logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! NotíciaCampus Party MG 2017

Campus Party MG 2017 - Jogos para além do entretenimento

Serious Games: favor não confundir com Boring Games.

autor Rodrigo Borges   datahora 04/11/2017 às 09:19:51   tagarelices 0

Serious Games: favor não confundir com Boring Games.


Com os jogos deixando as outras formas de entretenimento nas sombras em termos de faturamento, o mercado tornou-se extremamente competitivo e de difícil entrada para novos desenvolvedores. Com esta premissa, Dino Lincoln apresentou nesta sexta-feira (03), no Palco Criatividade e Entretenimento, o que são serious games e porque ele os considera um promissor destino para investimentos.

Slide de apresentação do painel
Mesmas habilidades, mesma formação, outro paradigma

O que são

Serious games, como apresentado, são jogos cujo objetivo principal não é entretenimento. Tem os mesmos princípios de game design e interface que um jogo comum, mas buscam, entre outras coisas, ensinar uma disciplina ou treinar uma função em um ambiente simulado. O avanço do hardware em sensores e realidade virtual foi o ponto pivô para o surgimento destes jogos, ao tornar mais acessível a simulação de situações de risco para pilotos, soldados e médicos.

Dono de uma empresa que oferece soluções para treinamento de policiais, o escopo do palestrante ficou limitado aos serious games destinados ao mundo militar, com pequenas menções a outros tipos de projeto. No entanto, a sessão de perguntas expandiu o leque de assuntos e Dino mostrou domínio sobre o tema e conhecimento de muitas iniciativas de jogos sérios para diversas áreas.

Slide - Simulação viva: pessoas reais, ambiente real, objetos reais, efeitos virtuais
Simulações militares vivas se utilizam de bastante hardware para aproximarem-se de situações reais.

O que empregam

O que pode tornar esta área de jogos um ambiente atrativo de investimento e trabalho é o fato de ela compartilhar as ferramentas e conceitos de um jogo de entretenimento. Engines como Unreal, Unity e CryEngine são utilizadas por ambos os desenvolvedores, assim como o hardware de realidade virtual. Talvez caiba uma nova implementação para casos específicos, como sistemas embarcados em uniformes militares que permitem o treinamento em ambiente real, com pessoas reais, e apenas com os efeitos, ferimentos e morte, virtuais, mas o caso comum é utilizar sistemas já existentes.

Com relação ao mercado, Dino Lincoln elevou os jogos AAA ao estado de "inconcorríveis", dando como descartada a ideia de competir no mundo de jogos de entretenimento e mostrando uma brilhante e larga porta para os jogos sérios. Neste ponto, ele pareceu ignorar completamente os jogos indie ou apenas considerou como viáveis os jogos que faturam alguns bilhões de dólares. Ainda assim, pareceu pertinente o fato de que as duas categorias de jogos compartilham ferramentas e habilidades, sendo acessível começar uma carreira tanto em uma quanto na outra.

Slide: faturamento da indústria de jogos em 2015, em US$ 100 bilhões
Jogos hoje superam a indústria cinematográfica e de música juntas.

A palestra teve uma boa sinergia com a de Dimitri e Rafael, sobre eSports. Ambas nos facilitam ver que os conceitos que usamos para construir jogos e os estímulos que nos fazem jogá-los estão sendo integrados a outros elementos que compõem nossa cultura. E, com isso, fica cada vez mais importante perguntar-nos "o que NÃO são jogos?".

Compartilhe

Pin it


Leia também...



Seja o primeiro a tagarelar!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé