logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! Papo LivreMortal Kombat (Série)

Eu Não Gosto Do Kombate Mortal

E ainda acho um jogo chato pra caramba!

autor João Roberto   datahora 03/06/2016 às 17:57:23   tagarelices 19

E ainda acho um jogo chato pra caramba!


Nos idos dos anos 1990 praticamente todo mundo só pensava em um gênero: os Fighting Games, uma febre encabeçada pelo jogo Street Fighter II. Mas, em meio a uma turba que se amontoava nos arcades para trocar Hadoukens e Shoryukens, outro game chegou abalando: Mortal Kombat.

Mortal Kombat Logo

Enquanto Street Fighter II trazia lutadores cartunescos, Mortal Kombat apresentava personagens digitalizados que, à época, assemelhavam-se e muito com pessoas reais, embora eu o achasse muito parecido com Pit Fighter, jogo que um garoto da rua tinha.

Pit Fighter
Lindo, não?

Certo dia, um colega da minha classe chegou falando "Cara! Joguei um jogo que dá pra arrancar o coração das pessoas! E tem sangue pra caramba!". Fiquei imaginando como seria e, após a aula, fui à casa dele, onde jogamos o primeiro Mortal Kombat. Achei interessante, mas ainda preferia os Lutadores de rua. Isso já era metade da década e eu vibrava assistindo Street Fighter II, anime que passava aos sábados no SBT e que fazia muito sucesso.

Vários títulos surgiam, alguns ótimos, outros muito ruins, mas chegou o dia em que dei uma chance à serie Mortal. Eu passava em frente à uma loja e vi uma TV (que na época parecia) enorme e um Super Nintendo estava ligado com o jogo Ultimate Mortal Kombat 3. Aquilo parecia muito realEu já tinha jogado o terceiro jogo da série, mas apenas o multiplayer. Meus pais costumavam sair todos os domingos e, como eu não tinha um console na época, um amigo levava seu Mega Drive e com ele 5 ou 10 pessoas. Minha mãe odiava que eu ligasse qualquer videogame na TV da sala e ela nunca permitiria aquilo, mas como não tínhamos um carro naquela época, era fácil calcular quanto tempo meus pais permaneceriam fora de casa e poderíamos jogar tranquilos. Mas eu não contava que eles retornariam mais cedo uma vez. Nós, uns 8 ou 10 meninos espalhados na sala, jogando Mortal Kombat 3  e bebendo Cherry Coke (alguém lembra desse refrigerante?) fomos surpreendidos pelos meus pais que expulsaram todos aos gritos e eu fiquei de castigo. Hoje lembro e dou muitas risadas...

Cherry Coke
O refrigerante animal

Mas eis que eu já tinha um Super Nintendo e o jogo Ultimate Mortal Kombat 3. Eu queria mesmo um Super Street Fighter II, jogo que disputa minha preferência com Street Fighter Zero 2, mas me confortei com UMK3. Eu quase não o jogava, mas um dia um amigo veio em casa e começou a fazer os Brutalities. Isso mudou minha ideia sobre o jogo. Comecei a jogar apenas para fazer os Brutalities, que era uma maneira muito mais eficaz e legal de humilhar o adversário. Passei, então, a descobrir as sequências de cada lutador. Eu não usava revista, jogava sozinho com dois controles e, quando a tela anunciava Finish Him, começava a apertar os botões. Y, X, A... até descobrir a sequência completa. Se me lembro bem, cada lutador tinha uma sequência de 11 botões, fora 2, que não lembro quais, cuja sequência era de 13 botões. Levando em consideração o enorme número de lutadores e as tentativas frustradas, dá pra imaginar quanto tempo levei até descobrir (e decorar) os Brutalities de todos os Kombatentes.

Foi então que comecei a treinar com Smoke, meu lutador preferido à época, e gravava meus gameplays em um videocassete para mostrar aos meus colegas. Nunca fui bom com os outros lutadores, mas sempre mandei bem com o Smoke. Pena que não tenho mais essas gravações...

Mas, depois de um tempo, aquilo já não me alegrava e o jogo acabou por mostrar toda sua superficialidade e o abandonei.

Scorpion Vs Sub-Zero

 
E assim veio Mortal Kombat 9...

Quando Mortal Kombat 9 foi lançado, achei interessante a premissa, trazer de volta os lutadores conhecidos com novos gráficos e uma reimaginação da história original. Embora nunca tenha gostado de verdade da série, e aqui posso elencar os motivos, mas o principal é aquele maldito controle, lutadores travados e combos ridículos. E sim, comparo com os combos de The King of Fighters ou Killer Instinct. Se são combos, tenho que compará-los... Mas eu gostava da história, cheia de mundos externos e lutas entre deuses. Mal comparando, uma luta entre Deus e o diabo, com os humanos se arrebentando no meio da rua. O velho "bem contra o mal"...

Então, bem depois do lançamento, comprei MK9. De fato, o jogo ficou bacana, com bons gráficos e as versões travestis (sem preconceito) de Sonya, Kitana e demais mulheres. Acontece que, depois de jogar bastante, percebi que o jogo continua tão ruim quanto antes e o que lhe dá destaque são os golpes "raio X", esses sim, interessantes, mas cansativos depois de um tempo.

Mileena
Ahhh! Como aquele João Roberto se atreve a dizer isso?!

Então...

Mortal kombat é uma série supervalorizada, com dezenas de jogos ruins, alguns piores, outros menos piores (sic), mas o fato é que faz muito sucesso e, como temos a edição X, vai durar ainda mais tempo. Mas como gosto é como rosto, e cada um tem o seu, o game agrada muitos jogadores. Pena que não a mim.

Mas não importa quais sejam seus jogos favoritos, apenas escolham um, peguem seus controles e Vão Jogar!

outras tags: Street Fighter (Série)

Compartilhe

Pin it


Leia também...



19 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de Angelo ( do Filopoisquilo)
    Angelo ( do Filopoisquilo)
    03/06/2016 às 18:54:39   localizacao Fortaleza/CE
    Também não curto MKombat por que sempre ahcei que ele so se sobressaiu pelo gore, além de que sempre curti mais Street Fighter mesmo. Não acho que Mkombat seja ruim, nenhum pouco, só não faz o meu estilo.

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      04/06/2016 às 00:08:21   localizacao Apucarana - PR
      Fala, Angelo! Beleza?

      Cara, Street É e sempre será a melhor!!

      Teve época que eu consegui jogar MK, mas hoje não consigo...

      Digamos que a série "teve seus bons momentos"!

      Valeu, fi!

      T+

    Responda!
  • avatar de thr2e
    thr2e
    03/06/2016 às 19:04:34   localizacao Campos do Jordão
    Belas colocações, quando vi o Mortal Kombat 9 fui experimentar esperando algo mais fluido na movimentação dos personagens, mas não ele e o X são cópias grotescas do UMK3.
    Gosto para caramba de jogos de luta, meu acervo conta com uma porrada de titulos, mas MK consegue com seus vários titulos ocupar quase o fim da tabela, começaram mais ou menos, tornaram o titulo bom, desandaram e jogaram no fundo do poço, tentaram revigorar uma formula da década de 90 e criaram um jogo igual exceto pela engine, reformulação da história e Raio X. O MK X é um jogo que no meu ponto de vista é um Injustice 2, jogabilidade horrível, conseguiu destruir a história que foi até bem construída no 9 e continua com aqueles personagens travados sem nenhum tipo de carisma.

    Mas como bem disse:
    N"ão importa quais sejam seus jogos favoritos, apenas escolham um, peguem seus controles e Vão Jogar!"

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      04/06/2016 às 00:15:37   localizacao Apucarana - PR
      Fala, thr2e! Beleza?

      "Belas colocações, quando vi o Mortal Kombat 9 fui experimentar esperando algo mais fluido na movimentação dos personagens, mas não ele e o X são cópias grotescas do UMK3."

      Eu pensava a mesma coisa, ainda mais se trabando d geração PS3/X360, mas...

      Nos anos 1990 MK tinha fama, mas o jogo chamava mais atenção por causa do toque a mais de violência e tal. (minha opinião, claro). Se compará-lo à fluidez de The King of Fighters, por exemplo, não dá.

      Acredito que o marketing feito em cima dele também ajudou. Teve filmes, desenhos e gibis bem bacanas... e não esqueçamos dos políticos e pais querendo impedir os jogadores de porem suas mãos no game. Tudo isso ajudou o game a se popularizar, mas não acho que a série foi piorando com o tempo, a gente é que percebeu quão ruim a série é muito tarde...

      Valeu, fi!

      T+

    Responda!
  • avatar de Paulo Aquino
    Paulo Aquino
    03/06/2016 às 22:47:50   localizacao São Paulo - SP
    Eu tenho lá a minha experiência (até certo ponto agradável) com Mortal Kombat.

    Eu joguei os primeiros jogos.

    Eu assisti os primeiros filmes.

    Eu tenho o CD das músicas do primeiro filme (e algumas delas no meu celu, destaque para Zero Signal, do Fear Factory, uma música que eu acho bem animal.

    Eu assistia o desenho de MK (que infelizmente só durou uns nove episódios).

    O último MK que encarei foi um que eu tenho até hoje, e hoje seria algo "meh", o MK Armageddon, de Playstation 2.

    Hoje, não sei se eu encarava esses MKs de agora...

    Agora, eu queria tocar num outro ponto, vou "levantar uma bola" (e espero não ser só uma "ligação direta", entendedores entenderão).
    E logo de cara um aviso: o restante deste post é proibido para "feministazinhas tapadas".

    Por um lado, MK me apresentou Sonya Blade. Foi a segunda (a minha primeira foi Tyris-Flare do Golden Axe) gostosa do videogame pra quem eu já "descasquei". Aquele traje feminino de academia (por que os de agora mudaram tanto?)...
    Claro que se trata de uma moça cabeça-dura, esquentada, MUITO americana, até se dá bem com brasileiro... ...MAS ODEIA ISLAMITAS (e imaginem só em quem ela votaria...)!!

    E a série ficou reconhecida, dentre outras coisas, por um fator adicional: pra uma garota aparecer por lá, tem que ser uma seminua (mesmo sendo uma nojenta mau-caráter escrota que quer destronar o FDP do Shao Kahn).

    Mas aí, do Deadly Alliance pra frente (xiiiiiii...), em meio àquele monte de personagem apagado, pinta um caso em particular.
    Ashrah.
    Eu até acho essa moça legal. E o diferencial dela?
    - usa poderes de luz
    - é uma vestida.
    Isso mesmo, uma VESTIDA!

    O que acabou acontecendo que Ashrah apareceu por último em MK Armageddon? FOI VARRIDA PRA DEBAIXO DO TAPETE!
    "Aleatória", "peixe fora d’água", foi ser uma "vestida" em uma franquia de "seminuas"... ...Talvez ela ficasse melhor em qualquer outro jogo que não Mortal Kombat.

    Bom... ...Sobre o bagulho todo dos combos... ...Parece que meu tempo de rato de fliperama já vai longe, atualmente eu jogo mais nos meus emuladores para tablet.
    Depois eu me preocupo mais em vencer minhas lutas (o método é o de menos).
    E outra... ...Tá pensando que cê tá na EVO, é??...

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      03/06/2016 às 22:56:37   localizacao Vespasiano - MG
      Querido, deixe suas ofensas a mulheres ou qualquer outro grupo de fora dos seus comentários, senão ganha bloqueio, ok?
    • avatar de Paulo Aquino
      Paulo Aquino
      03/06/2016 às 23:09:45   localizacao São Paulo - SP
      Desculpa, me exaltei...
    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      04/06/2016 às 00:20:11   localizacao Apucarana - PR
      Para mim, Mortal Kombat vai só até o Ultimate MK3. Nem do Trilogy eu gostei, mas esse muito por causa dos loadings do PS1...

      Valeu!

      T+
    • avatar de Paulo Aquino
      Paulo Aquino
      04/06/2016 às 01:06:58   localizacao São Paulo - SP
      Eu podia (a não ser que eu esteja sujeito a alguma coisa) citar quais MKs eu não encarava de jeito nenhum:
      - Special Forces
      - MK vs DC Universe
      - Tournament Edition (o Ultimate de GBA)

      Más encarei os dois (isso mesmo) "Deadly Alliance" de GBA. Um exatamente com esse nome, e o outro como MK Advance.
      Podem me sacanear por isso! Vai!
    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      04/06/2016 às 05:35:46   localizacao Apucarana - PR
      kkkkkkkkkkkk
      MK Advance é muita coragem, admito!

      Se você jogou mais do que 10 minutos merece meu respeito! kkkkkkkk

      Putz, Special Forces? Pensando bem... kkkkkkkkkk

    Responda!
  • avatar de Kratos Vudu
    Kratos Vudu
    03/06/2016 às 23:34:00   localizacao Fortaleza - CE
    Rapaz, João.. se a gente tivesse combinado de fazer isso juntos não teria dado certo! Cara, eu fiz EXATAMENTE a mesma coisa: aprendi todos o brutalities sozinho, botão por botão! E sim, também gravava os gameplays em VHS! Cara, q tempo bom q não volta...

    Enfim.. MK teve uma leva de jogo ruim mesmo, passou por uma fase "dark" até voltar com o MK9, q gostando ou não, reergueu sim a série..

    Se algum dia estiver disposto, experimenta o Shaolin Monks, caso ainda não tenha jogado..

    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      04/06/2016 às 00:03:32   localizacao Apucarana - PR
      Fala, Vudu! Beleza?

      Cara, sério? Era demais fazer isso não é? Eu ficava horas na base da tentativa-e-erro, mas quando ia jogar já estava com tudo decorado. Eu lembro de alguns até hoje...

      Essa do gameplay também? kkkkkkk

      Cara, e tudo começou com um colega meu que disse que era impossível gravar o Snes no videocassete. Então eu fiz questão de gravar e chamá-lo com outros colegas nossos só pra falar: "Não te disse?!"

      Depois disso comecei a gavar as aberturas dos jogos do PS1. Adorava rever aquelas fitas infinitamente. Minhas aberturas favoritas eram a do Dragon Ball GT e Saber Marionette J, um jogo baseado em um anime homônimo.

      Puxa, nostalgia pura!!
      Valeu!

      T+
    • avatar de João Roberto
      João Roberto
      04/06/2016 às 00:04:57   localizacao Apucarana - PR
      Olha aí!


    Responda!
  • avatar de D00d!
    D00d!
    04/06/2016 às 20:53:58
    Achei interessante. Eu sou assim: Mortal Kombat (no caso os três primeiros) são bons para Multiplayer. Mas como um jogo pra se jogar sozinho não curto muito principalmente o 2, 3 e o ultimate. Acho a dificuldade absurda e frustrante em alguns momentos. Eu ainda tento desafiar a máquina algumas vezes no SNES aqui (tenho o 2 e o ultimate), mas sem muito sucesso, assim como o Triology do PS1. O 4 achei genérico e os da era PS2 ruins pra caramba.

    • avatar de Paulo Aquino
      Paulo Aquino
      04/06/2016 às 22:22:21   localizacao São Paulo - SP
      Um problema recorrente com MK se chama "inteligência artificial".
      Na hora que você vai jogar só você e a máquina, a máquina quase sempre tá dois passos a sua frente.
      Pior é em MK3/UMK3.

      No console físico eu já passei muita raiva, boa parte das vezes por causa da Jade.
      Ela é bem gata, mas vai enfrentar ela como a sua opinião muda...
      90% das vezes eu só conseguia fazer final com Noob Saibot.

      Hoje, no emulador pra tablet, eu me vingo.
      Agora, a CPU é que dá "rage-quit"!...

    Responda!
  • avatar de sucodelarAngela
    sucodelarAngela
    08/06/2016 às 13:37:51   localizacao São Luís - MA
    O anime de Street Fighter que passava no SBT era muito fucking awesome de fodástico. Saudades...

    E eu não lembro desse Cherry Coke O.o

    Então, quando eu conheci a série, foi com o Mortal Kombat 2 (acho que o primeiro não tinha vingado muito por aqui) e acho que ele é o meu favorito de todos, apesar de eu ter jogado MUITO mais o Ultimate do sNES.

    Depois de um tempo, começou a surgir umas versão bem toscas no N64, no PSone e eu larguei de lado os jogos de MK.
    Achei muito bacana o MK9, mas confesso que só comprei porque era a Kollector’s Edition que vinha com a "estálta" do Scorpion descendo o cacete no Sub-Zero... Se não fosse isso, duvido que tivesse comprado, porque jogos de luta tem sido um dos gêneros que menos curto nos últimos anos.

    No geral, eu também prefiro Street Fighter, principalmente o Alpha 3. Já me perguntei se valeria a pena comprar o IV ou o V, mas eu acho que vai acabar ficando na gaveta com o Mk9...

    Abraço, João!

    Responda!
  • avatar de helisonbsb
    helisonbsb
    09/06/2016 às 23:51:59
    ¨Minha mãe odiava que eu ligasse qualquer videogame na TV da sala e ela nunca permitiria aquilo¨... minha mãe até hoje acredita que video game estraga televisão...!!!! fazer o que né!!!!....bons tempos de MK no buteco do seu Zé...era o dia todo jogando....joguei muito os tres primeiros mk em arcade,,,,saudades... quase não joguei a versão snes e mega drive,,,,o fato é que a saga é boa e que continue sempre....

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    17/06/2016 às 01:41:54   localizacao SP
    Rapaz, que polêmica!
    Pra evitar nervoso de respostas desnecessárias, eu não vou dizer que concordo com vc em quase tudo, tá? Não vou dizer que só acho o segundo MK realmente legal e que ainda assim prefiro mil vezes os outros jogos de luta com personagens se movimentando de formas diferentes. Nem vou dizer que é tudo questão de violência gratuita. Nem os pontos de jogabilidade nada fluídas que vc mencionou já... rs.
    Ops...
    Eu odeio Pit Fighter, só pra constar! kkkkk
    Ainda assim, engraçado vc lembrar do dia em que falaram pra vc do jogo. Pra mim foi bem parecido e eu não lembrava, mas falaram de arrancar a cabeça. E que era super realista! Cômico lembrar disso! huauhahuahua
    E sim, eu lembro de Cherry Coke, eu adorava.
    Ainda não li os comentários, espero que ninguém tente dar um Fatality em vc pelo escrito! kkkkkkk
    Abraço

    • avatar de helisonbsb
      helisonbsb
      23/06/2016 às 02:17:06
      cara,,,me lembro da época de pit fighter nos arcades e depois no mega drive,,,,era sucesso total,,,o que chamava atenção mesmo era os personagens digitalizados,,,realismo puro,,,bons tempos!!!! joguei muito no mega drive,,,,e quando chegou mk,,,foi destruição total,,,,era um jogo bem adorado,,,,,bons tempos!!!! valeu

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé