logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! DegustaçãoShadow of the Colossus

Os gigantes da Sony

Análise de Shadow of the Colossus - É a Sony mostrando novamente que sabe fazer jogos belos.

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 28/05/2009 às 18:30:51   tagarelices 2

É a Sony mostrando novamente que sabe fazer jogos belos.


Depois de uma certa demora, lá vem eu aqui falar do outro jogo de PS2 que eu dei uma boa conferida. A bola da vez agora é Shadow Of The Colossus, que é um jogo um pouco mais recente de PS2, de 2005/2006, e é uma prequência de ICO, lançado em 2001.

Shadow Of The Colossus

Assim como GoW II eu também não terminei SotC, então não peguei a história completa e nem (infelizmente) enfrentei todos os colossos. Basicamente é assim: você chega em um templo com o personagem montado em seu cavalo com um corpo. Ele coloca o corpo em um altar que na verdade era uma mulher. Aparecem umas sombras estranhas, o personagem levanta uma espada misteriosa e os bichos fogem. Uma luz que vem do alto (algum deus, ou algo do tipo) fala umas paradas lá e os dois acabam fazendo um trato, o personagem mata uns gigantes que tão de bobeira e a luz com voz estranha ressuscita a mina. Fácil não? O problema é que a cada bicho morto, o moleque é tomado por umas sombras, desmaia e acorda no templo cada vez mais pálido e cercado de sombras. Estranho, não?

Colosso
Vou te pegar seu moleque!

O ponto alto do jogo não decepciona. Os colossos são realmente grandes e muito bem detalhados, sendo comum ter que ficar bem longe deles pra vê-los por inteiro. Cada um age de uma forma, sendo que a maioria está lá de bobeira e só começam a atacar quando você vai lá pentelhar com eles. Batalhar com seres tão grandes é realmente épico, a ideia de ter somente eles como inimigos no jogo parece estranha no começo, mas conforme se vai avançando, as batalhas vão durando cada vez mais. Além de ter um visual bem sacado, apesar de todos os colossos serem mortos basicamente da mesma forma, terminando com a barra de energia acertando os pontos vitais, a grande diferença fica por conta da estratégia para subir em cada um deles. Vale de tudo, subir no penhasco e pular na cabeça, assobiar e pular na barba, agarrar no pelo e tudo mais que imaginação mandar. Meu destaque ficar por conta do colosso pássaro, se digladiar com um bicho que está voando é impagável.

Nóis trupica, mais não cai!
Nóis trupica, mais não cai!

O personagem principal ficou devendo um pouco na parte técnica, comparado aos colossos ele não é muito bem detalhado, incluindo o seu cavalo. Mas não é nada demais, para mim foi mais aquela história "precisamos de cenários bem construídos, inimigos imensos, algo vai ter que ser sacrificado". Fora isso a ideia de jogar com um personagem bem comum é muito bacana. Tirando a resistência violenta que ele tem e o fato de que basta ficar um pouco parado e todas as suas energias voltam, o lance dele tropeçar enquanto corre, ser desajeitado ao escalar os colossos, demorar levantar após um golpe mais forte, torna toda a jogatina mais real e torna a jogabilidade praticamente única. E não pense que contará com um trocentas armas para derrubar os bichos, tudo que você vai ter é a espada, que também serve para indicar a localização dos gigantes e um arco e flecha, o máximo que você ganha é que a cada colosso a sua barra de resistência aumenta. Tem também o cavalo que é o seu único meio de transporte além das canelas. Simples, criativa e objetiva a ideia do jogo.

Já chegou?
- Já chegou?

SotC é um dos poucos jogos que te dá tempo de ficar olhando os cenários, já que fora os colossos não tem mais nenhuma alma viva no lugar. O jogo se baseia muito nisso, em sair correndo a cavalo, contornando desfiladeiros e montanhas atrás dos bichos. De qualquer forma vale a pena, os cenários são muito bem feitos, tanto conceitualmente quanto tecnicamente.

A trilha sonora também é excelente, mesmo ela sendo um pouco baixa demais dem diversos momentos, sempre te põe no clima da situação. Por exemplo, quando você monta nas costas de um colosso, imediatamente uma música daquelas que tocam nos filmes quando o camarada tem que superar todos os seus limites começa a tocar, que é exatamente o que você tem que fazer para matar os gigantes. Quando eles morrem a música já muda para algo triste, te mostrando que você acabou com o camarada sendo que ele não tava te fazendo nada, peso na consciência.

Enfim, SotC é um jogo muito foda para PS2 e me surpreendeu, são raros os jogos da Sony e do PS2 que me agradam, mas este eu não pude deixar de gostar, junto com ICO. Bem feito, com um conceito bem construído, gráficos fodas, trilha sonora épica e uma história que apesar de simples é bem interessante, principalmente pra quem gosta de ICO. É um jogo bem artístico e a parte técnica não é a melhor do PS2 mas é muito boa. Embora tenha uma boa dose de ação é daquele tipo que não agrada a muitos. De qualquer forma, fica aqui a minha recomendação, agora Vão Jogar!.

* Revisado em 18/12/2016 às 15:20:31

Shadow of the Colossus
Shadow of the Colossus

Estúdios:  e
Plataformas: PlayStation 2, PlayStation 3 e PlayStation 4

Compartilhe

Pin it


Leia também...



2 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de Ganon,o Destruidor
    Ganon,o Destruidor
    29/03/2013 às 01:20:58
    Shadow of the colossus e o melhor jogo do playstation 2 .e digo isso tendo jogado bastante jogos do console .
    Bom quanto a historia eu não sei muito dela ,já que não falo inglês ,mais pelo que parece e isso mesmo o esquema do jogo ,so tem uma coisa que eu discordo ,pra mim a mulher deitada na cama e a irmã dele nunca achei que era a mulher dele mais não tenho certeza do que digo.
    Confesso que quando peguei pra jogar o jogo eu me decepcionei um pouco com fato de não ter inimigos fora os colossus ,mais isso foi so uma impressão inicial depois eu me adeqüei ao sistema e hoje ate acho que se tivesse inimigos sem ser eles fugiria um pouco do que o jogo tinha pra mostrar .
    O esquema de derrotar os inimigos e bem interessante e não se torna repetitivo em momento algum .o meu colossus favorito com certeza e aquele bicho que se enfrenta numa espécie de colisseu .
    O personagem principal acho que chama Wander ou algo assim e o cavalo chama agro(putz como se conseguiu esquecer o nome do cavalo o cara fala ele direto kkkkkkkkkkk).
    Quanto a demora pra levantar concordo com vc que deixa o jogo realístico , a vida se recuperar sozinha acho que meio que tenta demonstrar o descanso do cara ou algo assim .
    A trilha sonora não acho enjoativa acho muito boa ,principalmente a musica do chefão que se adapta muito bem.
    Quanto a ico eu não joguei ,mais pretendo ,assim como pretendo finalizar sotc (atualmente estou no 12 colossus),que eu so não zerei porque meu ps2 tava num dos seus milhares de concertos já realizados ,mais esse jogo talvez me faca jogar um jogo não original no ps2 denovo(coisa que estou evitando pra não dar outro problema nele ) ,mais se eu encontrar ele original (e barato)com certeza pego ele pra zera .
    Valeu flw.

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    29/03/2013 às 17:27:58   localizacao Vespasiano - MG
    @Ganon,o Destruidor

    Cara, eu joguei muito correndo na época, foi o que eu falei no escrito do God Of War II, fiquei com o PS2 só um fim de semana, então não duvido que tenha entendido errado e era a irmã dele mesmo.

    Quando eu falei repetitivo foi sobre o esquema de buscar os pontos vitais, mas as estratégias mudam completamente mesmo.

    Eu sou péssimo em guardar nomes mesmo, liga não :P

    O lance de recuperar a energia hoje eu entendo bem, afinal é um jogo, se for 100% realista vira um pé no saco.

    Não falei que a trilha é enjoativa, só que realmente as músicas repetem bastante, mas é a trilha sonora mais épica que eu já escutei, gosto muito de trabalhar ao som dela :D

    ICO também é muito bom, joguei pouco dele, mas me cativou bastante, ainda pretendo comprar os dois também.

    Valeu cara, abraço!

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé