logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! DegustaçãoFallout 3

Fallout 3 (PC)

Análise de Fallout 3 - War never changes.

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 19/06/2009 às 16:58:37   tagarelices 4

War never changes.


Há um tempo atrás o Atillah do AOE escreveu um texto babando o ovo para Fallout 3 de X-Box 360. Apesar de ser uma franquia velha eu nunca tinha ouvido falar, mas a idéia de misturar RPG com FPS me parecia maluca o suficiente para ser interessante. Li o texto já lamentando não possuir a torradeira da Microsoft e conferir a parada quando alguém comenta da versão para PC. Procurei as configurações mínimas e cheguei a feliz conclusão que o meu PC rodava a bagaça: problema resolvido. Baixei Arrumei o jogo, zerei e agora escrevo sobre ele. Pra quem não conhece, apresento-lhes...

Fallout 3
Fallout 3

História

A história de Fallout 3 basicamente é a seguinte: o mundo se fudeu com guerras nucleares, então algumas pessoas foram escolhidas por uma organização para virar tatu viver debaixo da terra em uns lugares chamados "Vaults" e nunca mais sairem de lá. O jogo começa com o seu nascimento (dentro do Vault 101) e é lá que você passa os primeiros 19 anos da sua vida, até que uma confusão envolvendo o seu pai te obriga a sair da parada e encarar uma Washington devastada pelas guerras, agora chamada de Capital Wasteland.

Capital Wasteland

O lugar onde o jogo se passa é extremamente hostil. Um deserto repleto de radiação e mutantes de todos os tipos, com algumas aglomerações de humanos muitas vezes nada amigáveis. Além de tudo isso se trata de um lugar imenso, sendo complicado atravessar o mapa inteiro a pé. Felizmente é possível ir até os locais já descobertos através do mapa. Ficou faltando no jogo algum tipo de veículo, você sempre estará a pé.

Pip-Boy 3000

Pip-Boy 3000
Garoto-Urina 3000... tá, foi horrível essa, eu sei...

Entregue a você ao completar 10 anos, o Pip-Boy 3000 é o seu companheiro de todas as horas no jogo. Seja pra olhar as condições do seu corpo, da sua radiação, dos seus itens, armas, armaduras, mapa, ou seja lá o que for, sempre será através do Pip-Boy. Além de servir como "menu" do jogo, o Pip-Boy também serve como lanterna e é ele que aciona o V.A.T.S.

Vault-Tec Assisted Targeting System

V.A.T.S.
V.A.T.S. põe os turnos de Final Fantasy no chinelo!

Apesar de ser possível alterar a visão de 3ª pessoa para 1ª pessoa e jogar Fallout 3 como se fosse um FPS comum, o jogo ainda sim é um RPG e possui o seu próprio sistema de batalha. Além da ação normal de apontar com o mouse e atirar a qualquer momento durante uma batalha (ou não) é possível acessar o V.A.T.S., que mostra as chances de acerto de cada parte do corpo do oponente com o jogo pausado. Isso é decisivo nas partes mais tensas do jogo onde você será atacado por muitos inimigos. Claro que tudo isso é influenciado por um monte de coisas, como a arma que você está usando, a sua habilidade com ela, a distância do inimigo, essas coisas. Só que não é varzea assim não, a cada ação feita no V.A.T.S. uma determinada quantidade de AP é gasta não permitindo muitas ações.

No controle

Os comandos de Fallout 3 respondem bem, a combinação de mouse e teclado aqui é perfeita. O único ponto negativo é que mirar em terceira pessoa não é muito legal, eu acabei acostumando a dar porrada em terceira pessoa e atirar em primeira. Os comandos não são muitos, então nada daquela confusão de decorar um milhão de ações para o teclado. A troca de armas pode ser feita tanto pelo Pip-Boy 3000 quanto pelas teclas numéricas (legal é que você que define qual arma fica em cada número) o que ajuda em momentos de ação frenética. As outras ações do jogo também são bem boladas e simples, como por exemplo arrombar fechaduras, invadir computadores, roubar e mais um monte de coisas que o jogo permite.

Gráficos

Gráficos
Entendeu agora?

Os gráficos em Fallout 3 são muitos fodas... e extremamente pesados. No meu PC pra jogar tem que colocar praticamente tudo no mínimo, mas só pra conferir eu dei umas olhadas no jogo com a configuração máxima e fiquei de queixo aberto. Tudo é muito bem detalhado (mesmo com configurações baixas), os efeitos de luz e sombra são ótimos, as câmeras do V.A.T.S. são bem dramáticas e os cenários muito bem construídos. Aquele clima de lugar devastado está presente o tempo todo, a arte do jogo ficou excelente com aquele clima de tecnologia misturado aquela coisa dos anos 50. Em nenhum momento você se sente fora do contexto do jogo, todos os lugares são sujos e destruídos, por mais bem arrumados que sejam.

Barulhos

O som no jogo é muito bem trabalhado, principalmente no V.A.T.S. onde o efeito "slowmotion" aplicado nas vozes dá todo um clima para o recurso. A trilha sonora normalmente é tranquila mas na hora do "pega pra capá" ela muda pra algo mais "Rambo", pra fazer o sangue subir pra cabeça e o dedo coçar mais fácil. Interessante é que no Pip-Boy 3000 é possível ativar o rádio, sintonizando com alguma das emissoras disponíveis na região aonde você estiver. Destaque para a "Galaxy News Radio" que fica tocando umas músicas mais calmas, e como o som das rádios prevalece sobre a trilha sonora do jogo, pode ser interessante um tiroteio com uma música menos tensa. Pena que as músicas são poucas e se repetem muito, então acaba ficando enjoativo.

É mesmo tudo isso?

O Futuro
O Futuro do sonho americano...

Apesar dos antigos fãs da série criticarem muito o jogo em termos de história, dizendo que Fallout 2 é muito superior, eu achei o jogo simplesmente foda. Bons gráficos, boa jogabilidade, diversão a rodo (estourar miolos e vê-los voando lentamente é muito desestressante) e uma história interessante o suficiente pra querer chegar ao final do jogo. A missão principal não é muito grande, mas como há inúmeras missões secundárias, a garantia de que você vai perder muito tempo é enorme. Muitos também reclamaram do limite de nível que é 20, mas pra mim isso não fez muita falta na primeira vez que zerei, e além do mais já foi disponibilizada a expansão "Broken Stell" (falarei das expansões em outros escritos) que aumenta esse limite para 30 e ainda permite continuar jogando depois de terminar. O lance de você montar o seu personagem também é bacana, mas as customizações poderiam ser maiores. Enfim, Fallout 3 é um puta jogo, eu estou zerando pela segunda vez e é incrível a liberdade dada, parece que estou jogando outra coisa de tão diferente que estou podendo fazer as coisas. Para os fãs da série ou para quem nunca ouviu falar é um item obrigatório. Agora deixa eu voltar a estourar miolos com a minha Combat Shotgun aqui...

Tiro na cabeça
O que vai acontecer com vocês se não irem jogar


* Revisado em 18/12/2016 às 15:35:04

Fallout 3
Fallout 3

Série: Fallout
Estúdio: 
Plataformas: PlayStation 3, Windows, Xbox 360 e Xbox One

Compartilhe

Pin it


Leia também...



4 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de Rejin: Advogado da Sega
    Rejin: Advogado da Sega
    25/06/2009 às 13:51:06
    Joginho +/-

    Sou mais Final Fantasy!

    Japão >>> ALL

    Responda!
  • avatar de Game Over
    Game Over
    03/07/2009 às 23:35:54   localizacao Camboja
    Trecho excluído devido a excesso de TPM. Imagine que ele escreveu qualquer coisa ofensiva aqui.

    Texto ruim pra caralho me arrependo de ter lido essa merda.

    Responda!
  • avatar de Seu Cuca
    Seu Cuca
    28/06/2010 às 21:36:46   localizacao SP
    Puts... um ano depois... hahaha final fantasy nem tem comentario veio jogo porcaria da porra, eh igual "The crims", hawuhauwwa, fallout sim jogo massa... tem nem comparaçao, final fantasy eh jogo infantil.

    Responda!
  • avatar de Romário Gondim
    Romário Gondim
    22/07/2011 às 16:22:51   localizacao São Paulo -SP
    Esse jogo é massa, muito boa matéria!!!

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé