logo Vão Jogar!
logo Vão Jogar! EspecialO que nós jogamos em 2015O que nós jogamos em...

O que eu joguei em 2015 - Tchulanguero

Se o Wii U realmente tem pouco jogo, então "çokorro", não deixem a Nintendo nunca mais ter sucesso com um console de mesa!

autor Rafael "Tchulanguero" Paes   datahora 20/12/2015 às 15:07:30   tagarelices 18

Se o Wii U realmente tem pouco jogo, então "çokorro", não deixem a Nintendo nunca mais ter sucesso com um console de mesa!


E chega aquela época do ano em que todo mundo faz a sua lista do que jogou durante os últimos doze meses. Acho que em 2015 eu mantive uma média parecida com a do ano passado, mas com certeza é uma lista com grandes jogos, onde provavelmente o Wii U impera, visto que é o meu principal videogame atualmente. Então, sem mais delongas, esse ano eu joguei...

Pikmin 3 (Wii U)

Pikmin 3

Pikmin 3 foi o meu primeiro jogo da série e me surpreendeu bastante. Apesar do visual "fofinho" e mecânicas simples, esse jogo de estratégia pode ser bem infernal em alguns trechos, e requer não só habilidade como saber pensar em boas táticas para superar os obstáculos e adversários. Não sei com relação aos primeiros títulos para GameCube e Wii, mas esta versão é altamente recomendável.

Leia também: Escravocratas Do Espaço

Blok Drop X Twisted Fusion (Wii U)

Blok Drop U x Twisted Fusion

Existe uma grande diferença, mas que nem todos percebem, entre gráficos ruins e visual ruim. Gráficos ruins podem acontecer por vários motivos, como limitação de hardware, limitação de orçamento no desenvolvimento, etc. É algo que pode desagradar um pouco no começo, mas depois você supera. Mas visual ruim é algo que é difícil de engolir e, meodeos, o que aconteceu com esse novo Blok Drop? O primeiro era um jogo de puzzles simples e criativos, com um visual minimalista super charmoso, aí eles fizeram esse crossover (?) de visual horrendo e mecânicas mais ou menos. Joguei um pouco no começo, para depois nem mais lembrar que isso está instalado no meu console.

Mario Kart 8 (Wii U)

Mario Kart 8

Apesar de não ter jogado tanto esse ano quanto no ano passado, Mario Kart 8 é aquele jogo que dispensa apresentações e que sempre me salva do tédio quando não há mais nada para jogar. A adição dos DLCs com mais pistas e as 200cc deram um novo gás, deixando o jogo insano!

Leia também: A Nova "Dorga" Da Nintendo

Super Smash Bros. (Wii U)

Super Smash Bros. Wii U

O famoso jogo de luta da Nintendo finalmente aportou aqui em casa. Confesso nunca ter sido muito fã de Smash Bros., mas embora só o jogue esporadicamente, achei esta versão bem divertida, talvez por ter sido a primeira que eu realmente peguei para aprender ao menos o básico. Não que eu seja bom, aliás eu sou bem ruim, mas pelo menos entendi como funciona aquelas marcações de porcentagem na base da tela... já é um começo.

Leia também: A Última Apresentação De Smash Bros (E Bônus)

Nights: Into Dreams (Sega Saturn)

Nights

Se tem um jogo que eu estou enrolando pra zerar, esse é Nights. Sério, eu já devo estar enrolando a uns dois anos, jogando muito de vez em quando, passando uma fase, para depois ficar meses sem encostar no CD. Não sei se é o jogo que não me anima, ou se é o meu controle de Saturn sem analógico que faz o meu dedo doer demais, mas o fato é que ainda não terminei Nights.

Deus Ex: Human Revolution - Director’s Cut (Wii U)

Deus Ex: Human Revolution

Ação furtiva maneira, elementos de RPG, história foda com várias brisas filosóficas... como não amar Deus Ex? Acompanhar a saga de Adam Jensen em um futuro não tão longe da realidade, onde substituir partes do corpo por versões robóticas e melhoradas começa a se tornar normal, em meio a toda uma discussão se isso realmente vale a pena ou apenas nos distancia da humanidade, foi uma das melhores experiências que tive esse ano.

Leia também: Hoje É O Dia Da Revolução

NES Remix (Wii U)

NES Remix

A Nintendo é conhecida por fazer jogos excelentes com ideias estupidamente simples, e NES Remix é a prova disso. Essa coletânea de mini games baseados em jogos clássicos do Nintendinho, é uma das coisas mais viciantes que alguém pode jogar e de longe uma das mais divertidas também.

Captain Toad: Treasure Tracker (Wii U)

Captain Toad: Treasuer Tracker

Um jogo simples, que acabou sendo meio ignorado pela maioria das pessoas, mas que eu considero um dos grandes títulos do Wii U. Captain Toad é um puzzle game que contém todos os elementos que fazem um bom jogo, com mecânicas simples e muito desafio, além de nos trazer mais uma vez ao mundo de Mario 3D World.

Leia também: As Aventuras Do Capitão Cogumelo

Shadow of the Colossus (PS2)

Shadow Of The Colossus

Alguns amam, outros precisam de terapia, mas não dá para negar que Shadow Of The Colossus é um dos grandes clássicos de todos os tempos, embora eu veja muita gente idolatrando-o em excesso. Aqui em casa eu sempre procuro pegar ele para zerar de tempos em tempos, só para apreciar novamente os cenários lindos e as batalhas épicas contra os gigantes que compõe o jogo.

Leia também: Os Gigantes Da Sony

Hyrule Warriors (Wii U)

Hyrule Warriors

O musou da Koei para o console da Nintendo, que vai até ganhar uma versão para 3DS agora, foi de longe uma das coisas que mais joguei no começo do ano. Apesar de ter acabado o modo história logo que comprei ele ano passado, o "Adventure Mode" me prendeu bastante, com sua ação descerebrada e divertida, me fazendo inclusive animar comprar o pacotão com todos os DLCs, algo bem raro de eu fazer.

Leia também: Os Guerreiros De Hyrule

Freshman Year (PC / Web)

Freshman Year

Embora no geral, jogos tenham o objetivo de divertir, isso não impede que eles sirvam para outras coisas, como fazer uma crítica social ou contar alguma experiência de vida. E isso é que Freshman Year (Ano de Calouro) faz, um jogo autobiográfico de Nina Freeman sobre abuso sexual, em que não só pela temática, pesada por si só, mas também pela arte e trilha sonora, te fazem sentir uma pontinha do desespero que uma vítima deste tipo de crime passa. É uma experiência de apenas alguns minutos e que pode ser jogada no navegador mesmo, e desde que você não tenha nenhum problema com o tema por conta de traumas passados, eu recomendo fortemente que você jogue.

Jogue Freshman Year em ninasays.so/freshmanyear

Donkey Kong Country: Tropical Freeze (Wii U)

Donkey Kong Country: Tropical Freeze

Embora não tão empolgante quanto o seu antecessor, Tropical Freeze é um jogo de plataforma muito competente e com aquela dificuldade de fazer querer jogar o controle na parede em alguns momentos. A trilha sonora composta mais uma vez por David Wise é boa, mas não empolga tanto quanto na trilogia antiga para SNES. Apesar de tudo, a Retro Studios mais uma vez demonstrou como fazer um jogo bonito, independente do hardware que tenha em mãos.

Leia também: Macacos Numa Fria
Leia também: Donkey Kong Country Returns

The Wonderful 101 (Wii U)

The Wonderful 101

Um grande ode aos tokusatsus, The Wonderful 101 é uma das aventuras mais emocionantes para o Wii U, com tantos momentos grandiosos em seqüência, que ficar sem fôlego é normal durante boa parte da jogatina. Com mecânicas próprias que utilizam bem o GamePad e uma estrutura semelhante a Bayonetta, a Platinum Games mais uma vez deixa a sua marca com um jogo excelente.

Leia também: Os Maravilhosos 101

Parappa The Rapper (PSOne)

Parappa The Rapper

Há pessoas que definem se um jogo é válido ou não pelo tempo que ele demora para ser zerado. Eu, ao contrário, já faço parte da turma que valoriza a experiência, independente do tempo gasto, e bem, Parappa The Rapper se enquadra bem nessa categoria. Tendo gasto pouco mais de uma hora para zerá-lo da primeira vez, esse divertido jogo de música e ritmo é uma das experiências mais ímpares que você pode ter jogando videogames, e não é por menos que mesmo não tendo um novo jogo lançado desde o PS2, o cachorro Parappa é lembrado até hoje com carinho pelos jogadores.

Leia também: I Gotta Believe!

OlliOlli (Wii U)

OlliOlli

Esqueçam Tony Hawk’s Pro Skater, o melhor jogo de skate já feito é OlliOlli, um divertidíssimo indie multiplataforma, com visual pixelado e jogabilidade bidimensional sobre aquele esporte que todo mundo acha legal, mas poucos valorizam de verdade. Com uma mecânica toda baseada em movimentos do direcional, OlliOlli é um daqueles jogos desafiadores, onde você pode passar horas tendo que decorar uma fase para conseguir passar, muitas vezes sem poder encostar no chão após o primeiro ollie. Perfeito para aquela jogadinha rápida de 15 minutos.

Bit Trip: Runner 2 (Wii U)

Bit Trip: Runner 2

Eu joguei muito a demo do primeiro Bit Trip: Runner no Wii, e foi uma grata surpresa este jogo ter vindo no Humble Nindie Bundle que rolou esse ano. Com um visual bem diferente, mas jogabilidade similar ao primeiro, Runner 2 é um jogo incrivelmente bonito e desafiador, em que é bem difícil desgrudar do controle.

Mass Effect 3: Special Edition (Wii U)

Mass Effect 3

Não, eu ainda não peguei para jogar o terceiro jogo da série, sim, eu ainda estou enrolando para jogar o segundo. Mas o multiplayer online realmente me pegou de jeito, foram muitas horas gastas enfrentando hordas de adversários, até que alguém chegou e eu nunca mais encostei no jogo para isso...

Leia também: A Essência Da Trilogia Mass Effect
Leia também: Expandindo O Universo Mass Effect #1

Splatoon (Wii U)


Eleito o melhor shooter de 2015, Splatoon foi uma das maiores apostas da Nintendo em tempos recentes, sendo uma nova IP que trás uma cara totalmente nova para o gênero de tiro, um campo completamente novo para a empresa de Kyoto. Com visual cartoon e mecânicas próprias, o jogo tem foco no multiplayer online, bem divertido e viciante, com constante suporte da equipe de desenvolvimento, que sempre promove eventos ingame, além de liberar novas armas e cenários, fora as atualizações gratuitas constantes.

O jogo não é perfeito, algumas decisões que foram tomadas são bem bizarras, mas isso não atrapalha a diversão desse mar de tinta colorida que é Splatoon. Destaque para a excelente trilha sonora, ponto alto em boa parte dos jogos atuais da Nintendo.

Leia também: Splatoon Global Testfire

The Fall (Wii U)

The Fall

Outro indie que veio no Humble Nindie Bundle, The Fall é um jogo de exploração com movimentação bidimensional, que as vezes lembra um pouco Metroid. Nele você controla a inteligência artificial de uma armadura, que para salvar o corpo que carrega dentro de si, vai precisar encontrar meios de burlar as limitações que impedem a ativação de seus recursos, uma vez que os mesmos só poderiam ser ativados pelo humano que ela carrega. Embora não seja um jogo completo (a história acaba na metade), The Fall é um jogo bem interessante, com mecânicas muito bem trabalhadas e alta carga filosófica, com uma pegada bem asimoviana. Recomendo a todos, acredito que esteja disponível em todas as principais plataformas.

Dragon Ball Z: O Retorno de Freeza (Mobile / Android)

Dragon Ball Z: O Retorno de Freeza

Feito pelo pessoal da Aiyra, os mesmos com os quais nos encontramos na BGS de 2013, o jogo oficial do filme Dragon Ball Z: O Renascimento de F, é um daqueles jogos mobile bem divertidos e viciantes. Com um esquema de batalhas rápidas de turnos, sistema de evolução de personagens e até mesmo multiplayer online, não se assuste se não perceber as horas passando. Quer dizer, mais ou menos, não sei o motivo, mas o jogo parece não se encontrar mais disponível na Play Store.

Guacamelee! Super Turbo Championship Edition (Wii U)

Guacamelee

O melhor Metroid que não é Metroid que já joguei, Guacamelee nos coloca na pele do jovem Juan, que utilizando uma máscara mítica de luchador, vai atrás da sua amada, passando por mapas complexos em meio a muitos inimigos. Além do visual simples e muito bem trabalhado e uma trilha sonora incrível, o jogo é recheado de referências ao mundo dos jogos e memes de internet.

Leia também: La Saga Del Luchador Granjero

Samurai Shodown Anthology (Wii)

Samurai Shodown

Quem aí não passou horas nos fliperamas com os saudosos jogos de luta da antiga SNK? Dentre eles, o que eu mais gostava era Samurai Shodown, em especial o terceiro, que com certeza foi o que mais joguei. Essa coletânea para o Wii é muito bem feita, trazendo todos os jogos lançados em suas versões originais, mas com a opção de jogar com as músicas remasterizadas. O único porém, é que ao mesmo tempo que essa nostálgica coletânea nos faz lembrar dos tempos áureos dos jogos de luta, também nos lembra da decadência da SNK, principalmente após a entrada da Playmore... céus, que jogo horrível foi a última Samurai Shodown!

Child Of Light (Wii U)

Child Of Light

Um RPG ocidental, com jeitão oriental e indie, Child Of Light foi uma grata surpresa da Ubisoft para nós jogadores. Impossível não ficar de queixo caído com a direção de arte desse jogo, que foi feito na Ubiart, a mesma engine de Rayman Origins e Legends, onde cada cenário parece ter sido pintado a mão, ali, na hora mesmo. Ainda que seja um jogo bem linear e sem muitas emoções, acompanhar a saga de Aurora em sua luta para salvar sua família é uma experiência extremamente agradável. Destaque para os textos e falas do jogo, todas poeticamente rimados, mesmo na versão em português (excelente por sinal).

Fallout Shelter (Mobile / Android)

Fallout Shelter

Fallout Shelter foi uma tacada certeira da Bethesda, que entendeu muito bem o que faz um bom jogo mobile. Diferente de outras empresas, que apenas fazem versões simplificadas de seus jogos principais, Fallout Shelter é um jogo de gerenciamento que se passa no universo de Fallout, fazendo com que você administre um Vault, devendo protegê-lo e fazendo-o prosperar... isso se o seu celular der conta, infelizmente é um jogo muito mal otimizado, ao menos na versão para Android.

Leia também: Meu Vault, Minha Vida

Max Quiz (Mobile / Android)

Max Quiz

Um dos jogos independentes que acompanhei um pouco na BGS deste ano, Max Quiz, como o nome indica, é um divertido jogo de perguntas e respostas, com muitas animações e perguntas vindas de um banco de dados colaborativo. Dividido em diversos temas, o único problema que você vai ter é perceber que você não conhece tão bem assim as coisas...

Super Mario Maker (Wii U)

Super Mario Maker

Mais uma vez mostrando a capacidade de reinvenção da Nintendo, Super Mario Maker é outro grande título para o Wii U. Neste jogo de fazer jogo, você pode soltar toda a sua imaginação e construir a sua própria fase de Mario, podendo disponibiliza-la para o mundo inteiro! Mas mesmo que você não queira soltar o seu lado criativo e descobrir que construir uma boa fase de plataforma não seja das tarefas mais fáceis, além de poder jogar as fases de outras pessoas, nem sempre muito boas, a Nintendo constantemente tem abastecido o jogo com fases já prontas, feitas em parceria com outras empresas, mesmo aquelas que não sejam estúdios de jogos, como Facebook e Mercedes-Benz... diversão infinita!

Fatal Frame: Maiden Of Black Water - Trial (Wii U)

Fatal Frame: Maiden Of Black Water

Já vou chegar chutando o pau da barraca: eu achei esse jogo bem mais ou menos. Sim, a mecânica da câmera com o GamePad é perfeita, essa parte eu gostei bastante, até por ser fotógrafo amador e tal, mas meodeos, até quando teremos que suportar essa movimentação horrível de tanque que aquele tal de Resident Evil, um jogo chato e meia boca que as pessoas insistem em dizer que é legal, nos trouxe? Isso não torna o jogo mais assustador, só o torna frustrante, por favor, parem de utilizar essa desculpa. Enfim, ainda pretendo fazer um vídeo sobre ele aqui no site, mas pelo menos por enquanto, não irei comprá-lo, vai ficar só no trial mesmo.

Leia também: Baseados Em Fatos Reais

Chu Chu Rocket! (Mobile / Android)

Chu Chu Rocket!

Vindo diretamente do Dreamcast para a tela do meu celular, Chu Chu Rocket! é mais um daqueles jogos simples e criativos, de uma SEGA que infelizmente não existe mais. Nesse puzzle game, você deve levar diversos ratos até foguetes que os levarão para a lua, que obviamente é feita de queijo, como todos sabem. Passando por labirintos sinuosos, com vários buracos e gatos a espreita, tudo que você tem para guiar o caminho dos bichos são algumas poucas setas que mudam a direção deles... boa sorte!

Yoshi’s Woolly World (Wii U)


Apesar de ser um dos mais antigos gêneros, que já foi a mesma praga que muitos hoje veem nos FPS, não é tão fácil aparecer um jogo realmente bom de plataforma. Felizmente Yoshi’s Woolly World escapa a essa regra, sendo um título excelente que também acabou passando meio batido. Com uma pegada bem parecida com a do saudoso Yoshi’s Island (SNES) e um visual literalmente fofo, este jogo é o famoso lobo em pele de cordeiro: no começo é tudo bem fácil e bonitinho, mas com o tempo... rapaz, nem te falo. Só dei uma parada nele por forças maiores, quer dizer, uma força gigantesca chamada...

Leia também: Vídeo Degustação: Yoshi’s Woolly World

Xenoblade Chronicles X (Wii U)


Gente, çokorro! Eu não consigo parar de jogar Xenoblade X, já devo ter umas oitenta horas acumuladas em duas semanas! Este gigantesco JRPG de mundo aberto para Wii U, com um clima que as vezes lembra um pouco Mass Effect, mescla elementos orientais e ocidentais, que embora nem sempre funcionem muito bem, nos entregam um mundo extremamente rico, onde perder tempo fazendo "nada" é palavra de ordem, e de longe um dos melhores títulos para o console atual da Nintendo. Assim como acontece com a série Final Fantasy, Xenoblade X não é uma seqüência direta de Xenoblade (Wii), apenas se aproveitando das mesmas mecânicas e alguns outros elementos. Com certeza ele será o primeiro título da minha lista ano que vem, e provavelmente levará o título de melhor jogo, mas esse ano não, porque o GOTY vai para...

Leia também: Vídeo Degustação: Xenoblade Chronicles X

Jogo do Ano: Bayonetta 2 (Wii U)

Bayonetta 2

Seqüência do primeiro título do famoso hack ’n’ slash feito pela Platinum Games, este exclusivo para Wii U foi fácil a melhor coisa que joguei esse ano. Além de uma jogabilidade refinada e muito bem feita, Bayonetta 2 mantém todo o clima do primeiro jogo em uma nova aventura da bruxa umbral, com todos os exageros e hordas de anjos e demônios para lhe atacar, com uma ação frenética e extremadamente fluída, embalada desta vez por Moon River, grande clássico da música, além de ser de longe, um dos títulos mais bonitos do console. Se você tem um Wii U, Bayonetta 2 é título obrigatório.

Leia também: Rio Da Lua
Leia também: Leve-Me Para A Lua

---

Bom, esta é a minha humilde lista de jogos desse ano. Claro que eu joguei algumas outras coisas um pouco, muitas vezes para experimentar mesmo, mas foram jogadas tão pequenas que não vale a pena a menção. Mas e vocês, o que jogaram em 2015? Digam aí nas tagarelices também!

E com tantos jogos que eu falei aqui, assim como dos outros integrantes do site, o que mais dizer para vocês? Vão Jogar!

---

O que você jogou em 2015

O Que Você Jogou Em 2015

Assim como acontece tradicionalmente todo ano, o Vão Jogar! participa do meme "O Que Você Jogou", onde diversos sites, blogs, canais de YouTube e tudo mais, se juntam para dizer o que jogaram durante o ano. Então não deixem de conferir os outros integrantes e participem vocês também!

Vão Jogar!
João Roberto
Somari
sucodelarAngela
Tchulanguero

Demais Participantes
Breno Barbosa - Blog Desocupado - des-ocupado.blogspot.com.br
Cyber Woo - Arquivos do Woo - www.arquivosdowoo.blogspot.com.br
Eduardo Farnezi - Gamerniaco - gamerniaco.wordpress.com
Felipe B. Barbosa - Videogames com Cerveja - videogamescomcerveja.blogspot.com
Fúria - Round ONE Games - round1.com.br
Gamer Caduco - Gamer Caduco - gamercaduco.com
Gebirge - Canal Gebirge BR - youtube.com/gebirgebr
Hugo Varani - ChampzCast - champzcast.wordpress.com
Kyo - New Old Players - newoldplayers.blogspot.com
Marcos Vieira Machado - QG Master - qgmaster.blogspot.com.br
Marvox - Blog MarvoxBrasil - marvoxbrasil.wordpress.com
Mestre Ryu - Santuário do Mestre Ryu - www.santuariodomestreryu.com.br
thr2e - zeroplay4fun - youtube.com/zeroplay4fun
Usopp - Canal Jornada Gamer - alvanista.com/jornadagamer
Willi Weiss - Point Games Brasil - www.pointgamesbra.blogspot.com

* Atualizado em 14/12/2016 às 22:14:41

outras tags: Bayonetta 2, Blok Drop U, Captain Toad: Treasure Tracker, Deus Ex: Human Revolution, Donkey Kong Country Tropical Freeze, Fallout Shelter, Guacamelee, Hyrule Warriors, Mario Kart 8, Mass Effect 3, PaRappa The Rapper, Pikmin 3, Shadow of the Colossus, Splatoon, Super Smash Bros. for 3DS & Wii U, The Wonderful 101, Xenoblade Chronicles X, Yoshi’s Woolly World, Fatal Frame (Série), Samurai Shodown (Série) e Retrospectivas

Compartilhe

pin


Leia também...



18 tagarelices já foram feitas!


e-mail  
nome  
localização  
site  
tagarelice   ativar o editor de texto desativar o editor de texto


Você acompanha as respostas deste escrito por e-mail.
Você acompanha as tagarelices deste escrito por e-mail.
Você acompanha as novidades do Vão Jogar! por e-mail.

 
  • avatar de leandro (leon belmont) the devil summoner
    leandro (leon belmont) the devil summoner
    20/12/2015 às 16:01:28   localizacao Recife-Pe
    Eu não lembro nem de 5 jogos que terminei esse ano. De cabeça só FFXIII; FF7, Breath of Fure 1.... foi um ano atribulado, não lembro de todos.

    Tchulanguero, Tome vergonha homem, Nights não é difícil é ele é bem curto de termina-lo. Levante do sofá e o zere pra ontem.

    E Boa lista a sua.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      23/12/2015 às 15:42:26   localizacao Vespasiano - MG
      Normal, eu é que acostumei a ir anotando tudo durante o ano, justamente por conta do meme :P

      Então, Nights não é difícil, eu não o acho ruim e tal... mas é como eu disse, eu passo uma fase e bate o desânimo. Já fechei as primeiras fases da menina, agora falta acho que umas duas do garoto.

    Responda!
  • avatar de Gamer Caduco
    Gamer Caduco
    22/12/2015 às 19:03:31   localizacao SP
    É, adiantei os posts do Meme na leitura e comentários, depois leio e comento os outros, juro! Lide com isso por enquanto! kkkk
    Antes de comentar a lista, como vc perdeu tempo em um videogame que foi um fracaso absoluto, hein? Tem só 3 jogos, a empresa tá falindo e ainda assim vc gasta tempo com esse lixo? Não creio. Legal que eu também gastei bastante tempo com este lixo! \o/
    Sarcasmos contra opiniões alheias de lado, comentando a lista (o mais sucinto que eu puder):
    - Pikmin 3: Nunca joguei, mas tenho curiosidade. Termos "boas táticas" e "bem infernal" me chamam a atenção! :D
    - Blok Drop X Twisted Fusion (Wii U): Que porra é essa? Nem sei se já ouvi falar. Visual/gráfico ruim OK, mas mecânica ruim em um puzzle? Passo!
    - MK8: já falamos demais sobre e jogamos pouco... somente!
    - Super Smash Bros. (Wii U): se alguém me der de presente eu jogo, senão continuarei odiando eternamente. Próximo!
    - Nights: Into Dreams (Sega Saturn): cara, vc não esquece as coisas jogando muito esporadicamente? Ou esse jogo não precisa de dedicação total? Ainda preciso jogar também, tá lá no PS3 a versão HD dele... quem sabe um dia?
    - Deus Ex: Human Revolution - Director’s Cut (Wii U): Tenho um pouco de preguiça desse jogo, não sei bem o porque.
    - NES Remix (Wii U): sua descrição basta!
    - Captain Toad: Treasure Tracker (Wii U): povo ignorou por preconceito idiota, esse jogo tem um potencial incrível pra ser divertido. Preciso comprar, por falar nisso!
    - Shadow of the Colossus (PS2): ahhh eu odiava e passei a amar, idolatro no ponto de considerar um dos melhores do PS2, mas muito além disso começa a ficar estranho mesmo.
    - Hyrule Warriors (Wii U): cuidado pra não quebrar o Gamepad jogando isso...
    - Freshman Year (PC / Web): aaahhh eu ouvi um cast que falou bastante sobre este jogo, achei genial. Preciso encarar algum dia esse Ano do Homem Fresco (?)! Outro que sofre preconceito com argumentos bem ridículos.
    - Donkey Kong Country: Tropical Freeze (Wii U): ainda preciso encarar a tal trilogia... será que esse não é tão divertido quanto mesmo ou a nostalgia é forte de todo mundo? Sempre me questiono isso.
    - The Wonderful 101 (Wii U): usa bem o Gamepad? Ahhh eu quero ver isso. Ano que vem eu jogo!
    - Parappa The Rapper (PSOne): demora tanto assim pra acabar este? Nem sabia. Mas que é cláááássico, este é. Jogão!
    - OlliOlli (Wii U): meh... próximo!
    - Bit Trip: Runner 2 (Wii U): viciante mesmo!
    - Mass Effect 3: Special Edition (Wii U): Preciso jogar tudo ainda...
    - Splatoon (Wii U): não quero falar sobre este...
    - The Fall (Wii U): The Fail... zueira, preciso tirar um tempo pra aprender a jogar, desisti na primeira tela no dia que tava testando os "Nindies".
    - Dragon Ball Z: O Retorno de Freeza (Mobile / Android): já te falei isso, fujo desse negócio viciante!
    - Guacamelee! Super Turbo Championship Edition (Wii U): Acabei de comentar seu post sobre, não vou repetir aqui.
    - Samurai Shodown Anthology (Wii): eu devo ser a única pessoa no mundo que não liga pra esse jogo! kkk
    - Child Of Light (Wii U): Tá em PT-BR esse jogo? Nem sabia! Cara, que bom que comprei na promoção louca lá, vou emendar ele depois do Guacamole!
    - Fallout Shelter (Mobile / Android): "te comi ontem a noite"... somente!
    - Max Quiz (Mobile / Android): HAHAHA! Que da hora! Achei a ideia insana! Vou baixar aqui quando estiver no Uai-Fai! Preciso lembrar...
    - Super Mario Maker (Wii U): diversão infinita... e eu sem Super Mario Maker... :(
    - Fatal Frame: Maiden Of Black Water - Trial (Wii U): Vish... "Resident Evil, um jogo chato e meia boca que as pessoas insistem em dizer que é legal"... eu odeio os dois primeiros RE, se tem movimentação em tanque "porque sim", tô fora de experimentar o Quadro Fatal! A quantos frames por segundo roda Fatal Frame? Algum frame é fatal? Se o inimigo é demoníaco, sua luta é mortal?
    - Chu Chu Rocket! (Mobile / Android): Adeus SEGA que fez este (e outros) jogo (s)... que vida triste!
    - Yoshi’s Woolly World (Wii U): Sinto muita inveja da sua lista...
    - Xenoblade Chronicles X (Wii U): Eu ainda não decidi se quero ou não jogar os dois Xenoblade... "os" pq o primeiro é menos caro! huahuahua
    - Bayonetta 2 (Wii U): Muito justo o título de TGOTY (Tchulangame of the Year). Tá concorrendo ao Top 1 do GCA também!

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      23/12/2015 às 15:56:01   localizacao Vespasiano - MG
      Cara, não posso te cobrar, minha caixa de e-mail está lotada só com e-mails do Gamer Caduco, e já tem um tempo que não comento os textos do pessoal aqui no VJ!. Essa coisa de ficar desempregado em casa só serve para gerar tempo para quem é rico mesmo, hwa hwa hwa.

      - Pikmin 3: eu acho que você vai curtir bastante :D
      - Blok Drop X Twisted Fusion: é um jogo indie do Wii U, muito baratinho. O primeiro eu gostei, era mega simples, mas entretia por uns minutos (o jogo é curtinho mesmo, mas custa uns 0,99). Esse eu só achei mais do mesmo e com visual ruim, sei lá, não desceu;
      - Super Smash Bros.: sai pra lá, pede para a Sra. Sua Esposa, rzs;
      - Nights: Into Dreams: não tem muito o que lembrar mesmo, não faz diferença;
      - Deus Ex: Human Revolution - Director’s Cut: não tenha, ele é ótimo;
      - Captain Toad: Treasure Tracker: pois é, foda isso. Mas jogue sim, é um jogo simples e incrível, com aquele humor bobo que só funciona com a Nintendo mesmo;
      - Hyrule Warriors: funciona com o Pro Controller também :P
      - Freshman Year: cara, é bem curtinho, dá pra você jogar na hora do almoço;
      - Donkey Kong Country: Tropical Freeze: no meu caso não é nostalgia, porque a comparação maior que eu faço é em relação ao Returns do Wii, achei meio "mais do mesmo";
      - The Wonderful 101: bom, seu patrão disse que preferiu usar o analógico, eu acho que ele não regula bem, rzs;
      - OlliOlli: chato!
      - The Fall: como assim na primeira tela? o.O
      - Samurai Shodown Anthology: você está acumulando falhas de caráter demais cara...
      - Child Of Light: sim, inclusive a dublagem. É até estranho jogar algo 100% em português no Wii U, rzs;
      - Super Mario Maker: quebra o porquinho e compra!
      - Fatal Frame: Maiden Of Black Water: cara... foi mal, mas não consegui acompanhar suas piadas... :P
      - Yoshi’s Woolly World: :D
      - Xenoblade Chronicles X: no momento, acho melhor você pegar o do Wii U mesmo em versão digital, sai mais em conta...
      - Bayonetta 2: Cereza é amor <3

    Responda!
  • avatar de sucodelarangela
    sucodelarangela
    23/12/2015 às 13:11:07   localizacao São Luís - MA
    Pikmin 3 é um dos jogos mais bonitos dessa geração, pqp!

    Mario Kart 8... provavelmente nunca jogarei =T

    Deus Ex ♥

    Shadow of the Colossus. Lembrete: rejogar!

    Tropical Freeze é um dos jogos que me faria comprar um Wii U. Coisa linda!

    Esse bunequim fazendo manobra nesse skate de OlliOlli, huahuahuahuhaua!

    Eu tenho vontade de experimentar esse Bit Trip, mas a impressãoq ue eu tenho é que vou entrar numa parada psicodélica demais e ter um ataque epiléptico...

    Mass Effect 3 *-* ♥

    Guacamelee. Child of Light. Lembrete: comprar!

    Max Quiz é, tipo, o Show do Milhão sem o Sílvio?

    Woolly Wooooorld, coisa ninda de mãe cheirá si zôguim gotoso, modeuso!

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      23/12/2015 às 16:01:12   localizacao Vespasiano - MG
      Sim, Pikmin 3 é muito bonito mesmo! ^^

      Como assim, nunca jogará Mario Kart 8? Desistiu de me visitar? :’(

      Bit Trip não é muito psicodélico não, é até bem de boa. Na real, as vezes o cenário acaba confundindo um pouco mesmo, mas não chega a dar dor nas vistas nem nada.

      Olha, não manjo nada de Show do Milhão, mas acho que é a mesma ideia sim, rzs.

      Nota para consquistar o coração da Angela: dar o Amiibo gigante do Yoshi de lã de presente, hwa hwa hwa.
    • avatar de sucodelarangela
      sucodelarangela
      27/12/2015 às 13:44:33   localizacao São Luís - MA
      Ah,é mesmo! Tem Wii U na tua casa, hehe, posso jogar aí!

      Tem um PC do Milhão e "não manja" do Show do Milhão, huahua, sei...

      Nem precisa ser Amiibo, pode ser um de lã de verdade, tipo isso:
      url imagem: igcdn-photos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xta1/t51.2885-15/e35/12093702_963689713691262_391466809_n.jpg
    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      28/12/2015 às 15:52:55   localizacao Vespasiano - MG
      Olha só o pouco caso que ela faz, nem lembrava... depois vai aparecer aqui batendo na minha porta e pedindo tropeiro :P

      Então, essa imagem que você postou... são de Amiibos! São as edições especiais que a Nintendo lançou junto com o jogo, tem nas cores verde e azul também :D
    • avatar de sucodelarangela
      sucodelarangela
      28/12/2015 às 18:02:25   localizacao São Luís - MA
      Tropeiro e cerveja, kkkkkk!

      Então, essa foto é de uma guria do Instagram que tricota mesmos. Não é Amiibo, não. Ela tem feito muitos pokemons ultimamente. E também tenho certeza que esse tricotado aí sai mais barato que o Amiibo oficial huahua!
    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      30/12/2015 às 15:35:02   localizacao Vespasiano - MG
      Caráleo! Ficou igualzinho então. Ah, e qualquer coisa é mais barata que os amiibos originais, rzs.

    Responda!
  • avatar de D00d!
    D00d!
    23/12/2015 às 15:52:09
    Opa, legal ver tantos jogos do WiiU o que reforça minha teoria: não existe videogame ruim, e sim videogame que você pouco explorou. (Salvo raras exceções).

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      23/12/2015 às 16:06:16   localizacao Vespasiano - MG
      Não somente isso. Uma coisa que as pessoas sempre confundem é a questão de preferências. O Wii U funciona bem para mim, porque eu curto os jogos da Nintendo, se o cara só gosta de outros tipos de jogos, não adianta mesmo.

      Acho que esse é o problema das pessoas com relação a Nintendo, elas não conseguem aceitar que os consoles delas não são feitos para todos os gostos, e ao invés de simplesmente seguir em frente, ficam fazendo birra... vai entender, rzs.

    Responda!
  • avatar de Marvox
    Marvox
    24/12/2015 às 17:19:34   localizacao São Paulo/SP
    Faala reporter da BGS, muito legal ter visto você este ano, saudades daquela Serra Malte gelada que tomamos no bar. Espero que ano que vem possamos nos trombar de novo pra gente curtir a BGS e causar mais aqui por São Paulo.

    A sua lista é a prova de que, não existe videogame ruim e o quanto é importante saber explorar a lista de jogos e tirar o maior proveito do que tem, fiz muito disso no Wii mesmo que trocentas pessoas diziam o contrário.

    E no fim, no Wii U ou PC vejo um título em comum... Deus Ex HR. Também tive meu primeiro contato com o Human Revolution durante este ano, acho que fazia 13 anos que eu não jogava Deus Ex. Os demais títulos eu com certeza se eu tivesse um Wii U jogaria as mesmas coisas começando pelo Mario Kart 8.

    Parabéns para a Nintendo com o Splatoon, acompanhei a premiação e olha só, as coisas mudam e eu gosto quando isso acontece.

    Feliz Natal manolo, e um próspero Ano Novo!

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      27/12/2015 às 02:40:53   localizacao Vespasiano - MG
      É nóis! :P

      Sobre ano que vem, é um futuro meio nebuloso ainda, mas vamos ver, vontade pode ter certeza que tem :D

      Cara, nem me fala de Wii (sim, sem o U), ainda tem algumas coisas dele para jogar aqui, vamos ver se em 2016 vai.

      Deus Ex é muito bom! E eu acho que a versão do Wii U ganha bastante com o uso do GamePad, eu não faço ideia de como são os minigames de hackeamento no controle, mas com a tela de toque facilita bastante.

      Boas festas pra você também Marvox, abraço!

      PS: eu ainda vou ler o seu texto do meme, calma :P

    Responda!
  • O bom desse teu histórico é esmiuçar o Wii U mostrando uns nomes bem curiosos. Nem sabia que tinham continuado o Pikmin ou a existência desse jogo glacial do Donkey Kong.

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      28/12/2015 às 15:54:42   localizacao Vespasiano - MG
      Nossa, sério? Pikmin 3 foi um dos jogos lá do início do console, produzido pelo próprio Shigeru, Tropical Freeze eu acho que também foi mais do começo, mais uma vez pela Retro Studios.

    Responda!
  • avatar de sergio trajano
    sergio trajano
    05/01/2016 às 14:53:33   localizacao Recife-PE
    Parabéns, Tchulanguero!! Desejo a você infinitas horas de gameplay!!

    Curto muito seus textos e sua vibe meu velho!
    Parabéns pela iniciativa em criar o VaoJogar!
    Abraço aqui de Recife para todos por aí o/

    • avatar de Rafael "Tchulanguero" Paes
      Rafael "Tchulanguero" Paes
      07/01/2016 às 02:17:48   localizacao Vespasiano - MG
      Valeu cara, pessoal do nordeste sempre em peso por aqui, abraço! :D

    Responda!

Acompanhe as tagarelices deste escrito por e-mail

e-mail  

       
logo
Vão Jogar! - Um site que aborda a cultura dos videogames com seriedade e bom humor.
Vão Jogar! & TMS criados por Rafael "Tchulanguero" Paes - 2008 ~ 2017
topo rodapé