logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Papo Livre

Como Você Conheceu Aquele Seu Jogo Favorito?

Pois nem sempre o jogo vem e diz na sua cara: "Eu sou fantástico!".

autor João Roberto   datahora 08/04/2016 às 15:15:25   tagarelices 15

Pois nem sempre o jogo vem e diz na sua cara: "Eu sou fantástico!".


Todo jogador tem aquele game favorito que, sempre que pode, dá uma nova jogadinha, nem que seja para ouvir a música tema, ou apenas ver a abertura. Mas como você conheceu esse título? Você acompanhou notícias durante sua produção? Leu sobre ele em algum site ou revista? Um amigo indicou? Com certeza alguma dessas situações aconteceu com você, certo?

A maioria de nós, ávidos gamers, viveu a era de ouro dos anos 1980/1990, em que títulos pipocavam e tornavam-se clássicos instantâneos, como Mario, Sonic e Castlevania. Mas, nessa época, para conhecermos algum jogo novo, não tínhamos a internet, que nos inunda de notícias e imagens sobre algum jogo em produção, onde é comum conhecermos detalhes mil sobre o que está em desenvolvimento muito antes do lançamento. Voltando no tempo, no século passado dependíamos muito de revistas e das locadoras, locais em que acabávamos escolhendo algum jogo novo para alugar e que o proprietário, tentando fazer seu investimento gerar o retorno necessário, nos indicava como sendo um "bom lançamento que todo mundo está alugando".

Comigo não foi diferente e, pensando justamente nisso, listei 5 dos meus jogos favoritos de todos os tempos e conto como eu os conheci. Então, sente-se, pegue um copo e me acompanhe...
 
Sonic - The Hedgehog 2 (Mega drive)

Sonic: The Hedgehog 2

Era por volta de 1994 e eu ainda tinha um Atari 2600, mas este já não supria minhas necessidades "gamísticas". Certo dia, um amigo me chamou para ir jogar na casa dele e me mostrou dois cartuchos: Sonic The Hedgehog 2 e Street Fighter 2. Eu nunca tinha visto o jogo do ouriço, mas já conhecia, de vista, Ryu e Ken, então pedi para jogar o jogo de luta. Como nunca tinha jogado, apenas visto, logicamente apanhei feito um condenado, mas confesso que fiquei impressionado. Mas nesta primeira incursão no mundo dos 16-bits, a mãe deste amigo entrou na sala e disse para pararmos de jogar, pois "era a vez dela de jogar Sonic"...

Eu fiquei maravilhado com aquele colorido, aquela velocidade e, por causa do Sonic, eu nunca mais consegui ligar meu velho Atari de guerra. E nasceu ali o "João Roberto Seguista". Nos dias que se seguiram eu voltava lá apenas para ver a mãe desse amigo jogando, mesmo que eu nem encostasse no controle. E ela xingava e esbravejava apenas por não conseguir todas as emeralds para "virar o Sonic amarelo". E eu me perguntava: "Como assim?".

Certo dia, ela finalmente conseguiu fazer o ouriço se tornar o "Super Sonic" e eu achei simplesmente fantástico. Sem palavras. Demorou para eu ter um Mega Drive e poder jogar na minha própria casa.

Um fato interessante foi que, um dia, eu estava vendo ela jogar e minhas mãos estavam coçando para também jogar. Ai eu peguei o controle dois e vi que podia controlar o Tails. Era a fase "Oil Ocean", eu sai correndo com o Tails até sumir da tela, então ouvimos o barulho daquelas plataformas quando eles passam e ela virou para mim e disse: "Você viu o que você fez? Quem mandou mexer nesse controle?". E nos expulsou da sala (embora eu não tenha transcrito os palavrões que ela me disse).
 
Super Mario 64 (Nintendo 64)

Super Mario 64

Na época do Mega Drive / Super Nintendo eu já conhecia Super Mario World, mas eu o comparava ao ouriço da Sega e achava o jogo do bigodudo muito chato, lento e sem cores (O propósito das campanhas da Sega of America tinha funcionado comigo, mesmo que nunca as tenha visto), portanto, nunca havia me interessado por ele.

Já era o ano de 2002 ou 2003 e eu tinha um PlayStation, até que um conhecido me falou de uma pessoa que queria trocar um Nintendo 64 no meu aparelho. Eu fiz uma graça, tentando valorizar meu PlayStation e ele me ofereceu, junto com o Nintendo 64, um Super Nintendo. Na época eu já tinha um Super Nes, mas aceitei, pois poderia dar um deles para minha esposa, à época, namorada. Meu Nintendo 64 era aquele roxo (chamado de Uva, se não me engano) e veio com 2 jogos: FIFA 64 e Super Mario 64. Como jogava insanamente o Winning Eleven, pensei: "Beleza! Um jogo de futebol!". Mas minha decepção foi gigantesca, pois FIFA 64, sem medo de errar, é "o pior jogo de futebol de todos os tempos!".

Sem ter o que jogar, e ainda com a impressão do Super Mario World, liguei o Super Mario 64 pensando: "Nah! Vou jogar e amanhã vou na locadora comprar outro jogo!". Mas já na tela título, aquela cabeça enorme do Mario, o jogo me ganhou. Joguei insanamente, sempre com um sorriso no rosto, terminei em poucos dias e tornei a jogá-lo e hoje, sem dúvida, Super Mario 64 é o meu jogo favorito de todos os tempos!

E, como há muito não tinha notícias da Sega, o Dreamcast já tinha morrido e, ao passo que mais e mais eu entrava no mundo dos jogos Nintendo, deixei Sega virei a casaca e acabei me tornando o Nintendista que sou hoje...
 
Goldeneye 007 (Nintendo 64)

Golden Eye
Puxa, pessoal! Eu nem era o 007 nessa época...

Quando eu tinha meu primeiro SNES, um amigo que tinha um PlayStation me chamou para ir ao centro comprar jogos. Aqui na minha cidade o point era ir ao terminal urbano, onde centenas de gamers encontravam os melhores jogos Jack Sparrow que a indústria tinha a oferecer. E esse amigo procurava, procurava e não encontrava um jogo específico. Fomos, então, à uma locadora e ele pediu ao filho do dono, um rapaz da nossa idade, o bendito jogo e ele, o filho do dono, começou a rir do meu amigo. Na época eu não entendi, mas ele ria, pois meu amigo queria o jogo Goldeneye 007 para o PlayStation. "É só pro meia-quatro!". Meu amigo ficou bravo e, muito contrariado, foi embora. No caminho ele jurava que tinha visto em alguma revista que tinha Goldeneye 007 para o PlayStation, mas como eu estava totalmente por fora dos games, não entendi, nem consegui argumentar.

No caminho para casa ele justificava: "Nesse 007 você acerta um mosquito! O controle é perfeito! Se você atira na perna, ele sente a dor na perna! Se você atira no braço, ele sente a dor no braço!". Eu não tinha noção do que ele estava falando, afinal, eu estava acostumado ao Contra 3 ou Doomtroopers, que não tinham nenhum compromisso com essa realidade, e nem podiam, mas fiquei imaginando como seria este título.

Tempos depois, quando consegui meu primeiro Nintendo 64, o primeiro jogo que comprei foi justamente Goldeneye 007. E o jogo entregou mais do que eu imaginava, tanto que joguei muito! Hoje jogo Halo e Battlefield, mas nunca senti o mesmo impacto que o jogo do agente com licença para matar me proporcionou (Apesar do final "+ ou -").
 
The Walking Dead - Season 1 (Multiplataforma)

The Walking Dead

Eu sou leitor de quadrinhos desde 1998, quando um amigo me mostrou sua coleção de quadrinhos da Marvel. A primeira revista que li foi Wolverine 54, a primeira edição depois que o vilão Magneto retirou o adamantium de seus ossos através de seus poros. Isso foi o bastante para eu ficar fascinado por este universo, tanto que eu nem dava tanta importância aos videogames. In fact, eu preferia os quadrinhos aos videogames. Mas o tempo passou e meu interesse pelos quadrinhos diminuiu até o ponto de eu me desfazer de quase toda minha coleção (que chegou a ter mais de 1500 títulos e hoje tenho pouco menos de 200), e comecei a me interessar muito mais pelos games.

Certa vez, conversando com esse amigo que me apresentou a revista do Wolverine, já em 2009 ou 2010, perguntando sobre se ele ainda lia quadrinhos, ele me respondeu que seguia apenas dois títulos: Kickass e The Walking Dead. Como eu tinha gostado do primeiro filme do Kickass e nunca me interessei pelo universo zumbi, desdenhei The Walking Dead. Na verdade, eu achava que o tema zumbi já tinha dado tudo o que tinha que dar e o filme Madrugada dos Mortos era o que de definitivo havia sobre esse tema para mim. Algum tempo depois tive a oportunidade de ler Zumbis Marvel, minissérie sensacional escrita justamente por Robert Kirkman, o criador de The Walking Dead  e que recebeu muitos prêmios. Isso me fez ficar interessado em The Walking Dead, mas como não havia revista em banca na época, eu só podia acompanhar via internet, o que não era tão legal. Parei.

Mas eis que foi lançado The Walking Dead - A Telltale Series, que "abocanhou" prêmios e mais prêmios e certo dia li um texto em que o Gamer Caduco elogiava muito o jogo e decidi jogar. Baixei e joguei no PC. O jogo me impressionou, possivelmente uma das melhores coisas que já joguei, embora tenha sido enganado por aquele sistema de escolhas que, na verdade muda muito pouca coisa, mas conta uma história incrível.

Tempos depois, já com meu Xbox 360, comprei a primeira e segunda temporada através da Live, além de outros títulos da própria Telltale.  
 
​Need For Speed Underground (Multiplataforma)

Need For Speed Underground 2

Em meados dos anos 2000 um filme fez a cabeça de todos que gostam de carros: Velozes e Furiosos. E eu fiquei viciado nesse filme, assistindo-o diversas vezes. Fora que o filme tinha o meu carro favorito de todos: Toyota Supra.

No filme vemos um policial infiltrado em uma quadrilha que utiliza carros tunados, recheado com cenas de ação incríveis em roubos que ninguém dava a mínima, afinal, o que queríamos ver era justamente os carros. E tudo acompanhado por músicas que, apesar de eu ter crescido ouvindo Sepultura, Metallica e Raul Seixas, faziam muito sentido e, dentro da película, soavam agradáveis.

Mas eis que um dia um conhecido chega no trabalho e me dá uma cópia para PC do primeiro Need For Speed Underground dizendo: "Joga! É o jogo do Velozes e Furiosos!".

Nessa época eu tinha me desfeito de todos os meus aparelhos e decidido jogar apenas emuladores e jogos para PC. E o jogo era incrível. Eu joguei insanamente e terminei bem na época que fui ao já citado Terminal Urbano e comprei Need For Speed Underground 2, que superou tudo o que o primeiro tinha apresentado. Logo depois, minha esposa me presenteou com um carro de controle remoto, um Nissan 350Z, que tenho até hoje. Eu me sentia participando do filme, tanto que ainda hoje acabo trocando o nome do filme dizendo que vou assistir "Need for Speed Underground". Até então, meu jogo favorito da franquia era Need for Speed 2, ainda do Playstation, mas que nem me lembro mais dele...

Joguei outros títulos da franquia, mas nunca mais me diverti tanto com a série como nos episódios Underground.

Vale dizer que, quando comprei meu GameCube, Need for Speed Underground foi o segundo jogo que comprei para ele, via ML...
 
Enfim...

Este texto não teve a intenção de debruçar sobre algum jogo em termos de detalhes e história, mas de falar de como eu conheci alguns dos meus títulos favoritos, tanto que deixei de lado jogos como Shenmue, que conheci via revista Gamers, ou Halo, que conheci por meio da Internet.

E vocês? Como conheceram aqueles seus jogos favoritos? Juntem-se a nós e contem como foi. Depois disso, voltem, peguem seus controles e Vão Jogar!

outras tags: The Walking Dead: The Telltale Series - Season 1, Mario (Série), Sonic (Série) e The Walking Dead: The Telltale Series (Série)

Compartilhe

Pin it


Leia também...



15 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    08/04/2016 às 16:34:02   localizacao Recife-Pe
    Eu não lembro de muitas histórias de jogos. Só lembro da vez do Double Dragon, onde a galera da rua somente conhecia a versão do neo geo, que era um game de luta. Quando chegou o super Double Dragon para o SNES na locadora do meu bairro, a fita foi a mais jogada por uma semana inteira. Somente tempos depois soube que o game era originalmente um briga de rua e não um game de luta.

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      21/04/2016 às 20:51:32   localizacao Apucarana - PR
      Fala, Leandro. Beleza?

      Double Dragon eu joguei em algum clone do Nintendinho primeiro, mas eu nunca pude jogar esse do Neo Geo. Aliás, eu nunca joguei nada em um Neo Geo, o que é uma tristeza...

      Valeu!

    Responda!
  • avatar de Marvox
    Marvox
    08/04/2016 às 17:03:21   localizacao São Paulo/SP
    Lembrar dessas coisas é muito louco, a maioria dos jogos de Master, Nes, Mega e Snes eu pude conhecer dentro das gamelocadoras e outros lendo as revistas de videogame, acho muito legal lembrar dessas coisas, eu não sei como mas minha cabeça consegue guardar bem o primeiro contato com cada jogo e listando os 5 jogos os meus seriam:

    Alex Kidd in Miracle World: Conheci numa propaganda da TV que apresentava o Master System II.

    Kid Chameleon: foi dentro da locadora quando vi um moleque jogando.

    Doom: na casa de um amigo, fui chamar para jogar bola e no fim ficamos jogando Doom a tarde toda.

    Super Mario World: Na revista Videogame onde na capa tem escrito Super Mario 4.

    Max Payne: um amigo de colégio havia me falado dele, depois conheci mais por uma reportagem numa revista de videogame.

    Essa época era legal, ao ir na casa dos amigos ou na locadora eu mal sabia o que me esperava, de repente uma novidade que nunca mais deixei de jogar.

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      21/04/2016 às 20:55:47   localizacao Apucarana - PR
      Fala, Marvox. Tudo certo?

      Durante muito tempo aconteceu o mesmo comigo, já que eu conhecia os jogos pelas locadoras ou revistas. Aliás, as revistas, durante muito tempo, foram o único meio que eu tinha para conhecer jogos novos que eu acabava nem jogando por não ter um console em casa. Triste, muito triste...

      Esse negócio de jogar com os amigos era legal porque sempre alguém aparecia com um jogo que eu não sabia que existia. Puxa, boas lembranças...

    Responda!
  • avatar de cebolasasina
    cebolasasina
    08/04/2016 às 18:50:34
    Lembro de como conheci um dos meus jogos favoritos:

    Resident Evil 2:Já tinha jogado o 4 no meu PS2 e vi uma reportagem na Mundo Estranho sobre jogos e seus filmes o RE3.Quando entrei no site para ver mais desse jogo,vi sobre o RE2 e resolvi procurar a ROM.Foi amor a primeira cutscene

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      21/04/2016 às 20:58:43   localizacao Apucarana - PR
      Fala, Cebola!

      Resident Evil 2 é um dos meus jogos favoritos e até hoje ainda jogo!! Grandes lembranças!

      Valeu!

    Responda!
  • avatar de helisonbsb
    helisonbsb
    09/04/2016 às 22:48:34
    graças as locadoras conheci os clássicos do nes, snes e do poderoso mega drive da época: sonic, super mario world, ninja gaiden e logo depois o neo geo!!!! bons tempos,,,mas o que me deixou impressionado mesmo foi quando eu vid earnest evans do mega cd.... personagens falando e se movendo igual a anime,,,,fiquei impressionado,,,foi quando eu vi um cd com jogo armazenado,,,,virei fã da sega na hora!!!! e o clássico phantasmagoria da Sierra me fez ficar apaixonado por jogos de pc,,,, no playstation a trilogia resident evil me cativou muito,,,até hoje jogo RE3 nemesis,,,,o fato é que playstation e sega saturn foram grandes rivais da época,,,e isso deixou boas lembranças,,,,é dificil ter jogo preferido hoje em dia,,,,a evolução ta aí e de vez em quando eu não acompanho essa evolução,,,volto aos clássicos!!! bons tempos!!!

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      21/04/2016 às 21:03:45   localizacao Apucarana - PR
      É bem verdade isso. Hoje em dia temos grandes jogos, mas nada que me faça jogar e rejogar como Resident Evil 2, Starfox ou Sonic 2. Aliás, jogos de Xbox 360 normalmente eu jogo até o fim e nem quero mais saber dele depois, ao contrário dos clássicos, que jogo até hoje, seja por console ou emulador.

      Agora, engraçado é que eu já zerei RE2 e RE4 tantas vezes, mas nunca terminei RE3... vai entender :P

      Valeu!

      T+

    Responda!
  • avatar de Ulisses 8Bit
    Ulisses 8Bit
    11/04/2016 às 22:39:46   localizacao Curitiba - PR
    Meus jogos favoritos são uma nuvem de títulos que a todo momento muda de forma. Tem os manjados e consagrados que insistem no coração da gente mas tem muito jogo diferente entrando em nossas listas.
    Acho que é mais fácil eu falar como eu conheci alguns clássicos do que apontar favoritos diretamente.
    A primeira vez que joguei Streets of Rage foi graças a um amigo que ganhou um Mega Drive no bairro onde todos estavam discutindo se seu console tinha ou não tinha entrada para jogos japoneses Nintendo 60 pinos. Claro que sendo o único ser humano a ter um mega onde todos tinham clones de NES, o cara virou um mito. Pelo menos até o primeiro dono de Super Nintendo aparecer tempos depois. :)

    • avatar de helisonbsb
      helisonbsb
      12/04/2016 às 20:56:43
      lembro de jogar streets of rage pela primeira vez na época de páscoa em uma locadora de Brasília...ganhei chocolate da locadora e tinha um cara com a camisa do ramones jogando também,,,bons tempos aqueles,,,,, streets of rage tem belas músicas,,,saudades!!!! bons tempos da sega!
    • avatar de Ulisses 8Bit
      Ulisses 8Bit
      12/04/2016 às 22:14:15   localizacao Curitiba - PR
      hahuahahua que história legal cara!
      Locadora, Ramones e chocolate.
      Streets of Rage sempre em nossos corações!
    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      21/04/2016 às 21:13:20   localizacao Apucarana - PR
      @ Ulisses 8Bit

      Aqui aconteceu algo parecido. Na época o pessoal daqui se dividia entre os que tinham Snes e Mega Drive e os (poucos) que tinham o Playstation. Aí apareceu um cara que tinha um Nintendo 64 e todo mundo achou muito estranho ele "remar contra a maré".

      @ helisonbsb

      Puxa, lembrei de mais uma...

      A primeira vez que joguei Ultimate Mortal Kombat 3 foi quando alguns parentes vieram em casa, também na época da páscoa, e um primo trouxe o Snes dele com o jogo e nós jogamos em plena Sexta-feira santa. Na época minha mãe ficou louca. Lembro que ela entrava toda hora no quarto e dizia "vocês não preferem jogar futebol?" :P


      Valeu, pessoal. Desculpa a demora para comentar...


      T+

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    27/04/2016 às 08:31:21   localizacao SP
    Rapaz, achei genial a ideia de contar histórias sobre favoritos nossos, isso deveria virar um Meme anual da "blogosfera gamística". Vamos convencer o Tchulanguero a comandar esta ideia, já que surgiu no site dele! kkkk
    A sua história de Sonic 2 é muito boa, eu lembro de vc já ter comentado sobre a mãe do amigo viciada! Eu conheci o jogo através de revista, lembro da Supergame anunciando como "BOMBA!" o jogo, até mencionei isso no post que fiz sobre o jogo (desculpa a propaganda... kkk).
    Nunca joguei FIFA 64, mas vou passar longe dele. Faz sentido ser ruim, em 1964 o futebol não era como nos dias de hj e a tecnologia não era nada avançada (URGH!)...
    Super Mario 64 conheci na casa de um amigo que tinha o console, junto com ISS64 (esse sim um baita jogo de futebol). Este é um dos poucos jogos do bigode que não consigo gostar, mas a culpa é toda minha, eu assumo... rs
    Goldeneye também conheci no mesmo console do mesmo amigo na mesma casa. E fazia de tudo pra NÃO jogar! Eu e minha birra de jogos de tiro... rs.
    Eita bexiga, agora que vi, fui mencionado no texto! \o/
    Mania de escrever o comentário enquanto leio, daí acontece essas coisas... kkk... já tava quase contando minha história com o jogo, mas vc já sabe pô! huahuahuauh! Valeu pela menção! :D
    É triste as escolhas não mudarem tanto a história, apenas parte meio superficial dela, mas eu gostei bastante da experiência e vi que vc curtiu tb.
    Nas últimas semanas joguei outro de escolhas que curti bastante e a Ângela falou dele no Meme do fim do ano passado (o que me instigou ainda mais pra jogar): Spec Ops: The Line. Recomendo, viu? Vc não fica totalmente ciente de todas escolhas que está fazendo, fora que elas são feitas com ação e não com aperte A ou B, qualquer coisa assim. Acho que vc vai curtir.
    Não vou falar de TNFS:U pq eu não gosto também... kkkkk... gostava dos NFS da época que dava pra fazer as curvas ralando no guard-rail, o Underground achava simulação demais, saca? Pior que hj em dia soa até ridículo falar isso.
    Faça mais posts assim de histórias, eu acho bem bacana!
    Este ficou ótimo!
    Valeu João!

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      28/04/2016 às 03:56:01   localizacao Vespasiano - MG
      Cara, já teve o "Como virei fã de...", foi algo assim, rzs. E eu não to comandando nada, só mando em casa porque moro sozinho, e olhe lá, hwa hwa hwa.
    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      06/05/2016 às 21:24:58   localizacao Apucarana - PR
      Fala, Cadu. Beleza?

      Vou fazer como você e responder ao mesmo tempo que leio seu comentário :P

      - Puxa, valeu. Seria meu texto um remake do "como virei fã de... ?"

      - Eu tinha essa revista do "Bomba"!, saudades...

      - Passe longe do FIFA 64. Nem no emulador 1964 ele presta... :P

      - Super Mario 64? Puxa... É o número 1 do meu Top 10 dos melhores jogos que já joguei na vida!

      - Foi citado mesmo, rsrs. Eu leio todos os seus textos, só não consigo comentar. Não sei porquê...

      - Um amigo já me indicou Spec Ops... Está na minha lista.

      - Need for Speed, para mim, perdeu a mão (ou a roda... uia!) faz tempo...

      Consegui!

      Valeu, fi!

      T+

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé