logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Papo Livre

Vida, Porque Faz Isso Comigo?

Um desabafo sobre nossa dura e injusta vida de jogador.

autor sucodelarAngela Caldas   datahora 10/07/2015 às 08:04:14   tagarelices 17

Um desabafo sobre nossa dura e injusta vida de jogador.


Neste exato momento, você está aí sentado em frente ao seu monitor (ou com seu celular na mão) lendo essas palavras, logo, creio que posso assumir que você é, assim como eu, um amante dos games ou, pelo menos, os tem como uma parcela de seus hobbies favoritos, certo? Acho que também posso assumir, com uma boa chance de acerto, que você provavelmente está lendo isso tudo no seu horário de almoço, aproveitando aquela folguinha do trabalho, ou esperando a hora de ir para escola/faculdade. Ou talvez, você esteja no ônibus, aproveitando a "qualidade" de nossa conexão 3G brasileira para colocar a leitura em dia. Se duvidar, vai estar tão ocupado que só está lendo esse texto umas duas ou três semanas depois que ele foi postado no blog, não é mesmo?

Infelizmente, essa é a minha realidade. Na verdade, é a realidade de muita gente, mas uma parcela muito grande da população se contenta em chegar em casa e assistir a novela ou o noticiário e, se estiver muito cansado, até se arrisca a pegar no sono no sofá. Isso é normal. O problema para mim é que eu não gosto de novela. Nem perco tempo com o noticiário, pois só vejo notícias que me interessam pela internet mesmo. Eu nem mesmo assisto TV, minha televisão fica no quarto e nem antena tem. O meu grande problema mesmo é que eu gosto de jogos.

Não me levem a mal, gostar de jogos é uma delícia, mas convenhamos, nem todo mundo tem o tempo e o dinheiro necessário para isso. Até algum tempo atrás, poderíamos dizer que adolescentes e crianças poderiam ter todo o tempo do mundo para jogar, tendo apenas que fazer seu dever da escola, mas hoje em dia a coisa está difícil até para eles. Com os pais cada vez mais ocupados e sem tempo para cuidar dos próprios filhos, a "solução" tem sido encher as crianças e adolescentes de tarefas secundárias que ocupem o dia inteiro deles, ou seja, passam a manhã na escola, a tarde em algum reforço escolar ou esporte (ou ambos) e, à noite, é quando os pais chegam em casa, então vão fazer companhia para os pais, ou fazer o dever de casa ou sair para lanchar ou, simplesmente, cair no sono, pois passaram o dia extremamente ocupados com whatever seus pais quiseram.

Cansado até pra chorar.
Cansado até pra chorar.

Para quem já saiu da escola e agora frequenta a faculdade, as coisas pioram. Você pode passar o dia inteiro na faculdade e, ao chegar em casa, ainda ter que lidar com as tarefas, seminários e projetos que seus professores passaram para você. E o pior: professor de faculdade acha que você só tem responsabilidade com a disciplina dele e parece esquecer que existem outras disciplinas e, olhem só, sua vida pessoal! Então, você vive cheio de coisas a fazer e, geralmente, acaba virando noites fazendo trabalhos da faculdade e aproveitando os fins de semana para colocar outros aspectos da sua vida pessoal em dia, como visitar os pais ou cuidar da casa. Ou talvez você só queira espairecer e aproveitar a sexta-feira e/ou o sábado para sair com os amigos, encher a cara e afogar as mágoas acadêmicas. Isso se você tiver dinheiro, que muito provavelmente vai ser gasto em xerox e materiais para a faculdade.

E se você acha que, com o fim da faculdade, as coisas irão melhorar... Bullshit. Aí é que o bicho pega, pois chega a hora em que você vai ter que ralar por conta própria, ir atrás de emprego e batalhar para ter algo seu. Por um lado, é excelente: você tem sua própria grana e independência pessoal. Por outro, mais da metade da sua grana provavelmente vai embora em contas a pagar, combustível e outras coisas e o seu tempo, ainda mais reduzido do que antes. E é nessa situação que me encontro atualmente. E é aqui que eu justifico porque gostar de jogos é um problema, sente-se direito e preste atenção...

Para gostar de jogos, você tem que ter dinheiro...

... afinal, seu console ou PC gamer não vai cair do céu e nenhum dos dois é barato. Mas você tem um emprego fixo, que te paga relativamente bem e dinheiro não é problema, certo? Ow, calma aí, rapaz... Você tem contas a pagar, gastos fixos mensais com uma série de coisas, além de ter que manter uma graninha a salvo para qualquer emergência. Um console da nova geração ainda beira os R$2.000 e um PC bom para games não sai por menos disso também. Além disso, não é todo mundo que tem essa grana à prontidão para adquirir um dos dois. Por mais que seja algo que você só vai comprar uma vez, não dá para ser à vista (se for para mim, coloca aí umas 10x sem juros no cartão). Soma-se a isso que os preços dos jogos também não ajudam, e isso se agrava para orgulhosos donos de consoles, com suas mídias sendo vendidas pela bagatela de R$180-R$200 (tanto físicas como digitais). E ainda posso lembrar aqui que piratear consoles atualmente não é vantagem para ninguém, é complicado, arriscado e cheio de restrições.

Shut up and take my money!
Não, pera...

Para quem usa PC, a notícia é um pouco melhor: Steam tá aí, jogando promoção no ventilador para quem quiser, além de ser sempre muito fácil conseguir um jogo pirata nos torrents da vida. Mas isso nos leva a um outro problema:

Para gostar de jogos, você tem que ter tempo...

...e eu até acho que ficou bem claro nos parágrafos aí em cima o quão louca é a rotina de todos nós. Eu trabalho a semana inteira com um horário bem puxado, trabalhando das 7:30 às 18:30 todos os dias, com apenas 1h30m de almoço (que não rende muito, visto que tenho que me deslocar para o restaurante todos os dias). Meu horário é puxado desse jeito para que não tenhamos que trabalhar no sábado pela manhã. Foi um acordo que fizemos e, de certa forma, é bom para todo mundo. Mas eu moro um pouco longe do meu local de trabalho, então acordo às 6:00 e só chego em casa, com sorte, às 19:15, depois de pegar todo o estresse de trânsito e engarrafamentos, num carro sem ar condicionado e com direção "pedráulica". Aí, é chegar em casa e tomar um bom banho (a preguiça e o sono já batem bem aí), preparar algo para comer e correr com algumas outras tarefas da vida pessoal, e assim, a semana inteira vira uma correria. Tempo para fazer compras necessárias ou a manutenção do carro? Justamente no sábado de manhã, no qual escolhemos não trabalhar. E no sábado à tarde, é hora de arrumar as compras que fez, ou visitar a mãe, ou simplesmente dormir, que foi o que eu consegui fazer muito pouco durante a semana inteira.

Não se joga videogame só por 30 minutos.

Jogar videogame durante a semana? Algo quase impossível para mim, até porque se eu jogar, descanso (leia-se: durmo) pouco e fico muito indisposta com muita facilidade. E aí chegamos ao terceiro ponto:

Para gostar de jogos, você tem que ter disposição...

... talvez não tanto quanto para o créu velocidade 5, mas tem que ter disposição, sim. Com a rotina que tenho durante a semana, chego em casa moída. Depois que tomo meu banho, tudo que meu corpo quer é cair na cama e ter bons sonhos, mas sempre há algo a ser feito. No intuito de tentar ganhar mais resistência física e, consequentemente, mais disposição para a vida, resolvi fazer caminhadas na praia duas vezes por semana, depois do expediente, mas como estou no começo, me sinto só o farelo do biscoito... Então, a melhor coisa que eu faço é tentar não jogar nada durante a semana (a não ser que sejam joguinhos casuais), para tentar descontar o tempo perdido durante o fim de semana. Mas eu repito, tem que ter disposição. E eu ando tão cansada que ando com preguiça até de ligar o videogame.

Dormiu enquanto jogava.
Quem nunca?

Eu sei que o que eu escrevi aqui foi um tanto pessoal, mas eu sei que, de uma forma ou de outra, você se identificou com alguma coisa aqui, e todos nós temos esse problema de grana/tempo/disposição, independente da nossa rotina, é um fato. E eu sei que tudo o que você mais queria na vida era ganhar dinheiro sem precisar trabalhar, só para poder ter todo o tempo do mundo para os seus jogos, todo mundo quer. Mas aí, só se você nasceu rico ou é fora-da-lei. Às vezes, a vida te exige tanto que, quando o fim de semana ou o feriado chegam, tudo o que você quer é aproveitar as poucas horas livres, sentar na frente do seu videogame e jogar, esquecer seus problemas. E aposto que você ainda tem algum parente/namorado(a)/marido/esposa que reclama e fica de #mimimi alegando que você "só quer saber desse videogame", "não quer fazer mais nada", mas calma, eles não sabem o que dizem... Coloquem seus headphones, abafem o #mimimi e Vão Jogar!, que é o que vocês merecem!

Compartilhe

Pin it


Leia também...



17 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    10/07/2015 às 08:56:10   localizacao Recife-Pe
    concordo com cada palavra do texto, eu mesmo nesses dias tenho estudado para concurso (conseguir um emprego melhor é sempre baum) e trabalho. e se já é dificil ter tempo para quem joga Street Fighter 4 ou um COD da vida, é ainda pior para quem é fã de RPG. (estou jogando uns 5 ou 6 desses nesse momento que escrevo) de jogatina, duas horas, três horas se eu tiver sorte. e quando chego em casa, mal tenho forças para me trocar para dormir.

    é aquela coisa: quando criança queria ter dinheiro para comprar todos os games que quissese e quando adulto quando tem grana para isso, não sobra tempo...é fogo!

    Responda!
  • avatar de sergio trajano
    sergio trajano
    10/07/2015 às 12:50:05   localizacao Recife-PE
    Olá, Ângela, tudo bom?
    Gostei muito do seu relato, viu? Farelo do biscoito hahahaha. Ri alto aqui hahahahaha.
    Videogame é algo maravilhoso, e só melhora com o tempo, tanto pela tecnologia quanto pelos algoritmos, cada vez mais sofisticados. Acho que devemos procurar jogar sempre, afinal, essa é uma das nossas principais metas na vida, certo? Você pode fazer o seguinte: tente jogar no console nos finais de semana e nos portáteis nos dias de semana.
    Sei que você tem um PSP. O PSP tem ótimos jogos e ainda emula os consoles antigos. A grande vantagem dos portáteis é que você joga na cama, já coberta, com a luz do quarto apagada, o celular com o despertador já ativado para 6:00hs, e apenas a luminária do criado-mudo ligada para não ficar tão escuro, pois acho que faz mal pra nossa vista. Aí você joga um ou mais games, não tão viciantes, mas que já dá prazer suficiente para preencher nossa fome de jogo.
    Pronto, agora é só jogar 15 minutos, meia hora ou no máximo uma hora. Daí você põe o PSP no stand by, coloca-o sobre o criado-mudo, apaga a luminária, vira de ladinho, e bons sonhos. Esse é meu ritual de todo dia hahahaha.
    Gosto tanto de portáteis que tenho três. Tenho meu PSP velho de guerra, tenho um PS Vita, e adquiri recentemente, com muita dúvida se iria gostar ou não, o Archos Gamepad 2. Simplesmente estou adorando o Archos. Ele é um tablet de 7 polegadas, bem poderoso, e já vem com controles físicos de boa qualidade. Mas dizem que o primeiro não é bom. Essa segunda versão corrigiu todas as falhas do primeiro.
    É isso. Essa é minha humilde sugestão para equilibrar sua vontade de jogar com sua necessidade de dormir mais cedo.
    Esse modo de jogar, já pronto pra dormir, funciona como um tipo de ritual de relaxamento, pois quando desligo a luminária e fecho os olhos, durmo rapidamente.
    Grande abraço, e até breve. :)

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    10/07/2015 às 14:02:49   localizacao Fortaleza - CE
    Olhe dona @Angela fale por vc viu, pois eu sou ryco e a minha única ocupação é gastar!

    Mas sério cara, isso tudo que tu descreveu é a minha vida, apenas. Uma vez até fiz uns cálculos pra tentar obter meu tempo de "vida útil" e fiquei abismado. Se liga só:

    De segunda à sexta:

    05:20 Acordar.
    05:22 Higiene básica.
    05:25 Limpar o gatil (às terças e quintas também colocar o lixo pra fora).
    06:15 Tomar banho, se arrumar pro trabalho, tomar café da manhã (nem sempre).
    06:40 Sair de casa pro trabalho (eu dirijo e é preciso sair muito cedo pra não chegar atrasado pq moro muito longe e o trânsito é muito intenso).

    Viagem pro trabalho aprox. 1h.

    08:00 Início da jornada de trabalho.
    12:00 Almoço.
    13:00 Retorno do almoço. (na sexta-feira retorno às 14h)
    18:00 Fim da jornada de trabalho.

    Viagem de volta pra casa aprox. 1h (quase sempre é maior que a viagem de casa pro trabalho).

    19:10 Chegar em casa (praticamente já morto de cansado).
    19:15 Limpar o gatil. (às vezes o jantar é antes por estar muito faminto).
    20:05 Tomar banho e jantar.
    20:35 Deitar pra descansar (quando não tem alguma outra atividade doméstica pra fazer).

    (vida útil aqui)

    22:30 ou 23:00 Dormir.
    05:20 Acordar.

    Sábado e domingo:

    11:00 Acordar (só quando não tem nada programado pra fazer ou problema pra resolver, senão é mais cedo).
    11:02 Higiene básica.
    11:05 Pensar nas coisas que tem que fazer.
    11:15 Comer alguma coisa (nem sempre).
    11:16 Fazer alguma ou nenhuma atividade doméstica (tipo colocar o lixo pra fora).
    12:00 Almoço (e depende se teve algo pra fazer antes).
    12:30 Morrer de preguiça.

    (vida útil aqui ou coisas pra fazer ou problemas pra resolver)

    16:30 Limpeza geral do gatil. (quando o sol já tá "frio")
    18:00 Tomar banho.

    (vida útil aqui)

    23:00 ~ 01:00 Dormir.
    11:00 Acordar.

    Total de horas de seg.à sex.: 120h
    Média de total de horas úteis de vida de seg. à sex.: 10h

    Total de horas sáb. e dom.: 48h
    Média de total de horas úteis de vida sáb. e dom.: 9h

    Total de horas por semana: 168h
    Média de total de horas úteis de vida: 19h

    E olhe que isso é só o fator tempo. Nem conto com o lance do dinheiro pq quando eu começo a pensar nas despesas já começo a me tremer todo. Disposição?! Desconheço essa palavra e qualquer conceito relativo a isso.

    Já faz algum tempo que eu não ligo o console e tenho aproveitado esses "tempos livres" pra jogar alguma coisa no celular justamente pela praticidade e confesso que me sinto mal por isso, pois jogar videogame é uma coisa que eu gosto muito de fazer e não tô conseguindo aproveitar da forma como deveria.

    Eu acho que vou ter mesmo é que esperar me aposentar pra viver o sonho de ter tempo e dinheiro, isso se o INSS não ferrar comigo e ainda tiver saúde daqui pra lá.

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    10/07/2015 às 14:07:46   localizacao Fortaleza - CE
    ~Correção:
    Média de total de horas úteis de vida: 28h

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    11/07/2015 às 12:45:40   localizacao São Luís - MA
    @Leandro (Leon Belmont)

    É complicado pra caramba esse negócio de não ter tempo. Dinheiro, às vezes, até que a gene tem. Esse começo de ano adoeci e tive que me afastar pelo INSS. Aí tive todo o tempo do mundo, mas grana pra jogos, cadê? :(

    @Sergio Trajano

    Tudo bom, moço?
    Eu pensei em dizer que eu fico "só o pacote", mas acho que "farelo do biscoito" ficou mais fácil de entender, hehehe
    Olha, eu realmente tenho um PSP, mas acredita que eu esqueço de colocar ele pra recarregar? Às vezes demoro pra pegar ele, e ele simplesmente descarrega com o stand-by. Eu também não curto muito ficar usando ele enquanto carrega, então quando lembro dele, já estou deitada e não quero levantar... Cansaço.
    Mas hoje lembrarei de colocar pra recarregar. Daqui a pouquinho, na verdade. Vou jogar no PS3 e deixar ele lá recarregando o/
    Obrigada por me lembrar dele e me mostrar esse ritual. Tenho feito isso ultimamente com The Sims no celular, mas quando todos os meus Sims ficam ocupados, eu fico meio que sem ter o que fazer.
    Abraços!

    @Rafael Alencar

    Rhyco! Hahaha!
    Mermão, essa rotina tua me deixou mais triste ainda. Eu parei pra pensar que, muitas das coisas que você faz, eu não tenho que fazer. Mas em vez de me animar, acabei ficando mais triste porque sei que, um dia, essa rotina de "dona de casa" vai me pegar, então minhas "horas úteis" vão diminuir mais ainda.
    Um brinde a quem acorda às 11h da manhã no fim de semana! o/**\o

    Responda!
  • avatar de João Roberto
    João Roberto
    11/07/2015 às 23:57:15   localizacao Apucarana - PR
    Olá, Ângela. Tudo bem? Quanto tempo...

    Seu texto foi perfeito no que diz respeito a mim... sério.

    O período pré-faculdade foi o mais "jogável", ainda que eu usasse muito mais o PC do que um console em si, mas a época da faculdade tomou quase todo meu tempo. Lembro ter criado meu finado "Espaço João Roberto" durante as férias, creio eu, do 2º ano, mas logo perdi o gás...

    Ai veio a vida pós-faculdade...

    Eu trabalho no mesmo pique que você. Leciono 40 aulas semanais, corrijo provas, trabalhos, preparo aulas. Para piorar, eu saio de alguma escola que eu esteja (trabalho em 3 escolas diferentes) e busco minha esposa no trabalho e minha filha na escola. Chego em casa por volta das 18:30 e ainda levo minha esposa para a faculdade. Retorno por volta das 19:30. Sento no sofá, tiro um cochilo, de tão cansado, e logo tenho que buscar minha esposa.

    E olha que este ano decidi ter mais tempo para mim e minha família, por isso deixei as aulas que eu tinha aos sábados, pois eu trabalhava das 08:30 às 18:30. Todos os sábados.

    Quando chega o final de semana, preparo mais aulas ou qualquer coisa relativo à elas e quando a tarde chega, deito no sofá e fico lá "vegetando". Às vezes ligo o Xbox e jogo alguma coisa apenas porque dá para ligá-lo pelo controle. E devo confessar: Há dias que quero voltar a jogar o Tennis do Wii Sports, mas só de pensar em levantar e pular pela sala já dá preguiça...

    Não sei se é só o tempo que se tornou escasso nessa vida adulta, ou o corpo mesmo, que já não tem a mesma energia de antes, agora que passo dos 32 anos, mas eu não consigo passar tanto tempo jogando. Até acho incrível alguns jogadores que "platinam" vários jogos, pois isso demanda muito tempo, algo que não tenho.

    E sempre me deixo pensar como é duro gostar de videogames e não conseguir jogá-los como antes. É uma pena, mas é o que tem pra hoje...

    Como sempre, ótimo texto!!! (acima de tudo, verdadeiro)

    T+

    Responda!
  • avatar de sergio trajano
    sergio trajano
    12/07/2015 às 10:01:45   localizacao Recife-PE
    Bom dia, Ângela!
    Nunca joguei no celular, mas a ideia é justamente essa. Uma constatação que fiz foi de que quanto maior a tela, melhor. Então, se você tiver pensando em trocar de celular, lembre de seus joguinhos, e veja se dá pra optar por um celular com tela de pelo menos 5 polegadas hahahaha

    Fala, Rafael!
    Pela sua agenda, dá pra encaixar uma hora de videogame religiosamente todos os dias, que seria de 19:30 às 20:30. Não é o ideal, mas é bastante razoável, levando em conta que muitos gamers nem têm essa possibilidade de jogar uma hora diariamente.

    Olá, João, tudo bom?
    Cara, já que você não dá mais aulas aos sábados, tenta encaixar pelo menos duas horas de videogame no sábado pela manhã. Conversa com sua esposa e pede pra ela cuidar das coisas durante esse seu "retiro gamer espiritual". Quem sabe ela não libera, em vez de duas, três horas, ou até quatro.

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    12/07/2015 às 12:27:50   localizacao São Luís - MA
    @João Roberto

    Moço, sumido! Tudo bem?

    Eu também passei por uma época em que jogava no PC, pois não tinha console. Foi uma fase ainda na faculdade, acabava sendo mais fácil jogar alguma coisa porque eu sempre estava com o PC ligado trabalhando no CAD, então dava umas pausas e jogava um pouco.

    Também tive minha cota de dias de professora de inglês, acho que você se lembra, hehe. Comecei a trabalhar e fazer faculdade no mesmo mês e ano. Ia pela manhã para o CNA para dar aulas e, quando saía de lá, ia direto pra faculdade sem nem almoçar alguma coisa decente (a maioria das vezes). Sábado eu dava aula de inglês das 8h às 17:30h, então terminava e ia morrer de cansaço em casa (ainda tinha que esperar o busão). O sábado à noite e o domingo eram dedicados aos trabalhos da faculdade e correções de atividades e provas também. Um belo semestre, desisti de tentar fazer muito dinheiro e reduzi meu número de turmas. Fiquei com turmas no sábado pela manhã apenas (afinal, eu ganhava uma porcentagem bônus nas horas trabalhadas dia de sábado, então era melhor pegar, pelo menos, uma turma). Mas aidna assim, era tudo muito corrido. Em meados do final de 2008, tive uma crise de estresse e fui parar 3 dias seguidos na emergência do hospital: tonturas, taquicardia, desmaios, enjôos, quedas de pressão e muito mais. Em 2009, pedi demissão e, só assim, me curei do estresse, ainda à base de calmantes naturais.

    Hoje a correria não é tão diferente, mas pelo menos trabalho com algo do qual eu gosto muito mais, então não fica tão ruim como antigamente, apesar de ser tão puxado quanto (ou até mais). concordo com o @Sergio Trajano, acho que você DEVE tirar algumas horas no sábado para jogar um pouco. Converse com a esposa, com certeza ela vai entender.

    Abraços e melhoras na sua vida corrida!

    @Sergio Trajano

    Cara, meu celular é de 5 polegadas :D
    Jogo bem pouca coisa nele, apenas joguinhos casuais como Sudoku, Bingo, Mahjong... a única coisa mesmo que eu jogo de diferente é o The Sims, que roda lindamente. Ainda tentarei jogar outras coisas, mas acho que celular é como PC, o uso principal deles não é jogar. na verdade, eu tenho é que criar vergonha e colocar os jogos do PSP em dia mesmo. ^^

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    12/07/2015 às 12:32:11   localizacao Vespasiano - MG
    É aqui que eu debruço no balcão e começo a chorar? hwa hwa hwa

    Minha rotina também é bem puxada. Durante a semana é acordar para ir ao trabalho (em outra cidade, de ônibus) e quando volto, o pouco tempo que tenho é para cuidar do site e de algumas coisas aqui em casa. No ônibus eu larguei os portáteis pra tirar um tempo para leitura, e durante a semana eu deixo mais para ver seriados (embora as vezes eu jogue uma coisa ou outra).

    Final de semana, tempo livre, o dia inteiro jogando, certo? Nada, além de ter que continuar resolvendo coisas daqui, ainda tem que fazer faxina, fazer comida, visitar meus velhos, as vezes sair (até eu preciso disso de vez em quando, rzs)... enfim, não sobra muuuito tempo.

    Pois é, não tá fácil para ninguém... vamos sentar e chorar todos juntos :’(

    PS: Dormir com o controle na mão tem virado um padrão na minha vida, eu já estou aceitando isso como realidade, e já sento para jogar a noite me preparando para dormir, rzs.

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    12/07/2015 às 15:16:50   localizacao São Luís - MA
    @Tchulanguero

    Dá um abraço aqui, vamos chorar juntos (e traz uma daquelas Áustria lá, que eu quero experimentar).

    Eu nunca dormi com um controle na mão, pelo menos não de videogame. Eu prefiro deixar de jogar do que jogar mal jogado, entende? Por isso, tenho pegado pouco os meus joguinhos :(

    @João Roberto

    PS: O PS3 também dá pra ligar pelo controle, é só apertar o botão PS ;)

    Responda!
  • avatar de João Roberto
    João Roberto
    13/07/2015 às 07:26:30   localizacao Apucarana - PR
    @ Ângela

    Eu sei, mas o meu PS3 faleceu vítima das Ylods faz tempo. O Wii também dá, mas tem jogo que tem que levantar pra jogar. Ai sobra o Xbox 360 mesmo...

    Responda!
  • avatar de João Roberto
    João Roberto
    13/07/2015 às 07:29:48   localizacao Apucarana - PR
    @ Sergio Trajano


    Beleza?

    Nós aqui em casa já estamos em negociações. O caso parece até o embrolho da Grécia. Fica ou não fica na zona do Euro. Consigo ou não jogar sossegado...

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    13/07/2015 às 08:29:50   localizacao Fortaleza - CE
    Então @Sergio, esqueci de mencionar que eu sou casado e essa "vida útil" eu tento aproveitar ao máximo fazendo realmente coisas úteis. Não que eu não ache útil jogar videogame, mas existem prioridades.

    Eu particularmente não curto jogar "pingado". Imagine jogar um Metal Gear Solid, por exemplo, apenas 1h por dia? Não acho que eu iria "aproveitar" o jogo como deveria/gostaria. Daí com esse pouco tempo disponível eu procuro jogos casuais no celular. É o jeito.

    É complicado, só sabe mesmo que está nessa situação. Mas vai dar certo!

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    14/07/2015 às 08:21:57   localizacao SP
    Putz, Çaçina... seu post merece isso como comentário:
    url imagem: i1098.photobucket.com/albums/g363/blong217/634798639221257881.jpg

    E isso também, claro, pois #TodosSomosOcupados!
    url imagem: funnyjunk.com/imgrd/rd/comments/08/86/088679e528878caeb5f6d572c333a081.png/

    É foda... eu passei por essa fase maluca e tal, abracei os portáteis por isso, já que eu me nego a dirigir nessa cidade com trânsito completamente imbecil chamada São Paulo. Mas aí portátil é caro, jogo é caro, nem sempre vc tá na pegada de jogar um jogo de portátil, nem sempre vc consegue carregar ele pra lá e pra cá, não é todo tipo de jogo de portátil que agrada, e a groselha vai azedando cada vez mais.
    Confesso que hj as coisas acalmaram um pouco, o trajeto entre casa e trabalho diminuiu. Mas jogar jogos complexos depois de um dia de trabalho longo é muito foda. Ainda mais depois de todas tarefas diárias, todo mundo tem pia de louça pra lavar. E com patroa supervisionando então... sem chance de deixar pra amanhã (o dia que nunca chega).
    Meu santo, a vida é triste... vou ali me matar e já volto! Vão Desidratar! (de tanto chorar com este post)
    PS: disposição na velocidade 5 me arrancou um sorriso bem idiota em público, obrigado por me fazer passar vergonha! kkkkkkkkkkkkkk

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    14/07/2015 às 11:12:42   localizacao Vespasiano - MG
    @sucodelarangela

    Hwa hwa hwa, eu vou lá na Krug pedir patrocínio viu, chega de ficar fazendo propaganda de graça :P

    Então, tudo começa bem, o jogo rodando a 60 quadros por segundo... aê muda para 60 quadros por minuto... e quando assusto, acordo no meio da madrugada com a televisão e videogames já desligados sozinhos. Ultimamente tá foda :/

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    16/07/2015 às 17:58:39   localizacao São Luís - MA
    @João Roberto

    R.I.P. seu PS3 :(

    @Gamer Caduco

    Eu pensei seriamente em colocar essa imagem no post, mas ele por si só já era depressivo demais, hehe.

    Eu penso da mesma forma que você em relação aos portáteis, não é sempre que estou no clima de jogar um desses jogos, eles sempre tem um quê de diferente em relação aos consoles... Vão Entender!

    E que bom que te arranquei sorrisos. Pelo menos isso de bom a vida me permitiu, huahuahuahuahua! Abraços!

    @tchulanguero

    Deixa de ser ruim, cara...

    Responda!
  • avatar de helisonbsb
    helisonbsb
    16/08/2015 às 19:27:48
    depois que se torna adulto,,,já era a vida boa...trabalho, responsabilidade e raramente vai jogar video game todos os dias,,,,principalmente do domingão onde tem que dormir cedo para encarar a segunda maledita feira,,,triste,,,o importante é dar valor a vida e aproveitar todos os momentos, horas, minutos e segundos,,,
    jogar video game é para os fortes,,,valeu

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé