logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Butecada da Vez

Butecada Da Vez - Nº 5: Nunca Mais Jogo Essa Merda!

Os jogadores mais butequeiros da internet se debruçam sobre o balcão e choram as suas mágoas gamísticas.

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 07/02/2014 às 12:29:06   tagarelices 19

Os jogadores mais butequeiros da internet se debruçam sobre o balcão e choram as suas mágoas gamísticas.


Pode parecer bobagem para os mais novos, mas houve uma época em que para saber se um jogo era bom ou não, era necessário realmente jogá-lo: nada de degustações em sites de conteúdo duvidoso, gameplays no Youtube e muito menos notas no Metacritic. Então não deve ser difícil imaginar o quão comum era a mulecada se decepcionar ao alugar aquele cartucho com a capa bacanuda, e descobrir que provavelmente a maior parte da grana no desenvolvimendo do jogo foi justamente para o cara da capa. E são sobre essas decepções, antigas ou atuais, que iremos falar hoje... vamos invocar os traumas gamísticos mais profundos dos butequeiros mais descolados da internet, então sem mais delongas, os traumatizados:

sucodelarAngela
SucodelarAngela

Geralmente, esperamos que jogos de grandes franquias nos emocionem e nos surpreendam, ou, pelo menos, que mantenham o bom ritmo de seus antecessores. Masssss cada ninhada tem que ter seu patinho feio, não é mesmo?

Como boa Çaçina que sou, não poderia deixar de falar primeiramente sobre Assassin’s Creed III.

Falem o que quiser, que a série é um caça-níqueis desgraçado, que é uma série anual e não deveria ser e tudo mais, mas eu realmente gosto da série. Admiro desde o primeiro, por mais repetitivo que seja, a história me instiga. E a jogabilidade teve alguns bons upgrades a cada jogo lançado. O problema é que ACIII teve um personagem insosso (CoRnor), uma história massa, mas muito mal aproveitada, e o sistema econômico mais filho da puta de todos os da franquia - Homestead me deixa confusa até agora, é sem graça e complicado. E pouco tempo atrás, finalmente revelaram que o jogo ficou essa bagunça porque a própria produção do jogo foi uma bagunça. What a shame, Ubisoft.

O segundo patinho feio da lista é Silent Hill Homecoming. Não é que o jogo seja ruim, é até bom. O problema é uma cisma que tenho com o personagem principal, Alex Shepherd. Explicar-me-ei: sempre vi Silent Hill como um excelente survival horror porque os personagens que controlávamos eram cidadãos comuns, pessoas sem nenhum poder especial, ou super conhecimento em táticas de defesa pessoal e combate. Isso aumentava o clima de tensão no jogo, deixava a gente mais imerso e querendo cada vez mais proteger o cidadão Harry, a cidadã Heather/Cheryl. E aí chega Homecoming com seu protagonista ex-soldado veterano de guerra que conhece todas as armas como a palma de sua mão e luta bem pra caralho. Where’s the graça? Não tem.

E pra finalizar eu trago pra vocês Resident Evil 6. Mas esse jogo ser uma decepção não é novidade pra ninguém...

Professor João Roberto
Professor João Roberto

Traumas... Por que todos gostam de sofrer com más lembranças? Aqueles jogos que nos enganaram (literalmente); pois bem, se é pra enfiar o dedo na ferida, cá estou eu...

Os meus maiores traumas são da geração 16/32 bits. Foram aqueles jogos que algum colega dizia ser bom, e eu ingenuamente alugava, emprestava, ou pior, comprava.

O primeiro é Dragon’s Lair. Quando conheci, parecia legal. Meu Snes estava no começo ainda e o visual de desenho animado era bem feito, mas jogá-lo era insuportável. E as passwords? O que era aquilo? Pra conseguir completar a sequência era necessário levar as bolas correspondentes aos seus lugares, mas de maneira confusa, horrível! Nunca me irritei tanto com um jogo, ao menos até conhecer...

Space Ace. O que é isso? Eu juro, nunca consegui passar da primeira tela, apesar de tentar muito. Nela tem um raio que eu não consigo desviar, e além disso há uma animação de morte que, apesar de ser legal na primeira vez, irrita mais do que tudo. Nunca conheci ninguém que tenha zerado este game. Nem que tenha passado da primeira tela...

E por último, Dragon Ball GT - Final Bout... Ok, Dragon Ball é um anime bacana, Goku é daqueles personagens que a gente quer ver todos os dias, mas isso até a fase Z, pois GT é ruim que só. E tentaram passar toda essa ruindade pro game, mas não conseguiram. Se Final Bout fosse ruim como o anime, seria muito bom, mas o game consegue ser ainda pior. Na verdade é muito ruim!!! Onde já se viu? Os controles são precários, no anime todos os guerreiros Z são velozes (e furiosos), mas no game são todos umas lesmas, quando um lutador pula para o outro lado ele demora 5 dias pra perceber isso e virar pra trás, mas o adversário é uma besta reumática que não consegue atacar, pois o controle é a coisa mais bestial que eu coloquei as mãos!! E nem venham me falar que existe coisa pior, que Mortal Kombat Mythologies Sub-Zero tinha controles tão ruins quanto, pois, ao menos no jogo do "gelinho", se você ficar apertando o botão de virar rapidamente, o Sub-Zero começa a dançar. Quem puder, teste isso... DBGT talvez seja uma das maiores frustrações que tive, pois imaginava que, de acordo com o anime, o game seria muito bom, mas o que vi foram bonecos playmobil com cabelos espetados e jogabilidade que parece feita pro controle do Atari 2600. Com certeza, nunca mais jogo esse game...

Somari
Somari

Aquela época em que a única mídia em que tínhamos acesso era através de revistas de games... Ação Games, quem lembra? Recordo que naquela época era realmente o único acesso para ler sobre games e era nele em que eu descobria jogos novos e até consoles novos, tanto que numa dessas edições vinha um review de Knuckles Chaotix e foi aí que eu descobri a existência do Sega 32X, que veio a se tornar uma obsessão para mim até hoje. O problema é que as revistas eram muito caras e vinham falando de apenas alguns jogos. O resto, ah, você precisava realmente jogar. Dinheiro jogado fora? Sim, talvez.

Tirando as revistas, outras duas formas de se saber se um jogo era bom ou não eram comprando, o que era bem caro e você tinha uma probabilidade de se arrepender depois, ou alugando, que era a forma mais comum nessa época. A moçada de hoje não sabe o que é isso, infelizmente.

Por eu não ter tanto dinheiro assim para poder comprar jogos, além de ser bem novo na época, eu apelava para a segunda forma. O que eu tinha a perder era R$ 3,50 pelo aluguel do jogo e o tempo em que eu poderia ter pego algo melhor. Nessa época eu tinha três consoles: Mega Drive, Sega Saturn e Game Boy Color.

No Mega Drive, que eu tinha desde 1997, talvez meu maior arrependimento tenha sido Altered Beast. Podem falar o que quiser, mas esse jogo tem uma das jogabilidades mais travadas que eu já vi. O estilo é até legal, mas se fosse mais fluido como The Revenge of Shinobi ou Streets of Rage, outros dois clássicos da Sega, teria se dado bem melhor, na minha opinião. Não, eu não gosto desse jogo. Eu o aluguei e devolvi com gostinho de "quero meu dinheiro de volta".

Uma vez eu resolvi alugar um Street Fighter pro meu Sega Saturn. Mas era um Street Fighter diferente... com gráficos mais reais. Sim, era Street Fighter: The Movie, aquele mesmo, com o Van Damme. Se você já viu o filme, então já sabe como é o jogo. Nem vou me dar o trabalho de comentar sobre isso.

No Game Boy Color, sinceramente, achei bem difícil achar algum jogo que eu não tenha gostado. Talvez esse tenha sido um dos meus consoles favoritos de toda a vida. Acho que esse posto fica por Harry Potter e a Pedra Filosofal. O jogo é um RPG de turno... Do Harry Potter. Eu havia alugado na época porque havia gostado do filme. Sim, eu já sabia disso de jogos baseados em filmes, tipo o Street Fighter citado ali em cima. O jogo é chato, feio e... sei lá, não gostei.

Mas se vocês pararem pra pensar, alguns desses e outros jogos ruins possam até render uma famosa Análise Somari, quem sabe... :P

Tchulanguero
Tchulanguero

Ah, eu já joguei muita coisa ruim, coisas medonhas com Tekken 2 e The King Of Fighters 98... para Super Nintendo! Mas esses eu nem conto, pois não eram jogos que eu esperava nada além de rir muito de algo mal feito. Mas acho que minhas maiores decepções vieram de um console que eu gosto muito, que tem poucos jogos, mas de muita qualidade: o Dreamcast. E justamente por ter uma biblioteca enxuta e excelente, quase ao ponto de você poder escolher qualquer coisa cegamente, é que eu me decepcionei tanto.

A maior delas provavelmente foi Star Wars - Episode I: Jedi Power Battles. Eu já falei sobre ele aqui, mas reforço o principal: que jogo ruim e mal feito! Putz, a jogabilidade é medonha, os gráficos são podres e a trilha sonora... nem sei se essa merda tem trilha sonora, vai ver era um midi repetitivo qualquer. E pensar que eu fui iludido por algumas imagens...

A segunda foi com Head Hunter, que me venderam como um jogo estilo Metal Gear... igual mesmo, todos os dois são jogos de vídeogame e... e só! Head Hunter até tem potencial, mas se você está esperando um stealth, esqueça: apesar de você ser obrigado a fazer altas simulações virtuais chatissímas para aprender os movimentos de um verdadeiro ladino, na hora do vamovê você nunca consegue aplicá-las, porque o jogo praticamente te empurra para o tiroteio. Sério, nem aquela motoca maneira do protagonista me anima a jogar novamente.

Ah, tem um outro que também que me traumatizou bastente... Shenmue 2. Não me entendam mal, eu adoro Shenmue, embora não ache ele a revolução toda que falam. Mas quer trauma maior que chegar no final de um jogo foda, e quando rola aquela reviravolta na trama, aquela de fazer você sair correndo desesperadamente pela rua a procura do próximo... e não ter próximo? Conselho, não joguem Shenmue... sério, não joguem.

Ah, vocês devem estar se perguntando porque não inclui Other M na minha lista, mas o motivo é simples: eu já joguei sabendo que seria uma merda, sabe como é fã né :P

---

Então kambada, e vocês, algum trauma que queiram desabafar? Isso aê, peguem esse caneco, virem de uma vez e afoguem suas mágoas... e também não deixem de nos sugerir novos temas, mandem uma cartinha virtual para o endereço butecada@vaojogar.com.br. Tagarelem aê e depois Vão Jogar!

outras tags: Assassin’s Creed (Série), Resident Evil (Série), Shenmue (Série), Silent Hill (Série), Star Wars (Série) e Street Fighter (Série)

Compartilhe

Pin it


Leia também...



19 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    07/02/2014 às 18:41:33   localizacao Fortaleza - CE
    Digo e repito: eu não consigo achar jogos "uma merda", qualquer q seja. Sei q esse é o comportamento normal de 99,99% de pessoas q jogam videogame, mas eu faço parte dos 0,01% (sozinho?).

    Quando jogo algo eu simplesmente vejo duas coisas: pontos positivos e pontos negativos, baseados em fatos.

    No final das contas eu apenas concluo: me diverti ou não me diverti. Só pq eu não me diverti não significa q o jogo é uma merda e vice versa. Mas claro, esse é apenas o meu ponto de vista.

    Responda!
  • avatar de Paulo Aquino
    Paulo Aquino
    07/02/2014 às 19:47:10   localizacao São Paulo - SP
    Depois de algum tempo, o camarada fica mais seletivo (ainda mais nos tempos atuais, com internet e tudo) com os games que encara.

    Mas teve um game de Mega Drive que eu aluguei, que eu achei fraquinho. Não a ponto de me fazer querer acabar com minha própria vida nem nada. Mas fraquinho... sabe um Street de pobre?
    Double Dragon 5 - The Shadow Falls.

    Mas tem um que é mais "paia" ainda, que me arrependo de ter baixado: o Street Fighter 2 de Master System.
    Envergonhou tanto que até o Street Fighter Alpha 3 Double Upper do GBA é melhor.

    E olha que lá, tem todos os carinhas, mais a Maki do Final Fight, o Yun do SF3 e o Eagle do SF1.
    Mas só tem três finais:
    - o Bison morre;
    - aparece o Akuma e mata o Bison;
    - o Bison domina o mundo.

    Já esse Street de Master System... Bah coisa broxante aquilo!...

    Será que sai no Alvanista?

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    07/02/2014 às 22:42:13   localizacao São Luís - MA
    Cara, acho que essa foi a butecada que mais rendeu, pelo menos da parte dos escritores. Geralmente, a gente faz uns textos bem menores com nossas opiniões, mas os traumas falaram mais alto dessa vez.

    @Vudu

    Se você não achou nenhum jogo ruim, acredite, isso ainda vai acontecer!

    @Paulo Aquino

    Eu ri do "Street de pobre" huahuahuahuahua!
    Bem vindo ao site!

    Responda!
  • avatar de Ricardo Niclas Lopes
    Ricardo Niclas Lopes
    07/02/2014 às 23:20:10
    tenho pouco a reclamar, mas um jogo que só de ver alguma imagem me da certa dó e furia, é The Walking Dead: Survival Instinct, e olha que nem fui eu quem comprei o jogo xD.
    sério, o jogo poderia ser ótimo se não tivessem programado ele com a bunda (e dublado também)

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    08/02/2014 às 09:29:18   localizacao Fortaleza - CE
    @Suco
    Achar ruim pode até ser, afinal como eu falei de ver pontos positivos e pontos negartivos se eu achar q um jogo possui muitos pontos negativos provavelmennte eu considerarei o jogo ruim. Lembrando q faço essa "análise" com base em fatos e não apenas sob emoção (uma grande armadilha).

    O meu problema na verdade é a utilização do termo "merda" ou similar. Eu particularmente sinto um teor ofensivo com esses termos. Não é questão de usar palavrão ou não (eu até uso bastante xD), mas eu não consigo ver a qualidade de um jogo com esse sentimento. Pra mim o jogo é (muito) bom ou (muito) ruim. O jogo me divertiu ou não me divertiu, apenas.

    Responda!
  • avatar de Ulisses Seventy Eight
    Ulisses Seventy Eight
    08/02/2014 às 12:03:41   localizacao São Paulo
    Putz Tchula Shenmue não, ai você força a amizade, desse jeito vou jogar meu dream da janela. Putz . . .

    Jogos atuais a maioria eu detesto, e não é porque eu não tenho os consoles atuais (tirando o Xone e o o PS4K), ja tive Xbox 360 e ps3, mas me decepcionei com jogos fáceis, e de curta duração. terminei o GOW3 e levei somente 8 horas com um amigo pra destrinchar ele. Não curto mais FPS desde counter strike. Só sai esse tipo de lixo ao meu ver e isso é minha opinião.

    Assassins Creed os 3 primeiros e o brotherhood pode ser jogados no lixo pois não curti nenhum. O IV é bom mas é só.

    Play 1 tem um dos piores jogos de todos os tempos que é Spawm, por favor nunca joguem isso, se ama seu console e sua vida ok.

    Saturn tem o Scorcher, pavoroso.

    Nintendinho tem um jogo chamado Dizzy de um cartucho dourado.

    Master tem o Cyber Shinobi.

    Mega tem o Shaq Fu

    Dreamcast tem o Time Stalkers, que bosta de RPG chato, até quebrei o CD dessa jossa.

    Se for contar o campeão de jogos toscos fico na duvida do Jaguar, Virtual Boy ou 32X.

    Abraço

    Responda!
  • avatar de chris savi
    chris savi
    08/02/2014 às 20:15:28   localizacao São Paulo-SP
    Tem muitos jogos assim, mas minha memória puxa coisas bem mais old, ex: Danan, no MS é uma merda que eu acreditava que seria tão bom quanto Rastan. Ballz, um crássico de Mega, inesquecível, principalmente porque falha em quase todos os sentidos. O já citado Shaq Fu também. No Saturn tem Battle Station, um jogo de luta entre Navios, tão ruim que eu devolvi no mesmo dia que aluguei. Muitos jogos 3D no PS1, como Croc e Gex 2 em diante, são fracos demais.

    Responda!
  • avatar de João Roberto
    João Roberto
    08/02/2014 às 22:09:58   localizacao Apucarana - PR
    @ Ulisses Seventy Eight

    Cara, eu concordo com você sobre Spawn. Esse jogo é medonho. Não coloquei na minha lista por motivo de esquecimento: EU QUERO ESQUECER QUE JÁ JOGUEI ISSO NA VIDA!

    Mas eu já escrevi sobre ele aqui, dê uma lida:

    vaojogar.com.br/escrito/um-jogo-dos-infernos

    @ Chris Savi

    Buenas?

    Eu já tentei jogar esse Ballz, quando você olha pela primeira vez, parece um bom jogo, mas é só colocar pra funcionar que a vontade de jogá-lo na parede surge.

    Ah, e Shaq Fu é nojento de ruim...

    @ Ângela

    Concordo contigo. A coisa rendeu. Quando li o e-mail da butecada, surgiram dezenas de jogos na minha cabeça, mas eu condensei tudo em apenas 3 títulos. Se eu fosse incluir mais jogos de PS1, hum, não haveria espaço pra mim aqui, rsrs

    Responda!
  • avatar de chris savi
    chris savi
    08/02/2014 às 23:47:37   localizacao São Paulo-SP
    @Rafael Alencar
    Beleza
    Concordo com a Suco, você provavelmente não passou raiva suficiente com um jogo, até entendo seu ponto de vista, mas experimente jogar o cart de 20 em 1 que a Tec toy distribuiu com um versão do final dos anos 90 no Master System, não tem como não querer jogar o cartucho na parede.

    Responda!
  • avatar de João Roberto
    João Roberto
    09/02/2014 às 07:11:29   localizacao Apucarana - PR
    @ Rafael Alencar
    @ Chris Savi
    @ Ângela

    Pra mim, se alguém deseja testar seus limites e ver se consegue ficar louco com algum jogo, é só jogar aqueles cartuchos de nintendinho com 1 milhão de jogos dentro. Eu já tentei, e a maioria dos jogos são variantes de Super Mario Bros, cada uma começando do pontos diferentes, outras cores, Pikachu no lugar do bigodudo, mas nada se compara a "versão" que joguei uma vez em que simplesmente o Mario aparecia SEM CABEÇA! Impossível não se irritar com isso. Aí não existe a questão de pontos positivos ou negativos, e sim, existe a vontade de matar quem fez aquele cartucho...

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    09/02/2014 às 12:34:43   localizacao São Luís - MA
    @Ricardo Niclas Lopes

    Não, cara... não desenterra essa tosquidão do Survival Instinct, deixa apodrecer nas profundezas, huahuahuahua

    @Vudu

    Se tu fala isso, é porque ainda não pegou nenhuma ruindade, vai por mim, XP

    @Ulisses Seventy-Eight

    Pow, não fala assim de AC, huahauhauhau
    Brincadeira, todo mundo deve ter sua opinião. Mas convenhamos que ACIII é o cúmulo da ruindade de AC.
    Spawn, nem se fala. Ô, jogo tosco! A gente já até teve uma matéria aqui sobre a ruindade desse jogo, by @Professor João Roberto

    @Professor

    Eu tb escolhi os 3 mais atuais, até porque são os que eu me lembro melhor. Mas a lista de decepções é sempre grande, com certeza!
    E esse Mario sem cabeça seria uma boa missão pro nosso amigo @Somari, não?

    @Chris Savi

    Esse 20 em 1 aí é tosco demais, huahuahauhau

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    09/02/2014 às 16:44:51   localizacao Fortaleza - CE
    @Chris @Joao @Suco
    Eu sei do q vcs estão falando pessoal. ^^
    A única difefença entre o q eu sinto e o q vcs (e o resto do mundo?) é extamente pq eu anão iria sentir essa vontade de jogar o cartucho na parede! Haha!
    Iria apenas concluir q não gostei e talvez não o recomendaria pra ninguém, aliás se alguém me perguntasse eu iria dizer o q EU achei do jogo (ou jogos), mas não significa q a pessoa também não irá gostar. Ela terá ouvido um ponto de vista e terá total luberdade pra jogar e dizer se gostou ou não.
    Se eu disser aqui alguns jogos q eu não gostei (ou q dentro desse contexto seriam uma merda) eu vou estar sendo muito injusto. Exemplo deles seriam os primeiros títulos da série Tomb Raider, aquele Zelda do SNES, Final Fantasy Tatics, Crash do PS1 e muitos outros. Tenho certeza q não são jogos ruins (muito menos uma merda), apenas os joguei e não me diverti com eles. O mesmo poderia acontecer com jogos ruins e ainda sim não seria capaz de odiá-los tanto assim.

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    10/02/2014 às 11:54:44   localizacao São Luís - MA
    @Rafael Alencar

    Há um lugar reservado no céu pra você.

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    10/02/2014 às 11:59:10   localizacao Fortaleza - CE
    @Suco
    Huahuahua!!
    Tá aí um coisa q eu tenho certeza absoluta q NÃO tenho é isso.

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    12/02/2014 às 00:12:29   localizacao Vespasiano - MG
    @Rafael Alencar

    Muito bonitinho e racional, mas eu sou um ser humano e sinto vontade de jogar certos cartuchos / cds RUINS na parede sim... chamo de merda mesmo! hwa hwa hwa

    @Ulisses Seventy Eight

    Rzs, relaxa, é só pela falta de final mesmo :P

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    12/02/2014 às 09:33:26   localizacao Fortaleza - CE
    @Tchula
    Me chamou de inumano. =(

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    16/02/2014 às 12:43:55   localizacao Vespasiano - MG
    @Rafael Alencar

    Mas é claro, você não é humano, é o KratosVudu ;)

    Responda!
  • avatar de Willi Weiss
    Willi Weiss
    17/02/2014 às 20:06:19   localizacao Maravilha - SC
    @Rafael Alencar não tá sozinho não, no meu círculo de amizades eu sou o que acha certos jogos "uma merda" e o resto do pessoal pensa exatamente como você!

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    18/02/2014 às 07:42:05   localizacao Fortaleza - CE
    Aê! I’m not alone! ^^
    Valeu Willi!

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé