logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! DegustaçãoAlien: Isolation

Um Organismo Perfeito

Análise de Alien: Isolation - E um jogo também.

autor sucodelarAngela Caldas   datahora 17/04/2015 às 08:15:47   tagarelices 11

E um jogo também.


Não sei se vocês sabem, mas eu sou fã assumida da saga Alien. E como boa fã, eu sentia falta de um bom conteúdo sobre esse universo maravilindo, principalmente nos games. Convenhamos, Aliens Colonial Marines é vergonhoso e nem deveria ser considerado algo oficial, visto a falta de um roteiro decente, todos os bugs, inteligência artificial escrota e toda a enganação por parte da Sega e demais infinitas empresas envolvidas nesse... nessa... coisa que eles chamam de jogo. Na boa, tinha tudo para dar certo e acabou levado o mesmo fim de Assassin’s Creed III: enredo mal definido, muitos estúdios trabalhando ao mesmo tempo e praticamente de forma independente, resultando em um jogo incoerente e cheio de falhas.

Mas calma, pequenos facehuggers, não estou aqui para perder nosso tempo falando do que não merece. Posso mencionar aqui que o último grande jogo de Alien que eu havia jogado até pouco tempo atrás foi Alien: Ressurrection para o PlayStation 1, que me rendeu belíssimas horas de gameplay. Trata-se de um jogo de ação em primeira pessoa, baseado no filme homônimo, com uma dificuldade absuuuurda e muito suspense. Eu realmente gostava de jogar ele, mesmo não me lembrando de tê-lo zerado sem a ajuda de uns cheats básicos, como o No Chestbursting e o Infinite Oxygen (sério, acho que não dava para zerar esse jogo sem isso). Mesmo com esses cheats, o jogo continuava muito desafiador e creio que seja um dos mais legais até hoje. Foram bons tempos...

O fato que eu gostaria de apontar aqui é que a franquia Alien teve dezessete jogos oficialmente licenciados para plataformas diversas (não incluindo aqui os jogos vinculados à franquia Alien Vs. Predador, que eu prefiro esquecer que existe). E, independentemente das plataformas, dezesseis deles tiveram essencialmente o gênero de ação como foco. Sim, havia um pouco de exploração e sobrevivência, que é algo inerente à franquia, mas na maioria dos jogos você tinha uma horda de Aliens te perseguindo em todo o cenário, ovos e facehuggers espalhados por todo lugar e tiros eram disparados para todo lado, fosse em primeira ou terceira pessoa, ou até em estilo Pac-Man!

Aliens: A Comic Book Adventure, um jogo que mistura RPG,
point n’ click e ação em uma coisa só.

O grande X da questão nessa história toda que eu contei é que todos esses jogos tiveram suas energias focadas a partir do segundo filme da franquia - Aliens - onde uma colônia foi construída, propositalmente, no planeta onde os ovos dos alienígenas foram encontrados pela primeira vez e, como era de se esperar, os habitantes dessa colônia acabaram sendo infectados pelos facehuggers e tudo virou um inferno com centenas de Aliens espalhados por lá, matando e capturando todo mundo que podia. A partir do segundo filme da franquia, muito do quesito sobrevivência, o foco do primeiro filme, foi perdido. Ripley e seus companheiros não mais tentavam se livrar de um único Alien fodão com poucos recursos, agora eles tinham armas de grande calibre, granadas e treinamento militar, itens essenciais em qualquer pacote de ação, seja para filmes, jogos, seriados ou whatever.

Mas há uma exceção, uma linda exceção...

Alien: Isolation, lançado em outubro de 2014 é o jogo perfeito da franquia, focado no primeiro filme - O Oitavo Passageiro, utilizando o survival e o stealth como ponto chave para a jogatina. O jogo é tão fiel ao primeiro filme que é até complicado falar dele sem dar spoilers, mas vamos tentar. Só para início, saquem só a abertura do game:


Sim! É a voz da Ellen Ripley do final do primeiro filme. E sim, é a voz original, da Sigourney Weaver. Quando o jogo foi lançado, eu evitei olhar qualquer coisa relacionada à ele, então, imaginem como eu me senti quando iniciei o jogo e me deparei com isso??? Arrepios, literalmente!

O jogo usa muita referência original, muito material de 1979, ano do lançamento do primeiro filme, o que aumenta muito a imersão e o sentimento de nostalgia de quem o joga. Em Alien: Isolation, você controla Amanda Ripley, filha da inesquecível Ellen Ripley, 15 anos após o desaparecimento da Nostromo. Um certo dia, você recebe a notícia de que o Flight Recorder da Nostromo foi encontrado e está localizado em uma estação chamada Sevastopol. Você então é convidada a fazer parte da equipe que vai até a estação, afinal, são notícias da sua mamãe querida (Quico feelings) e, logicamente, você aceita. E então, o jogo começa.

Ellen e Amanda Ripley
Ellen e Amanda Ripley

O jogo é inteiramente em primeira pessoa, o que dificulta ainda mais o seu progresso, visto que sua visão do ambiente é bem mais limitada do que seria se fosse em terceira pessoa. Amanda pode se agachar e se esconder atrás e sob objetos, como mesas ou caixas, podendo dar umas bisbilhotadas por cima ou pelas laterais desses objetos nos quais se esconde. Deve haver um cuidado especial ao dar essas bisbilhotadas, pois a movimentação de Amanda depende de quão brusco é o seu movimento com o analógico. Use devagar, ela age devagar e silenciosamente. Use de forma brusca, e Amanda será tão brusca quanto. Tenha autocontrole, cara!

Amanda também pode se movimentar por dutos de ventilação localizados por toda a estação, podendo servir até mesmo de atalhos para alguns lugares. Passear pelos dutos pode parecer bem seguro de início, mas sua personagem faz um bocado de barulho dentro deles se você andar muito rápido e, futuramente, isso pode chamar a atenção do Alien, que logo logo te encontra por lá. O segredo do jogo é justamente agir no stealth: quanto mais silencioso e paciente o jogador for, maior serão suas chances de despistar e sobreviver ao Alien. E tenha certeza: não será fácil (principalmente se você seguir o conselho dado no jogo e ir de cara no Hard, como eu).

A inteligência do Alien é surpreendente nesse jogo. Assim como no filme, o bicho demora um pouco a aparecer, o que não faz com que o clima de suspense e nervosismo diminua. Assim que ele aparece e percebe onde você está, seja pelo barulho que você fez, ou por ter te visto em algum lugar, ele vai te caçar. E sim, ele usa seus sentidos, ou melhor, ele aprende a usá-los, assim como ele aprende também onde deve te procurar.

Por exemplo, na minha jogatina, eu sempre me escondia nos armários. Num determinado momento do jogo, tive que correr de um lugar para outro e, a impressão que eu tive é que o Alien percebeu, pela audição (e talvez pela visão) que eu havia me escondido dentro de um dos armários. O que ele fez? Algo que não tinha feito em nenhum momento até então: chegou na frente do armário, bem perto da porta e me farejou. Tentei prender a respiração para evitar qualquer barulho adicional, mas não deu tempo, ele me matou na hora. Depois disso, os armários nunca mais foram um lugar tão seguro quanto eu achava... Às vezes, ele passava batido. Outras vezes, se eu tivesse feito muito barulho, ele sabia que eu estava em algum lugar por ali e, depois de algumas voltas, ele passava a vasculhar todos os armários do local. O bicho é tão desgraçado que chegou a me enganar várias vezes: ele farejava a porta do armário, fingia ir embora e quando eu achava estar livre, ele arrancava a porta do armário e me matava. Outras vezes, eu apenas voltava a respirar de forma brusca demais e ele me escutava. Morte certa, todas as vezes.

Não se preocupe, você vai morrer bastante.

Uma boa parte do jogo, eu achava que ele apenas me reconhecia pela visão e pela audição, até que em determinado momento eu tive que ficar MUITO tempo escondida em um mesmo lugar: atrás de uma mesa. Quando o Alien resolveu dar uma voltinha por lá, eu rodeei a mesa pelo outro lado e me livrei da morte, mas tive uma surpresa: o Alien parou onde eu estava escondida, ergueu a cabeça para o alto e começou a farejar meu cheiro! E é muito foda ver como o Alien age de forma mais ou menos agressiva dependendo de como você agiu em determinado lugar.

Mas nem só de Alien vive o jogo. Você também vai encontrar pelo caminho aqueles malditos sintéticos (quem não lembra do traíra do Ash no primeiro filme?). Os sintéticos agem de forma muito estranha no jogo e cabe a você saber porque. Sintéticos não "morrem" facilmente, requer que você dê umas boas pancadas ou tiros em suas cabeças, ainda assim correndo risco de eles te agarrarem e te matarem, o que acontece com frequência. Você pode encontrar um Stun Baton no jogo que paralisa temporariamente um sintético, dando tempo de você quebrar a cabeça deles. Mas fique atento: qualquer barulho de luta, seja tiroteio ou corporal, vai chamar a atenção do Alien, e você não vai querer isso. É muito comum também encontrar pessoas na nave. Podem ser militares ou até tripulantes, mas não confie em todos. Muitos deles querem sobreviver a qualquer custo e, se for necessário acabar com a sua raça para tal, eles vão fazer. Tive muita dificuldade em alguns pontos por ter que enfrentar ou despistar grupos grandes de pessoas na estação. Algumas vezes, tive até mesmo que recorrer ao meu amigo Alien para eliminá-los por mim!

Amanda é uma engenheira, então ela entenderá muito bem dos gadgets que você encontrará pelo jogo e que te ajudarão a seguir em frente. Além disso, você raramente vai encontrar um item pronto, como medkits e flashbangs. Você encontrará os materiais de que precisa para criá-los e há um número máximo de cada item, bem como de cada material, que você poderá carregar. Os melhores itens que você pode criar e coletar são relacionados à distração: flares e bombas de ruído, por exemplo, vão chamar a atenção da criatura para um determinado lugar, te dando a chance de se esconder ou avançar no cenário. Você também pode encontrar itens específicos que te ajudarão a destrancar portas e dutos, seja através de hack, seja através da força bruta. Mas sua grande arma no jogo é o detector de movimentos. Sem ele, você não é nada.

Como já deve ter dado para perceber, o jogo exige muita paciência, muito stealth e estratégia em alguns pontos para que você consiga seguir adiante. As armas que você encontra tem munição escassa, fazem barulho e não podem ser usadas sempre, o que elimina qualquer aspecto de ação do jogo. Além disso, armas só são eficazes contra humanos e sintéticos. Tente usar uma arma contra o Alien e ele vai te matar. Tente correr e ele vai te matar. No máximo, você pode usar o lança-chamas ou molotovs para afugentá-lo quando estiver no aperreio e, mesmo assim, as chances de ele te matar continuam grandes. O jeito é apelar para o stealth mesmo, então, se você não gosta de survival, de stealth e nem tem paciência para esperar as folgas que o Alien te dá, este não é o seu jogo.

Gif de Alien: Isolation

Para aqueles que são fãs da franquia, Alien: Isolation é recomendadíssimo. Possui cenas do filme em suas telas de loading, além de algumas utilizadas in-game. Tem cenários criados de forma fiel aos originais, além do design de objetos, computadores e sistemas. Tem áudio original do filme, além de ter uma trilha sonora simplesmente fantástica, com músicas que foram compostas para o primeiro filme em 1979, músicas belíssimas e orquestradas. E falando em música, ela tem um papel fundamental não só na ambientação do jogo, mas também na jogabilidade. Preste atenção nela, pode te ajudar a localizar inimigos e a saber se a barra está limpa.

Comparação filme/jogo: sala do computador

Comparação filme/jogo: sala médica

Comparação filme/jogo: hibernação
Comparação entre cenários do filme (acima) e do jogo (abaixo): Mother/Apollo room, medical room e hypersleep chamber.

Graficamente, o jogo é muito lindo. Como eu falei, muita coisa é fielmente retratada no jogo, os personagens também são muito bem feitos com expressões faciais muito boas, mas eu senti que, pelo menos no PS3, houve algumas quedas de framerate durante as cutscenes. Nada que atrapalhe ou canse, mas dá para perceber algumas travadinhas, sim. O jogo também segue essa onda nova de jogos que vem localizados em pt-br, então se você quiser jogar com o idioma original, terá que mudar o idioma do seu console, já que não há menu in-game para a alteração. A dublagem pt-br é boa, com exceção de alguns personagens secundários que aparecem. No entanto, as vozes de Amanda e Samuels combinam muito bem e foram muito bem executadas. Mas como eu sempre jogo no idioma original, logo mudei para o inglês e, assim, fui muito mais feliz (mas isso é assunto para outra hora). Recomendo jogar usando um headset, pois há sons que não podem ser escutados muito bem pelo áudio da TV. Localizar os inimigos pode até ficar mais fácil dessa forma. Jogue no escuro também, é muito mais legal! E não recomendo jogar duas vezes seguidas, o jogo é muito tenso, cheguei a me assustar fodamente em algumas partes, com direito a muito xingamento no Twitter.

DLC: Crew Expendable

A versão que eu tenho de Alien: Isolation é a Nostromo Edition, que vem com a DLC Crew Expendable. Em jogabilidade, a DLC não muda quase nada do jogo principal, consistindo ainda de stealth e sobrevivência, com a exceção de que você não consegue utilizar o motion sensor dentro dos armários. Mas o que realmente essa DLC tem de especial é o fator nostalgia: nela, você está na Nostromo com o elenco original do filme e pode escolher se quer jogar com Ripley, Dallas ou Parker. Como se já não bastasse poder jogar como um dos personagens originais, a Sega e a Creative Assembly conseguiram reunir o elenco original para fazer as vozes dos personagens na DLC (com exceção de Ian Holm, que interpretou Ash, que não estava disponível). Para fortalecer ainda mais esse elo game-filme, a DLC Crew Expendable retrata uma das cenas deletadas do filme original. Para quem é fã da saga, é um prato cheio. Mas a curta duração da DLC e a dificuldade amena mesmo no nível Hard são fatores que jogadores não-fãs da franquia vão achar bem ruins e, com certeza, verão como motivo para não comprá-la.

DLC Crew Expendable
Elenco original da Nostromo no game, com exceção de Kane,
que já havia morrido na DLC.

Alien: Isolation, último jogo da franquia, e é exatamente o que o primeiro filme é: um thriller de sobrevivência acima de qualquer coisa, feito da forma mais fiel possível a O Oitavo Passageiro. Depois de muita dor de cabeça sofrida por conta de Colonial Marines, a Sega parece ter aprendido a lição e fez uma obra de arte. Extremamente recomendado para fãs da franquia Alien e para fãs de stealth e survivor. Se você é um deles, ou ambos, não irá se arrepender. Agora peguem seus detectores de movimento e seus lança-chamas e Vão Jogar!

* Revisado em 13/01/2017 às 14:56:54

Alien: Isolation
Alien: Isolation

* * * * *  Título obrigatório para fãs dos filmes, Alien: Isolation coloca o jogador em situação semelhante à de Ripley em O Oitavo Passageiro: a de sobrevivência a qualquer custo. Visualmente, é o que mais fielmente reflete os filmes, se trata de survival com momentos escassos de combate, o que apela diretamente ao sentimento de desespero por parte do jogador. Épico.
Avaliado no PlayStation 3
(entenda o nosso sistema de notas)


Série: Alien
Estúdio: 
Plataformas: Linux, Mac, PlayStation 3, PlayStation 4, Windows, Xbox 360 e Xbox One
5

outras tags: PC

Compartilhe

Pin it


Leia também...



11 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de Cyber Woo
    Cyber Woo
    17/04/2015 às 08:44:02   localizacao Itu
    Eu adoro a franquia Aliens, até mesmo a bomba que foi o quarto filme, hahaha!

    Quanto ao jogo, sinceramente eu não sirvo pra esse tipo de jogo. Apesar de amar jogos stealth, o fato de ser caçado e ter um alien enorme pronto para me destroçar, me deixa nervoso, logo ele vai para o meu baú com Silent Hill.

    Eu detesto me assustar com jogos, sério, e me assustei assistindo a gameplays desse jogo, então já sei que não rola, hahaha!

    A análise esta muito rica em informação, dá gosto de ler, principalmente por ter sido escrita por quem conhece a franquia de filmes.

    Show de Bola @Angela!

    Responda!
  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    17/04/2015 às 08:56:37   localizacao Recife-Pe
    apenas digo que esse games era o que Aliens Colonial Marines deveria ter sido, onde só a primeira fase tem algo de suspense, o resto descambou para a ação. e a Ripley está Ó o/

    e ainda me falam que a Princesa Leia (vulgo Dona Florinda do espaço) é a icône nerd de desejo do Cinema.

    comprarei esse game, mas confesso que não estou com muita paciência para jogos stealth, ja me basta o Deus Ex na minha vida

    Responda!
  • avatar de Reginaldo
    Reginaldo
    17/04/2015 às 10:14:58   localizacao Minas Gerais
    Experimente jogar esse jogar na dificuldade máxima para você ver.Você mal abriu a porta e o alien já aparece atrás de você para te matar!

    Responda!
  • avatar de Daniel
    Daniel
    17/04/2015 às 16:48:58   localizacao SP
    Prefere esquecer logo o Alien vs Predator? É um dos mais inesquecíveis...

    Responda!
  • avatar de helisonbsb
    helisonbsb
    17/04/2015 às 21:31:11
    também sou fã da saga Alien,,,bons tempos de corujão quando via esses filmes do Alien!!!
    joguei muito a versão snes e Alien Ressurection (psx) é kabuloso jogar a noite ,,,aqueles túneis cheios de vultos,,,,alien trilogy foi outro clássico do psx no qual me aventurei,,,fora outras versões do jaguar, pc e a tão bem falada versão atual: alien isolation!!!! recomendo tanto a assistir Prometheus e alien o oitavo passageiro em seguida,,,e assim jogar os games que tanto nos atrai a esse universo alienigena!!!!! valeu

    Responda!
  • avatar de Felipe B. Barbosa
    Felipe B. Barbosa
    18/04/2015 às 11:17:55   localizacao Nova Odessa, SP
    Excelente!
    Não assisti e nem joguei nada relacionado à franquia, mas confesso que agora fiquei curioso e com vontade. Antes, vou começar pelos filmes.

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    18/04/2015 às 12:37:17   localizacao São Luís - MA
    @Cyber Woo

    Pow, no quarto filme, muita gente já era muito fã de Alien, então engolia esse sem problema algum, haha!

    Putz, e se você já se assustou com os vídeos de gameplays, então realmente é uma complicação. Mas acho que no Easy ou no Normal fica bem mais tranquilo. Eu tava assistindo um gameplay de um cara, numa parte exata onde eu estava travada no jogo (não por não saber pra onde ir, mas porque o Alien sempre me matava) e, tipo, no gameplay do carinha ele andava metros e metros de corredores e salas e NADA do Alien aparecer. Deu tempo de usar o save e tudo mais. Na minha jogatina, no mesmo lugar, o Alien praticamente não me dava brecha! Tive certeza que era pelo nível de dificuldade do jogo.

    Obrigada pelo elogio ao texto, valeu!

    @Leandro (Leon Belmont) The Devil Summoner

    Eu lembro que a Sega parece ter dito que Colonial Marines tinha uma história diretamente ligada aos filmes, que ia ter revelações impostantíssimas pro enredo da antologia e blábláblá, mas acho que foi tudo pra convencer a galera a comprar a merda que estava fazendo...

    Se não tiver muita paciência pro Stealth, sugiro: não jogue no Hard, MESMO! Jogue no Normal que deve ser algo bem mais justo, hehe

    @Reginaldo

    Cara, eu não sei se tenho coragem, no Hard esse Alien já me deu um trabalho maldito! Mas é lindo ver como ele é foda! :3

    @Daniel

    Assim, eu queria, sabe? Mas não dá pra esquecer. Eu amo muito a franquia Alien, também curto demais a franquia Predador... mas achei que juntar os dois foi apelação demais, além de ter alguns fatos que meio que distorcem algumas coisinhas de cada um dos universos. Então, prefiro ficar com as franquias originais e considerar Alien Vs. Predador como algo que não deve ser levado tão a sério, tipo Freddy Vs. Jason, haha!

    (Só lembrando, estou falando dos filmes aqui)

    @HelisonBSB

    Eita, sempre pegava o corujão também. Na verdade, já fazia algum tempo que eu não assistia o primeiro e resolvi assistir assim que terminei o jogo. PQP, meu cérebro explodiu, é uma experiência foda demais!

    Alien Resurrection sempre vai ser um dos meus favoritos!

    @Felipe B. Barbosa

    como assim nunca assistiu? Pega a quadrilogia Alien + Prometheus e Vão Assistir! Heheheh!

    Sério, assista os filmes. O primeiro é bem suspense e sci-fi mesmo, mas com a troca de Ridley Scott por James Cameron, a franquia virou praticamente um filme de ação a partir do segundo filme (Aliens). Ainda assim, vale a pena assistir a quadrilogia, não se esquecendo também de assistir Prometheus. Tente jogar Alien Isolation depois dos filmes e vai ver como tudo se relaciona e como o jogo é fiel. Sóóóó depoooois você pode considerar assistir Alien Vs. Predador, só por diversão mesmo. ^^

    Abraços a todos e obrigada pelos feedbacks e comentários! o/

    Responda!
  • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
    Rafael "Tchulanguero" Paes
    21/04/2015 às 19:09:21   localizacao Vespasiano - MG
    Eu gosto de Alien, mas confesso que não sou nenhum profundo conhecedor da série, aliás, já tem muitos anos que não assisto nenhum dos filmes, he he he.

    O jogo parece ser bacana, já havia escutado bastante sobre ele, mas pra variar, sem onde jogar, rzs.

    Mas poxa Angela, o Alien Vs Predador antigão para fliperama é um dos beat ’n’ up mais fodas que existem, foi feito pela Capcom, quando ela ainda manjava dessas coisas, depois dê uma olhada.

    Ótimo escrito! ;)

    @Cyber Woo

    O cara me é fã de Centopéia Humana, mas fica gritando que nem moça por causa de jogo... ninguém merece viu! hwa hwa hwa

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    24/04/2015 às 14:01:17   localizacao Fortaleza - CE
    Graças a quem?! Heim? Hehe!!
    Q bom q gostou do presente.. digo.. do jogo..

    Pouco antes do lançamento eu assisti a uma entrevista com a equipe de desenvolvimento e fui antecipado com algumas das informações q tu falou, por exemplo q questão da própria equipe de produção do filme ter disponibilizado muito material original para os desenvolvedores, por isso esse nível de fidelidade.. eles não podiam fazer feio né.. senão ia ter morte..

    Mas parece ser um jogo muito bom, apesar de eu não ser muito fã de Stealth.. aliás.. pra mim existem jogos Stealth e "Stealth".. sim, estou falando de Metal Gear.. pense num joguinho q me dá preguiça de jogar.. tô pra "migrar" pra série Splinter Cell pra ver qual é.. mas enfim, assunto pra outra hora também..

    Acho que esse daí é um título que vale a pena platinar, só pra ter o prazer de jogar mais e mais vezes!

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    28/04/2015 às 11:52:34   localizacao São Luís - MA
    @Tchula

    Quando falei do Alien Vs. Predador, eu tava me referindo aos filmes e não aos jogos. Apesar de que só esse que você mencionou é que se salva, huehuehue

    Thanks!

    @Rafael Alencar

    Graças a tu! Eu não mencionei nada porque tu disse que era pra deixar quieto, mas enfim... ♥

    E eles não fizeram feio mesmo. O jogo é lindíssimo e digno de elogios de qualquer fã. E aqui nós temos um stealth de verdade, não aquelas porcarias de MGS que enche o saco e tem meia hora de cutscene, haha!

    Falando em Splinter Cell, comprei o Blacklist. Vou ver depois qual é a dele, mas já me disseram que é muito foda!

    ♥

    Responda!
  • avatar de Rafael Alencar
    Rafael Alencar
    29/04/2015 às 13:21:56   localizacao Fortaleza - CE
    (Agora) pode falar @Angela.. Haha!!

    Depois eu vou aí jogar Alien e Splinter Cell contigo um pouquinho! =P

    Cheiro! ♥

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé