logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! EspecialO que nós jogamos em 2015O que nós jogamos em...

O que eu joguei em 2015 - Somari

Como prometido no ano passado, 2015 veio com um patch. Pena que a atualização mais bugou do que arrumou, né? Crise, preço alto, falta de tempo... Mas tudo bem, pelo menos deu pra dar uma jogadinha de vez em quando. E 2016 será melhor!

Amigos, sejam bem vindos à lista do que Somari jogou em 2015! :D

autor Hugo "Somari" Couto   datahora 20/12/2015 às 15:02:19   tagarelices 10

Como prometido no ano passado, 2015 veio com um patch. Pena que a atualização mais bugou do que arrumou, né? Crise, preço alto, falta de tempo... Mas tudo bem, pelo menos deu pra dar uma jogadinha de vez em quando. E 2016 será melhor!

Amigos, sejam bem vindos à lista do que Somari jogou em 2015! :D


2015 foi um ano bem parado, tanto pra economia, quanto pra mim. A maior parte do tempo foi estudando e trabalhando, quase não tive tempo pra jogar. Sim, diferente dos outros anos, dessa vez eu REALMENTE joguei pouca coisa haha.

Mas valeu a pena. O pouco que joguei foram experiências maravilhosas. Descobri joguinhos pra celular, tomei posse de um Wii e consegui trocar a bateria do meu amado 3DS. Então, sem mais delongas meus amigos, vamos ao meme de fim de ano, o que joguei em 2015!
 
Sonic the Hedghehog 2 (Mega Drive, Android, iOS, PC e mais um montão de coisa)

Sonic 2

Esse aqui é batata. Acho que já disse que todo ano vai aparecer por aqui, né? Sonic é aquele jogo que, quando não me vem nada na cabeça eu pego e jogo, afinal o tenho no tablet, celular, PC, PSP, Mega Drive, Wii... Enfim, acho que só não tenho ele na minha calculadora ainda porque não o instalei... ainda.

Leia também: 20 Anos De Sonic
 
Sonic 4 Episode 2 (Android, iOS, PC, PS3, Xbox 360)

Sonic 4 Episode 2

Ainda falando de Sonic, esse eu já havia jogado antes, mas essa foi a primeira vez que peguei pra jogar sério. Ao contrário do que todo mundo diz, é um ótimo jogo - e olha que eu joguei a versão de Android, hein! Imagina como é jogar isso usando aquelas porcarias de controles virtuais na touchscreen.
 
Sonic and the Black Knight (Wii)

Sonic Black Knight

Esse é novidade (pra mim). Agora que eu to com um Wii, a tendência é, claro, jogar tudo o que eu deixei passar na geração passada. Sonic and the Black Knight é um deles.

Eu estava louco pra jogar esse jogo, que não é lá tão bem falado por aí, mas que eu curti bastante. Os gráficos são lindos e a jogabilidade é bem zoadinha, mas isso vai se consertando conforme você dá “retry” nas fases.

A soundtrack, aliás, é magnífica.
 
Sonic Adventure 2 (Dreamcast, GameCube, PC, PS3, Xbox 360)

Sonic Adventure 2

Aiiiiinda falando de Sonic... :P

Sonic Adventure 2 não foi necessariamente “jogado”. Meu save já está em 99% (falta só liberar aquela fase secreta, mas pegar todos os rank A é terrível).

Basicamente só passei o tempo cuidando dos Chao, aqueles bichinhos azuizinhos que são tipo uns tamagochi. É bem legal esse mini game e se você aprender e gostar, vai acabar torrando muito do seu tempo nele também.
 
Super Mario 3D Land (3DS)

Super Mario 3D Land

Eu fiquei sem meu amado 3DS desde o final do ano passado, quando teve um problema na bateria. Mês passado eu finalmente consegui trocar (acredite, foi horrível achar uma pra vender), resolvi olhar o que estava pendente na minha lista de jogos do 3DS. Mario 3D Land era um deles.

Apesar de eu já ter terminado o jogo, não havia feito 100%. E essa foi a minha meta.
Passar todas as fases no menor tempo possível, pegar todas as estrelas, terminar o Special... Ufa, faltava coisa pra caramba.

Atualmente ainda não terminei totalmente. Falta terminar pelo menos uns 4 mundos com o Luigi, mas rapidinho passa.
 
Y’s Seven (PSP)

Y’s Seven

Aquele típico caso de pegar um RPG sequencial num número alto. Y’s Seven é o sétimo jogo da série (duh) e conta a história de Adol e Dogi em uma aventura pelos arredores de Altago.

O jogo possui uma ótima jogabilidade. É uma mistura de hack n’ slash com RPG e umas pitadas de Zelda no meio. Você controla uma party de até três personagens, cada qual com sua habilidade e armas específicas (espada, luta corporal, magia, arco e flecha...). As músicas são boas e bem grudentas, e os gráficos são bem bonitos.
 
Superbrothers: Sword & Sworcery EP (Android, iOS, PC)

Sword & Sworcery

Esse jogo... Aaah, esse jogo. Eu sempre vou falar bem desse jogo.

S&S EP é um jogo esquisito de se explicar, e eu prometo que farei uma review assim que puder, então aguardem!

No mais, apenas saibam que esse point and click tem uma das melhores soundtracks que ouvi esse ano e que o jogo é maravilhoso. Um dos melhores jogos de 2015 pra mim, sem dúvidas.

Aliás, eu comecei jogando no celular, mas logo mudei para o PC por ter uma tela maior e tal.

Leia também: Jogatina Mobile Para Quem Não Tem Tempo
 
The Journey Back (Android, iOS)

The Joruney Back

Outro jogo fantástico para Android e iOS.

Um jogo que mistura suspense, puzzle e um pouco de labirinto, te faz queimar bem os miolos. The Journey Back conta a história de um cara que acorda em um acidente de carro e percebe que sua irmã está desaparecida. Você não tem ideia de onde você está e a única coisa que precisa é seguir adiante, mesmo sem saber onde fica isso. Ao logo do jogo, você tem algumas visões.

Uma outra forma de explicar esse jogo: é como se fosse aquela parte onde você precisa procurar itens para abrir coisas no Resident Evil, só que sem os zumbis.

Vale muito a pena jogar isso.
 
Chu Chu Rocket! (Android, iOS, Dreamcast, GBA)

Chu Chu Rocket!

Chu Chu Rocket! é outro puzzlezinho bacana pra se passar o tempo. Basicamente se trata em você levar os ratinhos para o foguete sem deixar os gatos na tela te pegar ou entrar nas naves. Simples e muito, muito divertido!
 
Pokémon Shuffle (Android, iOS, 3DS)

Pokémon Shuffle

Maaais um puzzle. Já notaram que esse é um dos meus gêneros favoritos, né?
Pokémon Shuffle é um candy crush versão monstrinhos de bolso. Comecei jogando no Android mas logo passei pro 3DS. Quem gosta de puzzle, gosta de candy crush e gosta de Pokémon, fica aí a dica. Aliás, ele é de graça tanto no celular quanto no 3DS (só é uma bosta aqueles malditos coraçõezinhos, mas isso dá pra acostumar).
 
Ragnarok Online (PC)

Ragnarok Online

Sim, eu jogo MMO, mesmo que não passe muito tempo neles. No mês de julho, mais ou menos, uns amigos se reuniram para jogar e eu resolvi entrar na brincadeira. O resultado: um Hunter lvl 70 e mais alguns itens bacanas que poderiam ser vendidos por um valor bem razoável. A minha conta está lá, guardadinha. Quem sabe eu volte a jogar logo.

Ah! Eu amo as músicas desse jogo.
 
Shovel Knight (Multiplataforma)

Shovel Knight

Shovel Knight era um jogo que eu só ouvia falar bem, mas nunca cheguei a jogar. Até que eu finalmente joguei e agora posso falar bem.

O mundo andava precisando de mais joguinhos assim. O estilo 8 bit, a jogabilidade rápida e precisa e as músicas bem feitas fazem do conjunto uma obra magnífica. O Tchula que o diga :P. Espero conseguir a versão física de 3DS logo (atualmente jogo no PC).
 
Freedom Planet (Steam, Wii U)

Freedom Planet

Não é por acaso que Freedom Planet é bem parecido com Sonic: o jogo nasceu de um fangame do ouriço. Ou melhor, nasceu do que era pra ser um fangame.

Stephan DiDuro, criador do jogo, estava preparando mais um dos muitos fangames do Sonic que surgem por ano para a feira SAGE, onde produtores amadores apresentam seus jogos baseado no universo do personagem azul da SEGA. De repente, o rapaz desistiu de fazer o que seria apenas mais um dos vários jogos que surgem ano após ano do mesmo personagem e, com a experiência adquirida, arriscou algo novo. O resultado: Freedom Planet, um dos meus jogos favoritos em 2015.

Tudo o que caracteriza Sonic está lá: a velocidade, a jogabilidade, os gráficos 2D coloridos e bem detalhados. É como se Freedom Planet fosse um spin-off que foi planejado para o Sega Saturn.

O jogo é obrigatório pros fãs do ouriço.
 
EarthBound (SNES, Wii U)

Earthbound

EarthBound sem dúvidas é uma das séries mais aclamadas da Nintendo, mesmo tendo apenas três jogos e já tendo passado mais de dez anos desde seu último lançamento.

O gênero é RPG de turno. Os gráficos são belos, coloridos e ambientados em um cenário isométrico muito bem desenhado. As músicas são memoráveis e a jogabilidade é simples como qualquer outro JRPG. Mas o ponto principal é a história. Desde o começo você já se apega aos personagens, torce, ri e sofre com eles...

A história é relativamente simples: você é a criança destinada a salvar o mundo de uma entidade cósmica que pretende destruir o mundo. Para isso, você deve viajar por vários lugares, conhecer pessoas, se unir a amigos e crescer, tanto nas habilidades de batalha, quanto como pessoa em si. Acompanhar suas evoluções ao longo da jornada é algo muito gratificante e terminar o jogo é bem emocionante. Eu senti como realmente estivesse dizendo tchau a uma amigo.

A versão de SNES hoje é praticamente impossível de se ter, seja pela raridade do cartucho, seja pelo preço: na faixa de 200 dólares (ou uns 800 reais em conversão direta, sem contar impostos de importação). Se você tiver um Wii U então é uma ótima pedida!

Ah! Vale lembrar que agora temos disponível EarthBound Beginnings, o primeiro jogo da série que só saiu no Famicom (no Japão) e em breve teremos Mother 3, o último jogo da série que também só saiu para GBA no Japão.

---

Enfim, essa é a minha humilde listinha de jogos de 2015. Outros jogos que joguei e não citei aqui foram porque não passei tempo suficiente para considerar que “joguei”. Sabe, aquela coisa de você jogar só uma ou duas fases ou menos de duas horas e não pegar para jogar mais. Não por serem ruins ou coisa do tipo (ah, ok... alguns sim), mas por não ter tempo ou por dar prioridade a outros jogos na fila.

Desses jogos, as menções honrosas são: Sky Soldier Rodea (Wii), Nights Journey of Dreams (Wii), Never Alone (Multiplataforma), Whispering Willows (Multiplataforma), Doom 3 (Multiplataforma), Jett Rocket (Wii), Pikmin (Wii), Muramasa: The Demon Blade (Wii, Wii U, PS Vita), Mario Galaxy (Wii) e Zelda Tri Force Heroes (3DS).

Esses eu jogarei com mais calma em 2016!

Espero que tenham gostado da minha humilde listinha. No meu ponto de vista foi bem pouquinha coisa para uma ano inteiro, mas é o que deu. E que venha 2016, com mais tempo disponível e com uma biblioteca ainda maior!

E uma dica: escolham um dos jogos dessa lista aí, peguem e Vão Jogar! Eu desafio vocês a terminar o maior número de jogos dessa lista antes de 2016 :P

---
 
O que você jogou em 2015

O Que Você Jogou Em 2015

Assim como acontece tradicionalmente todo ano, o Vão Jogar! participa do meme "O Que Você Jogou", onde diversos sites, blogs, canais de YouTube e tudo mais, se juntam para dizer o que jogaram durante o ano. Então não deixem de conferir os outros integrantes e participem vocês também!

Vão Jogar!
João Roberto
Somari
sucodelarAngela
Tchulanguero

Demais Participantes
Breno Barbosa - Blog Desocupado - des-ocupado.blogspot.com.br
Cyber Woo - Arquivos do Woo - www.arquivosdowoo.blogspot.com.br
Eduardo Farnezi - Gamerniaco - gamerniaco.wordpress.com
Felipe B. Barbosa - Videogames com Cerveja - videogamescomcerveja.blogspot.com
Fúria - Round ONE Games - round1.com.br
Gamer Caduco - Gamer Caduco - gamercaduco.com
Gebirge - Canal Gebirge BR - youtube.com/gebirgebr
Hugo Varani - ChampzCast - champzcast.wordpress.com
Kyo - New Old Players - newoldplayers.blogspot.com
Marcos Vieira Machado - QG Master - qgmaster.blogspot.com.br
Marvox - Blog MarvoxBrasil - marvoxbrasil.wordpress.com
Mestre Ryu - Santuário do Mestre Ryu - www.santuariodomestreryu.com.br
thr2e - zeroplay4fun - youtube.com/zeroplay4fun
Usopp - Canal Jornada Gamer - alvanista.com/jornadagamer
Willi Weiss - Point Games Brasil - www.pointgamesbra.blogspot.com  

* Revisado em 20/11/2016 às 23:30:16

outras tags: Mario (Série), Pikmin (Série), Pokémon (Série), Sonic (Série), The Legend of Zelda (Série) e Retrospectivas

Compartilhe

Pin it


Leia também...



10 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


E-mail Receba notificações para novas:     ok respostas      ok tagarelices      ok publicações

 

  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    20/12/2015 às 16:35:45   localizacao Recife-Pe
    Boa a sua lista, Somari.

    Sonic 2 é essencia em qualquer aparelho que rode jogo.

    Sonic Adventure 2 é ótimo, mas faz tempo que não o jogo. E sim, escolhi o lado do Shadow também.

    Pretendo comprar o Shovel Knight nesse fim de ano se sobrar grana das festas o mesmo com o freedom planet.

    • avatar de Somari
      Somari
      24/12/2015 às 20:20:07
      Sonic 2 é tipo Tetris, eu pego pra jogar a qualquer hora quando não to afim de gastar tempo em algo (mas quando vejo já to quase zerando o jogo haha).

      Shovel Knight é um jogo que vale a pena, viu? Divertido demais e bem simples. E a jogabilidade funciona muito bem! Eu achei que ia ter problemas com aqueles controles mais travadinhos da época do NES, mas ele é bem fluido. Consigo calcular um pulo perfeitamente, pelo menos hehe

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    23/12/2015 às 13:16:16   localizacao São Luís - MA
    Eu não. Consigo. Gostar. Do Sonic.

    Cara, pense num jogo fodão que é esse Super Mario 3D Land? Te juro que fiquei muito tentada a comprar um 3DS só por causa desse jogo!

    Shovel Knight é aquele tipo de jogo que eu sempre quis experimentar, mas nunca corri atrás... um dia, Sukita, um dia...

    Earthbound... parece interessante!

    Muitos jogos que eu não conhecia nessa tua lista, Suma!

    • avatar de Somari
      Somari
      24/12/2015 às 20:21:47
      EarthBound é um RPG com uma história bem envolvente e o jogo todo em si é cativante. E não se deixe levar pelo jeitão infantil, você vai se deparar no meio do jogo com coisas como sacrifício humano, morte e afins. Se puder, dá uma jogadinha pra sacar qualé do jogo. :3

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    23/12/2015 às 18:37:08   localizacao SP
    Já vou direto pra lista, hein?
    - Sonic the Hedghehog 2 (ATÉ MICROONDAS): Aaaahhh não vale colocar isso, se fosse assim todo ano eu colocaria também!
    - Sonic 4 Episode 2 (Multi): Eu não diria "ótimo", mas "bom" jogo eu aceito. Sério. Ou a gente é muito fã, meu caro... kkkkkkkkkkkkk
    - Sonic and the Black Knight (Wii): CARALHO, CADÊ AS OUTRAS FRANQUIAS? Tô curioso pra jogar e tal, mas... acho que vou deixar pra quando chegar a vez dele na Maratona Sonic lá no meu blog!
    - Sonic Adventure 2 (etc): Cara, te juro. Tentei começar este ano, agora nos últimos meses. Mas as fases do Knuckles me matam, sério. E é quase literalmente, pq eu fico muito enjoado, essas fases tão no top 3 dos jogos que mais me enjoaram na vida. Maldita Motion Sickness. Precisa investir muito tempo no tal Chao Garden pra chegar em 100%?
    - Super Mario 3D Land (3DS): Sabe que passei por isso também de não fazer 100% e depois de um bom tempo peguei pra completar. É muito bom fazer isso, esse jogo é espetacular!
    - Y’s Seven (PSP): Nunca joguei nenhum Y’s, gostei das infos. Dá pra começar por este?
    - Superbrothers: Sword & Sworcery EP (Android, iOS, PC): Eu sou extremamente xarope com point and click, mas vou esperar seu review pra ver se eu jogo ou não algum dia. Nada de fazer propaganda enganosa!
    - The Journey Back (Android, iOS): Me pareceu meio Silent Hill esse jogo, adivinhei? Se sim, talvez eu arrisque!
    - Chu Chu Rocket! (Android, iOS, Dreamcast, GBA): Saudades da SEGA que fazia esse tipo de coisa!
    - Pokémon Shuffle (Android, iOS, 3DS): Nego-me a falar de Poquemão!
    - Ragnarok Online (PC): De MMORPG também...
    - Shovel Knight (Multiplataforma): Também tô louco pela versão física de 3DS! Um dos melhores que joguei este ano, sem sombra de dúvidas. Tem de tudo pra ganhar como melhor do ano!
    - Freedom Planet (Steam, Wii U): Sonic de novo... cara, eu joguei a demo e curti, achei bem melhor que os fangames do Sonic que o maluco fez. Ele deveria seguir com essa franquia ao invés de investir em fangames que me lembram o tal do Sonic CD em questão de Level Design. Já que vc disse que é obrigatório, em 2016 eu jogo. Promessa de escoteiro!
    - EarthBound (SNES, Wii U): PRECISO jogar! Tá na minha lista do Wii U já, assim que eu tiver na pegada de passar muitas horas em um jogo eu encaro! Rir e chorar e sentir dando tchau à amigos me lembrou minha história com Persona 4. Suas palavras me animaram... droga, vou começar muito em breve este jogo!
    Da sua lista de desistência (eu também tenho a minha, vc verá no meu post... ou não, sei lá se vc vai ler... olha o drama... kkkkk), recomendo fortemente terminar o Galaxy. Esse é obrigatório pra fãs de plataforma. Bom, vc sabe disso... rs
    Fui

    • avatar de Somari
      Somari
      24/12/2015 às 20:44:30
      UEHAUHAUE ok, vamos lá!

      Sonics: Eu resolvi agrupar os Sonics pra poder dar destaque pros jogos mais pro final. Não vou falar que foram os jogos do ano porque praticamente em todos eu jogo e, tirando o Black Knight, não são nenhuma novidade haha. Aliás, o Black Knight é bom, mas não chegou no top do ano. Já Sonic 4 ep2, realmente eu forcei a barra dizendo "ótimo" uaheuahe. Bom é suficiente. O level design desse jogo é horrível, mas todo o resto compensa, e já que arrumaram a física, então merece uma estrelinha na testa. Também ODEIO as fases do Knuckles e da Rouge no SA2. Sou do tipo que não gosto de ficar mais de 5 minutos na fase se possível, e passo 15, 20 dependendo de qual for @_@. Me dá agonia! Já os Chao, depende. Se for só pra pegar os emblemas do jogo então você precisa treinar pras corridas e pro Karate, então não demora muito. Já pra fazer os Chaos de vários tipos: Hero, Dark, Neutral, os Chaos especiais e os Chaos lendários, então demora pra caramba. O Neutral Chaos Chao, que é a última forma dele no normal, ele fica igual o Chao do Sonic Adventure haha.

      Mario eu to correndo pra abrir a fase secreta.

      Y’s. Se for pra ir pela cronologia do personagem Adol, recomendo jogar o Y’s Book I & II (PS2, DS, Wii Virtual Console, PSP, PC e PC Engine). Daí é bom pra sacar a história dele. Se for pra conhecer a franquia como tá atualmente, o Y’s Seven é ótimo sim. Também tem o Y’s Origins que tem a mesma jogabilidade, tem disponível pra PC e se passa cronologicamente antes do primeiro jogo. Então esse é o melhor pra você.

      The Journey Back não é bem um Silent Hill porque não tem ação propriamente dita. É só puzzle mesmo. A diversão mesmo fica por conta da complexidade da coisa, já que o jogo também é relativamente curtinho.

      A Sega poderia voltar ao que era... Mas se for o caso, recomendo dar uma olhadinha nas coisas que o Yuji Naka vem fazendo na Prope. Esse cara era o Miyamoto que a Sega tinha e perdeu haha.

      Freedom Planet é um excelente jogo mesmo! O divertido é que ele é uma forma expandida de Sonic e com um gameplay mais dinâmico e diversificado, com mais movimentos e tudo mais. Isso que deu a graça do jogo. E os gráficos com jeitão de Sega Saturn. É tudo o que falta na série hoje em dia.

      EarthBound vou repetir o que eu disse pra Larangela ali em cima. Apenas jogue.

      Da lista de "pause", vou retormar logo Mario Galaxy. Já religuei o Wii aqui na sala, logo pego pra jogar pra valer! Mas é foda pq ontem mesmo eu comecei jogar Zelda A Link to the Past, daí já viu, né :P

      E não se preocupa teu chato... Eu já li teu escrito! UHEUAHUE Falta só comentar lá.

    Responda!
  • avatar de Marvox
    Marvox
    24/12/2015 às 17:56:13   localizacao São Paulo/SP
    Pérolas, quando soube do Freedom Planet resolvi baixar a demo no Steam e fiquei doido de ver esse tipo de jogo em pleno 2015, achei fantástico e já garanti o meu.

    Sonic nunca é demais, num evento retrogamer que fui rolou até competição para ver quem chegava mais longe em 7 minutos no Sonic 1 do Master System kkk.

    Muito legal, Feliz Natal Somari e que em 2016 possamos curtir mais jogos novos ou antigos.

    • avatar de Somari
      Somari
      24/12/2015 às 21:04:28
      Freedom Planet é o que a série Sonic deveria ser hoje em dia. Ao invés de investir em gráficos ultramegafodásticos, podiam fazer um outro Sonic Generations ou ter idéias como alguns desses que fazem fangames. Tem uns incríveis! Sonic After/Before the Sequel é um deles. E tem uma soundtrack maravilhosa!

      Valeu Marvox! E que em 2016 joguemos, aproveitemos e falemos bastante besteira! haha! Feliz natal e um ótimo ano novo!

    Responda!
  • A lista tem uns nomes bem intrigantes. Esse Y’s VII tá listado nas paradas de PSP que tô conferindo, achava o sistema de esbarrão um pouco bizarro e isso sempre me afugentou a jogar pra valer qualquer Y’s, por acaso esse episódio é nessa ideia ou segue um combate nos moldes do Legend of Zelda?

    Chu Chu Rocket é um puzzle bem divertido e original, até tem review dele na Nação Cucamonga, foi bom tê-lo mencionado.

    • avatar de Somari
      Somari
      28/12/2015 às 09:50:11
      O sistema de esbarrão é horrível mesmo! Eu joguei os primeiros e não consegui gostar. Esse aí já seque mais a linha de Zelda mesmo. Aliás, falando naquele sistema de esbarrão, o Y’s I & II Chronicles usa o mesmo sistema, mas é bem mais aprimorado.

    Responda!
Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail
e-mail  

       

fechar

Parceiros & Links

52|Marvox Brasil|http://marvoxbrasil.wordpress.com|As formas mais variadas do universo dos games e vídeogames em um só lugar. Matérias, detonados, curiosidades, podcasts e vídeo-análises. Leia o Blog MarvoxBrasil e desperte o gamer em você!§42|Gamer Caduco|http://gamercaduco.wordpress.com|Histórias de um gamer que está cada vez mais próximo de caducar de vez.§58|Videogames com Cerveja|http://www.vgscomcerveja.com.br|Videogames com Cerveja é um blog sobre games, cujo o principal objetivo é compartilhar experiências "videogamísticas" (tanto na jogatina quanto no colecionismo)! Então não espere encontrar muitas notícias ou reviews detalhados sobre games por aqui!§47|Arquivos do Woo|http://arquivosdowoo.blogspot.com.br|De tudo um pouco na medida certa.§61|Nação Cucamonga|http://nacaocucamonga.blogspot.com.br|A cultura do terceiro mundo esmagando a do primeiro.§43|My Detonation|http://mydetonation.blogspot.com.br|O blog do grande Trevoso, sobre o que ele joga, jogou e quer jogar, com indicações de downloads e vídeos.
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé