logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Tira-gostoMetroid Prime

Metroid Prime

Preview de Metroid Prime - O retorno triunfal da maior musa da Nintendo e do melhor jogo da empresa.

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 14/04/2009 às 23:54:13   tagarelices 4

O retorno triunfal da maior musa da Nintendo e do melhor jogo da empresa.


Algumas certezas na vida de um jogador:

- Qualquer jogo da série Metroid é um jogão;
- Mesmo no Nintendo, Samus já arrancava suspiros dos nerds;
- Super Metroid consagrou a série e é um dos melhores jogos de todos os tempos!

É praticamente unanimidade. Mesmo na guerra dos 16-bits, todos babavam em Metroid. O jogo era simples e objetivo, tinha um clima tenso, uma trilha sonora ducarai, ótima jogabilidade e era muito desafiador, um clássico. Tudo bem, não é tão unanimidade assim, tem gente que não gosta, mas enfim, tem cara que não gosta de mulher também, gosto de cada um, vai entender.

Quando o Nintendo 64 saiu, fiquei na expectativa de sair algum Metroid em 3D no console novo (mesmo não tendo um), afinal Super Metroid foi um jogo muito foda e merecia uma continuação. Mas a única aparição de Samus naquela época foi no primeiro Super Smash Bros.

Samus Super Smash Bros.
Ficou só na vontade.

O tempo passou, veio o GameCube e com ele a notícia de mais um jogo da franquia da loira gostosa mercenária do espaço, agora intitulado de Metroid Prime. Tudo perfeito, tudo muito bom, mas... anunciaram que a parada seria em primeira pessoa! A princípio a notícia foi meio broxante (ainda que o jogo não estava nas mãos dos fodões da Nintendo), mas conforme detalhes do jogo iam sendo liberados a coisa começou a parecer bem mais atraente. Lançado o jogo todo mundo teve em mãos um jogo que fazia jus a série. Quer dizer, todos menos a pessoa mais importante, ou seja, eu. Caralho, eu, mó fominha de Metroid não tinha um Cube pra jogar a parada. Lembro que um amigo meu me arrumou um vídeo de 15 minutos que mostrava alguém jogando o começo e eu ficava babando no PC. Aê saiu um emulador para GameCube com o nome do projeto do console, o Dolphin que me deu alguma esperança de jogar a parada. Baixei o emulador, baixei a ISO e... a combinação de emulador ainda no começo e o meu computador capenga não deu certo. Por fim, esqueci do jogo, me conformando já em não jogá-lo. Passou mais tempo, veio Metroid Prime 2, Wii, Metroid Prime 3, meu Dreamcast que só funciona quando quer, e a abertura do código fonte do emulador. Até que semana passada eu finalmente consegui emular Metroid Prime de maneira satisfatória, matar minha vontade de jogar a parada e tirar minhas conclusões sobre o jogo.

Entrada Triunfal
- Eu sou foda!

Bom, eu só estou no começo e não peguei muito da história, mas deu pra sacar bem como é o jogo. Visualmente ele é muito bem elaborado, com gráficos muito bons, e com o típico ambiente sombrio que foi marca da série (por isso achei Fusion meia boca), que é ampliado pela trilha sonora que continua fazendo toda a diferença. O jogo começa em uma estação espacial abandonada, de forma parecida com o início de Super Metroid. É meio que um tutorial pra você aprender a usar todos os comandos do jogo, mas já é bem empolgante, desde o início o clima de tensão é mais valorizado do que o atira-atira dos FPS tradicionais. E falando nisso, a Retro Studios conseguiu transpor muito bem Metroid para o 3D. Apesar da visão em primeira pessoa (a não ser quando se usa a Morph Ball, aê muda para terceira), o jogo conseguiu manter a essência dos jogos antigos. É possível dar grandes saltos, atirar, mirar (e travar a mira), correr, jogar mísseis, se pendurar e tudo mais.

- Ué, mas como você fez tudo isso logo no começo do jogo?

Pois é, meio estranho pra quem já jogou os outros, mas aqui você já começa com a armadura completa, Charge Beam, mísseis, Grappling Beam e tudo mais. Você vai lá, todo feliz, cheio de brinquedinhos, espanca o primeiro chefe, vaza do lugar que vai explodir (novidade hein), revê um velho amigo e é jogado de leve por uma pequena explosão que fode com sua armadura inteira e some como todos os seus brinquedos te deixando só com o basicão. Pois é, a ideia foi boa, só ficou bem forçada, mas tudo bem. A partir daí, o jogo começa de verdade, com a boa e velha caça por equipamentos para poder acessar áreas inacessíveis, andando mais, enfrentando hordas de seres estranhos como em todo Metroid, pra alegria da gente.

Parasite Queen
- Abre a boquinha, vai minha filha.

Uma coisa que colocaram e que ficou muito bacana foi o visor. A visão é do jogo é de dentro dele, e nele são mostrados o seu nível de energia, número de mísseis, mapa 3D e a nova barra de hostilidade (é, sei lá o nome dessa porra no jogo). Se o ambiente for muito quente, ácido ou outras coisas do tipo ela vai indicando o nível. Se ela chega ao máximo, você começa a perder energia. Legal também, é o fato do visor embaçar e ficar sujo de acordo com o ambiente e/ou acontecimentos, te atrapalhando em certas partes. Várias outras funcionalidades também podem ir sendo incrementadas no visor, assim como em Super Metroid com a visão de Raio-X.

Calor
- Vixi, que calor!

Enfim, Metroid Prime seguiu uma linha bem diferente dos títulos anteriores, mas a Retro Studios conseguiu trazer de volta todo o clima da série. O jogo é bem feito, com gráficos bem detalhados, texturas bem feitas, trilha sonora que te põe no clima, jogabilidade precisa, inaugurando o que a Nintendo chama de First Person Adventure. No emulador tá rodando bem, mas estou seriamente pensando em comprar um Cube pra mim jogar Metroid e outros jogos da Nintendo. Seja lá aonde for, recomendo que você vá jogar agora!

* Revisado em 10/03/2017 às 17:34:07

Metroid Prime
Metroid Prime

Séries: Metroid e Metroid Prime
Estúdios:  e
Plataformas: GameCube, Wii e Wii U

Compartilhe

Pin it


Leia também...



4 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de Agentman
    Agentman
    21/04/2009 às 23:57:40   localizacao BH
    Cara, Metroid Prime foi o jogo que me fez correr atrás de um Cube, mesmo anos depois de seu lançamento (uns 6 anos, se não me engano).

    E por isso eu posso dizer a você que arranje um Gamecube mesmo, pois a sensação de jogar Metroid usando o joystick original para o console vai te fazer pirar.

    Ah, já vá amaciando seus dedos para quando encontrar o "final boss"...cacete, fazia tempo que não saía de uma batalha com as mãos tão arrebentadas! :P

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      22/04/2009 às 09:50:43   localizacao Vespasiano - MG
      Cara, não sei o que você fez, mas você postou três comentários iguais, então eu deixei um só, blz?

      Realmente to afim de comprar o Cubo, só tem que rolar aquela combinação de grana e oportunidade. O emulador quebra o galho mas realmente, eu prefiro bem mais o console.

    Responda!
  • avatar de Rodrigo
    Rodrigo
    05/07/2009 às 03:19:40   localizacao Alfenas - MG
    É Interessante ver como um fan da serie deixou de jogar o 2º melhor jogo de todos os tempos... XD Faça um favor a si mesmo e compre um Gamecube... vc acha usado por uns 200 conto por ae... e o jogo original por mais 50.

    "Até que semana passada eu finalmente consegui emular Metroid Prime de maneira satisfatória, matar minha vontade de jogar a parada e tirar minhas conclusões sobre o jogo."

    Poxa... com uma fração do dinheiro q tu gastou fazendo upgrade no PC ja dava pra tu estar jogando esse jogo faz tempo em um gamecube de verdade... :P

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      06/07/2009 às 09:18:05   localizacao Vespasiano - MG
      Pra você ver minha situação, nem 250 mangos eu tenho pra gastar com vídeo-game mais, vai casar bobo, he he he. E eu não tive que fazer upgrade no PC, é a emulação que melhorou mesmo. Mas futuramente é mais provável que eu compre um Wii para aproveitar os jogos do cubo também... mas bem futuramente.

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé