que já fazem isso que ele diz, haha.


---

E então pessoal, depois desse bate-papo de buteco, o que vocês pensam a respeito do assunto? Acham que consoles modulares são uma boa alternativa para o futuro? Deixem suas tagarelices aí em baixo. ;-)

---

PS: o Professor João Roberto anda meio afastado do site por questões particulares, por isso acabou não participando da butecada. Mas relaxem, ele deu uma passada por aqui e já deixou um escrito pronto, ainda para essa semana. Por outro lado, essa infelizmente foi a última participação do meu Xará, o Kratos Vudu, aqui no Vão Jogar!. Relaxem que não houve nenhuma briga com o "Deus da Guerra", ele vai continuar transitando por aqui como sempre e já até estamos dando entrada no FGTS dele, rzs. Fica aqui o nosso agradecimento pelo tempo que esteve na equipe, seja escrevendo os seus textos sobre jogos ou na coxia, dando as suas opiniões na organização do site. Abraço Vudu, obrigado! :)

Thank You

outras tags: Microsoft, Nintendo e Sony

Compartilhe

Pin it


Leia também...



14 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    05/04/2016 às 18:30:20   localizacao Recife-Pe
    Só eu acho que o assunto daria um podcast?

    É sobre consoles e seus upgrades, então a Nintendo é revolucionária, pois lá no início do wiiu diziam que o mesmo era um console temporário enquanto o NX não chegava. É gostaria de jogos universais, para jogar Halo ou um Persona 5 aonde quiser, mas isso meio que vai tirar o sentido da Sony e a Microsoft existirem no ramo de jogos. Mas veremos o que irá acontecer.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      05/04/2016 às 20:02:00   localizacao Vespasiano - MG
      Cheguei a pensar nisso, mas como ainda não existe nada concreto, iriamos ficar só especulando coisas e no final seria só encheção de linguiça.

      Quando que a Nintendo disse algo sobre o Wii U ser temporário? O Wii U sempre foi o carro-chefe da empresa, o NX só veio a ser anunciado depois de um bom tempo, quando as vendas já haviam ido para as cucuias.
    • avatar de Ulisses 8Bit
      Ulisses 8Bit
      05/04/2016 às 20:11:27   localizacao Curitiba - PR
      Leandro, eu acho legal para o jogador poder rodar um game em qualquer plataforma, de forma universal mesmo, mas por outro lado a gente não pode proibir uma empresa de fazer jogos somente para ela. Seria um tipo de violação.

    Responda!
  • avatar de Ulisses 8Bit
    Ulisses 8Bit
    05/04/2016 às 20:02:21   localizacao Curitiba - PR
    Se o pessoal quer lançar um "PS4.5" ou um dispositivo que melhore os gráficos, eu acho legal.

    Mas consoles sempre se deram mal com atualizações por fora. O Atari usava chips nos jogos para melhorar seus jogos, o super Nintendo também. As expansões de memória no 64 e Saturn nunca foram mainstream, e sempre o barco navegou deste jeito. Faz um console, espera uns 5 anos,daí lança outro melhor.

    Eu acho o PS4, XONE e WII U muito bonitos graficamente. O WII U possui uma biblioteca mais voltada a grafismo de desenho por isso mesmo mais fraco graficamente entrega jogos bonitos.

    Eu não entendo porque parte da indústria está caindo nesta afetação e histeria de ter tudo rodando "no máximo".

    Quer algo mais poderoso? Então lança outro console. É impossível equiparar uma máquina aberta como um PC ao console. Qualquer tipo de remendo tecnológico me parece ineficaz. Porque teria que trazer um resultado bem próximo do PC, sem gastar como em um PC. Enfim, me parece um absurdo econômico e tecnológico.

    Principalmente hoje em dia, onde um jogo possui versões em plataformas diversas.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      07/04/2016 às 18:29:34   localizacao Vespasiano - MG
      Essa histeria que você citou meio que sempre existiu, até nos 16 bits havia essa disputa, ou já se esqueceu do famoso Blast Processing? Só que as proporções foram aumentando com o tempo, e agora que os PCs se consolidaram como plataforma de jogos, ao menos em relação aos infames AAA, isso só ficou mais evidente. Eu ainda vejo isso como uma bolha, que quando estourar vai fazer uma lama no mercado, mas que talvez seja necessário para estabilizar as coisas.
    • avatar de Ulisses 8Bit
      Ulisses 8Bit
      10/04/2016 às 02:30:48   localizacao Curitiba - PR
      Kkkkkk quando você falou da lama eu imaginei todo mundo sujo e pingando ha ha ha ha, mas acho que tudo deve encontrar um equilíbrio. Uma coisa é certa. Tem muito AAA que é feito milimetricamente de acordo com o que certa parte do público deseja e a questão do conceito do game, acaba ficando em segundo plano.

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    21/04/2016 às 23:41:26   localizacao SP
    Vcs deviam era ter gravado um cast sobre este assunto! :D
    Cara, PS4K todo mundo acha lindo, mas New 3DS é um monstro. Eu particularmente apoio, mas vai dar uma dor de cabeça pras desenvolvedoras...
    Xone "atualizável" é bacana se for algo modular, agora se for encher de add ons como era o caso do Mega Drive, é morte certa!
    Console vs PC é um assunto complexo, cada vez mais os consoles estão se parecendo com PC, já não basta a arquitetura e as funcionalidades envolvidas. Eu ainda prefiro a época em que PCs e Consoles tinham jogos bem distintos uns dos outros, mas concordo que essa parada de exclusividades é meio que ruim pro jogador. Agora se for deixar a parada universal, que desencanem de hardware e façam apenas software de uma vez, ou então unifiquem os sistemas operacionais dos consoles ou algo assim, pq já deu no meio do saco aguentar as briguinhas de "meu pinto é maior que o seu" das pessoas com resoluções, quadros por segundo, tamanho do ânus do personagem brucutu do jogo de tiro favorito dos infelizes, etc.
    E o tópico mais importante aqui: Vudu saiu? Pôooooo, não creio! Jura? Poxa, triste! :(
    Deveria ter um post de despedida dele mesmo, né? Escreve ae, Vudu!

    • avatar de Ulisses 8Bit
      Ulisses 8Bit
      22/04/2016 às 15:15:55   localizacao Curitiba - PR
      Unificar, planificar, padronizar são coisas muito perigosas para o videogame, onde a diferença, inovação sucessos e fracassos incríveis nortearam esta indústria.
    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      28/04/2016 às 03:52:08   localizacao Vespasiano - MG
      A E3 está chegando, daqui a pouco rola o cast anual para vocês matarem a saudade, hwa hwa hwa.

      Eu acho essa coisa de jogador querer ter acesso a tudo meio demais. Na real, com a diversidade de plataformas que temos hoje, incluindo mobile, a tendência é de cada vez menos termos acesso ao todo. É tipo você escolher console da Nintendo como principal, você abre mão dos Call Of Dutys da vida para jogar os Marios da vida. A época que jogávamos tudo já foi, eu já acho extremamente nocivo Sony e Microsoft terem hardwares extremamente alinhados.

      Pois é, ficamos tristes também, mas coisas da vida.

    Responda!
  • avatar de Romário Alves Gondim
    Romário Alves Gondim
    01/05/2016 às 23:37:08   localizacao São Mateus, São Paulo
    Opa e ae! Galera! Tudo bem?!!! vim ler esse post só agora, bom disseram ai que expansões externas para melhorar gráfico nunca foi uma boa ideia, verdade com exceção daquele Expansion Pak, que o Rafa chega a mencionar... o maior problema acho eu, é quando forem lançar esses vídeo games 4k, a industria de TV já estará com esses monitores popularizados, então já começarão a fazer novas TVs com resoluções mais alta ainda, ai o povo vai chorar de novo falando que seu console não roda nas configurações máximas existentes, ao meu ver a Industria cai em uma armadilha que ela mesmo criou, até a era do Dreamcast e Inicio do PS2, eles queria consoles equiparáveis a apenas rodar games semelhantes aos de Arcade graficamente, até ai tudo bem, a palhaçada começou lá em 2004 Com o tal do Doom 3 para PC, que foi o primeiro jogo a mostrar gráficos de próxima geração, ai começou uma corrida de placas de Vídeo desenfreada, desesperados para quem ia lançar a placa que rodasse melhor o jogo, dai a coisa começou a virar várzea, até então a industria de vídeo games nunca tinha se preocupado com os PCs, pois eram plataformas bem diferentes os PCs até a época tinhas seus games muito bem específicos, os games feitos para eles tinham focos diferentes, apesar de existiram alguns games universais, mas a biblioteca em geral de todos naquela época era muito mais distinta, ai projetaram o Xbox 360 e PS3, e Sony e Microsoft queriam ver jogos com gráficos iguais ou superiores ao Doom3 e Half Life 2 (éram os jogos mais belos da época), a Microsoft já tinha conseguido uma jogabilidade parecida aos FPs para PC com o Halo, ai meu amigo vieram as festas dos CODs da vida, e ai uma porrada de jogo com gráficos assustadoramente mais bonitos, a cada lançamento era impossível não se impressionar com os games, ai acabou tudo virando quase a mesma coisa PC, Xbox e Playstation... hoje a Biblioteca desses 3 é bem parecida, um monte de franquia boa virou uma merda, Final Fantasy, Resident Evil, Silent Hill ficou no limbo... ao meu ver ao empurrarem os Gráficos Goela abaixo dos consumidores, os mesmos ficaram mal acostumados, por acharem que um game bom tem que ter os melhores gráficos se não, não é bom... Agora fazem um monte de Jogo Filme, para "mostrarem" de que seus consoles são capazes, mas se esquecem do resto jogabilidade; história; diversão; etc... em vez de tratar a evolução gráfica como natural, simplesmente deram muita ênfase a ela, PS4 começou super bem, agora com um monte de reclamação por causa de 4.5/4k, o povo com medo de seus consoles atuais não rodarem os games do futuro, ai vem a Microsoft e faz praticamente a mesma coisa, bom que a industria precisa se adaptar a gente sabe, mas acho que eles cairão em uma armadilha que eles mesmos criaram e estão criando.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      05/05/2016 às 19:12:33   localizacao Vespasiano - MG
      Eu também acho essa corrida por gráficos maléfica. Estão se apoiando demais em computadores, mas computadores se beneficiam do fato de serem algo pertencente a diversas áreas. Mas também não podemos dizer que é inútil, o alto processamento dos consoles também nos permite jogos incríveis hoje em dia, impossíveis anos atrás. Tem que se buscar um equilíbrio entre as coisas.

    Responda!
  • avatar de Romário Alves Gondim
    Romário Alves Gondim
    01/05/2016 às 23:40:57   localizacao São Mateus, São Paulo
    Desculpa os erros de português ai gente, tava com pressa para digitar... kkk

    Responda!
  • avatar de thr2e
    thr2e
    28/05/2016 às 17:22:00   localizacao Campos do Jordão
    Demorei pra voltar as leituras, pois bem, esperava ver alguém abordando esse tema com essas visões abertas e realmente deveria ter virado um cast. HAHA!

    Essa coisa de consoles próximos a PC é bem complicada e mesmo que eles se tornem atualizáveis no quesito hardware eles ainda terão a limitação de fabricante, atualmente só a AMD desenvolve processadores e gpus da arquitetura atual dos consoles. Em outro caso numa pesquisa de rotina vi que o PS4K não surgiu como uma ideia de rodar jogos 4K, mas sim porque a AMD estava mudando a estrutura de seus periféricos, no caso em questão a CPU, então a Sony teria a escolha de continuar com o mesmo processador contratando prioritariamente parte da fabricante para exclusivamente ter o processador que ja usa, ou sucumbir a nova linha e ter que montar um hardware novo e atualizado. Essa situação tem seus pontos interessantes, mas se fosse só isso Xbox estaria no barco, se é que isso não é o fator por tras da atualização em hardware de ambos né.

    Ter uma plataforma universal onde possamos jogar todos os jogos em qualquer lugar é uma coisa bem legal, mas aí caí no citado, é muito mais facil para os devs construírem algo para PC do que nas arquiteturas de consoles, tanto que porte de console para PC por mais bem feito que seja não é bem 100% sucedido em alguns casos. Pelo visto esse tipo de situação que levara os consoles para mais próximo do PC vai demorar um pouco, mas quando acontecer se as empresas estiverem simplesmente tentando algo como (RODAR TUDO NO MÁXIMO A 60 FPS) podemos ter um novo crash na industria, se a Ubisfot lançar um AC Unity 2 vai ter console e pc peidando a 24fps.

    HAHA!.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      30/05/2016 às 21:52:53   localizacao Vespasiano - MG
      Pois é, ainda estamos vendo o desenrolar das coisas. No entanto, ao que me parece, no momento eles não estão apostando em uma grande cisão de hardware, parece ser algo mais contido e que não causará uma fragmentação na base instalada. Eu confesso não estar muito a par do assunto nos últimos tempos, mas parece que essa novela ainda vai durar muito mais tempo.

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé